Eleições 2020: Algumas estranhezas da Pesquisa Jales em Coelho Neto…

Eleições 2020: Algumas estranhezas da Pesquisa Jales em Coelho Neto…

O blog trouxe com exclusividade o anúncio das duas pesquisas de opinião pública que avaliará o cenário político para Coelho Neto em 2020. O Instituto Jales com sede em Teresina-PI por exemplo, foi o que mais surpreendeu no que se refere algumas particularidades da sua proposta.

Já de cara chama atenção ser a pesquisa mais barata do Maranhão. Dentre as 12 registradas esse ano em várias cidades do Estado, a Jales é a única a dispor de 04 (quatro) profissionais, com transporte, alimentação, combustível cobrando a bagatela de R$ 1.500,00 (mil e quinhentos reais), fora o fato do contratante ser o próprio Instituto – que não é errado, mas é curioso.

Outra coincidência é que a pesquisa foi registrada dois dias depois da divulgação por esse blog da Pesquisa da Amostragem e com publicação do resultado prevista para um dia depois de divulgado também o resultado da Amostragem.

Mas o que mais chamou atenção diz respeito ao questionário. Algo que visivelmente salta aos olhos é que o único pré-candidato a está presente em quase todos os cenários é Albino. Outra curiosidade é que mesmo a pesquisa trazendo Bruno Silva como pré-candidato, um dos cenários avalia justamente a disputa entre Américo e Soliney – que não faz sentido haja visto que ao citar Bruno eles já admitem que Soliney não é mais candidato.

Por fim quando o eleitor é perguntado no Cenário 1 em qual dos candidatos ele gostaria de votar aparecem 7 candidatos. Já no cenário 2 estranhamente só aparecem Américo e Albino? E os outros? Desistiram ou outros cenários não contam?

Essas são algumas das particularidades detectadas pelo blog nessa pesquisa de opinião que por si já mostra uma série de particularidades e “coincidências” que só não são percebidas por quem não conhece a realidade da cidade.

Mas para quem conhece a política tupiniquim e seus atores, não precisa muitas explicações. Mais claro que isso, impossível…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *