Empresa de Transporte Cidade Verde é premiada em Teresina

1797336_1016397305091001_6849383022869892438_n
O diretor da Cidade Verde Rafael Silva recebendo a premiação

Foi realizado ontem (19), no Cine Teatro da Assembleia Legislativa do Piauí , a entrega do Prêmio Melhoria da Qualidade do Ar 2015. O evento é promovido pela a Fetrans – Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Ceará Piauí e Maranhão, em parceria  com o Sest Senat Teresina – Serviço Social do Transporte e Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte, e tem como objetivo, incentivar o investimento em projetos ambientais para as empresas do setor.

A solenidade contou com a presença de Diretores, empresários, personalidades do setor e trabalhadores das 17 empresas de transporte de passageiros e de cargas concorrentes ao prêmio e que apresentaram diversas iniciativas buscando a valorização e preservação do meio ambiente.Dentre as 17 empresas inscritas para o Prêmio Melhoria da Qualidade do Ar versão 2015, 16 são empresas de transporte de passageiros e 01 de transporte de cargas.

Durante a solenidade a empresa de transporte coletivo Cidade Verde foi premiada pelo décimo ano, dessa vez com uma excelente votação na média de 8,4 pontos. Para chegar a esse prêmio, as empresas participantes deveriam apresentar um projeto ambiental que constasse ações tipo: ajuda no reflorestamento, coleta seletiva, tratamento de efluentes, ideias alternativas, integração social e ações sociais internas.

O diretor da empresa Rafael Silva esteve na solenidade para receber o prêmio que foi dedicado a colaboradores e parceiros da empresa.

SOBRE O DESPOLUIR

A Federação dos Transportes coordena desde 1997 o programa ambiental do transporte, o Despoluir, que tem como objetivo promover o uso racional de combustível e a redução de emissões no setor de transporte.

A equipe do programa realiza inspeções veiculares periódicas nos veículos das frotas das empresas do Ceará, Piauí e Maranhão. Além de orientar sobre a qualidade do óleo diesel e realizar palestras sobre condução econômica e meio ambiente.

Com contribuição do site da Setut

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *