E AGORA MAGNO BACELAR? HOSPITAL DE CHAPADINHA TEM LICITAÇÃO ANULADA

E AGORA MAGNO BACELAR? HOSPITAL DE CHAPADINHA TEM LICITAÇÃO ANULADA


Quando a esmola é demais o santo desconfia e a sabedoria popular dificilmente erra. No Maranhão o ditado não é apenas dito como também vivenciado na pele vez por outra. Na classe política tem sido cada vez mais comum as promessas e projetos mirabolantes que servem na maioria das vezes, como estratégia para enganar a população, principalmente quando se está com o palanque eleitoral armado.
O deputado estadual Magno Bacelar – PV anunciou com pompa há alguns meses atrás, o que atribuía a intervenção dele próprio junto a governadora Roseana Sarney, a conquista da construção de um hospital de 50 (cinqüenta) leitos na cidade de Chapadinha. A notícia foi comemorada com esperança de que a obra resolvesse de uma vez por todas, o caos estabelecido na saúde dos chapadienses pelo atual governo municipal. 

Danúbia a esquerda participou do lançamento do edital para construção do Hospital de Chapadinha anulado na última quinta (22)

No último dia 21 de setembro, a ainda Prefeita Danúbia Carneiro – PL esteve na solenidade em São Luís, onde a governadora Roseana Sarney-PMDB lançava os editais para construção de 04 hospitais macrorregionais nas cidades de Pinheiro, Caxias, Santa Inês, Imperatriz e 01 Hospital Geral em Chapadinha. Pelo projeto, os hospitais deveriam ser executados em 18 meses e o valor total das obras custariam R$ 86,6 milhões. As unidades de saúde teriam, cada uma, centros cirúrgicos com quatro salas e os hospitais iriam dispor ainda de centros de imagem para exames de tomografia, Raio-X, ultra-som, mamografia e endoscopia.

Documento que anula licitação do Hospital Geral de Chapadinha

Pois bem passado o calor da eleição e mais precisamente na última quinta-feira (22), o Governo do Estado por meio da Secretaria de Estado da Saúde trouxe a publicação de avisos de anulação das licitações citadas. “A Secretaria de Estado da Saúde, através da Comissão Setorial de Licitação, avisa aos interessados que o Gestor do Fundo Estadual de Saúde (…) decidiu ANULAR a concorrência”, informa o Aviso de Anulação publicado, assinado por Mauro Henrique Sousa Muniz, presidente da CSL/SES, ou seja, o documento trazia a anulação da concorrência para construção do Hospital de Chapadinha que deveria ocorrer no próximo dia 28 de novembro. A notícia caiu como uma bomba no meio político e foi anunciada via facebook pelo deputado estadual Marcelo Tavares-PSB. 
Mas o fato não era de se estranhar: Se a governadora nunca concluiu a entrega dos 72 hospitais prometidos durante a campanha de 2010, como foi lançar a construção de novos hospitais? Tá vendo como quando a esmola é demais o santo desconfia? Com a palavra e as explicações para o fato lamentável,o fervoroso defensor do governo Roseana Sarney e nobre deputado Magno Bacelar…

Com contribuição do Blog do Jonh Cutrim

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *