Era pra ser um “Carnaval da Feliz Cidade”…

O que se viu no que era pra ser a abertura oficial do Carnaval 2017 em Coelho Neto, foi a ação de um governo pobre de tudo, principalmente de espírito. A incompetência é tanta, que sequer deram conta de organizar a festa a contento e o que ficou notável foi o esforço do folião em dar o tom próprio para a festa.

As proximidades do Corredor da Alegria que sempre foi bastante movimentado, inclusive com trânsito congestionado, estava deserto e nem parecia que estávamos em plena abertura do Carnaval.

Proximidades do Corredor era de uma tristeza de dar dó

O despreparo foi tão grande, que nem a ornamentação do Corredor que sempre serviu de referência para a região ficou pronta, mostrando o amadorismo de um governo que ainda nem se achou.

Entrada do Corredor: decoração nota zero

As bandas deram o máximo de si e por isso estão de parabéns, o folião mesmo é que não está tão motivado assim e nem tem motivo para estar.

Apesar das adversidades, folião fez a própria festa

E assim foi a abertura oficial do que era pra ser o Carnaval da “Feliz Cidade”, mostrando que críticos da vida toda não conseguiram sequer fazer igual, imagine melhor do que o que já foi realizado nas edições anteriores.

Cômico se não fosse trágico!

5 thoughts on “Era pra ser um “Carnaval da Feliz Cidade”…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *