ELEIÇÃO DA MESA DA CÂMARA DEVE PASSAR PELO PREFEITO, DIZ JÚNIOR SANTOS

ELEIÇÃO DA MESA DA CÂMARA DEVE PASSAR PELO PREFEITO, DIZ JÚNIOR SANTOS

É inevitável após a ressaca do pós-eleições não se cogitar os nomes que deverão comandar o Poder Legislativo nos próximos dois anos. As especulações começam pela própria população que se reveza em pontuar prós e contra dos eleitos e suas chances reais de garantir uma vaga na Mesa Diretora da próxima legislatura. 
Júnior Santos e o Prefeito Soliney Silva
Pela primeira vez tratando desse tema, o Blog conversou na tarde de hoje (17) com o vereador eleito Júnior Santos-PMDB que assumirá em 1º. de janeiro seu primeiro mandato em cargo eletivo. Bastante tranqüilo, o peemedebista deu o tom de como deve ser seu posicionamento acerca do assunto. 
É normal essa ansiedade da população sobre a eleição da Câmara haja visto o número elevado de vereadores de primeiro mandato que renovarão o quadro do Legislativo a partir de janeiro. Não tenho pressa em tratar do assunto, mas já que me perguntou minha opinião é muito simples: A eleição da Mesa da Câmara deve passar pelo Prefeito Soliney Silva-PSD”, disse ele.
Na visão de Júnior Santos é um assunto complexo que exige dele e dos demais colegas maturidade e desprendimento pessoal. 
Não somos individualistas, temos um grupo e o grupo tem um líder, não se pode discutir um assunto dessa importância sem ouvir a opinião do Prefeito. Somos dez vereadores da base do governo e todos nós temos capacidade de ocupar os espaços, no entanto essa não deve ser uma briga de egos motivada por interesses individuais. Minha análise é que o assunto em pauta está ligado ao bom funcionamento da Casa com vistas a garantir a harmonia entre os Poderes, o que demanda uma postura firme, madura e sobretudo fruto de uma decisão coletiva”, avaliou. 
Perguntado se tem interesse de compor o quadro da Mesa Diretora, Júnior Santos deixou claro que está a disposição dos colegas. 
Como disse essa é uma decisão que perpassa pelo nosso grupo. Como a maioria dos meus colegas, estou no meu primeiro mandato e me acho com condições sim de contribuir de forma efetiva com o bom andamento dos trabalhos da Casa em qualquer função que me for designada. Como membro do PMDB e eleito defendendo os interesses da juventude, acredito ser importante assegurar a vaga de um jovem na Mesa Diretora para garantir a representatividade e meu nome está a disposição dos meus pares”, finalizou ele

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *