Decisão de Luis Serra e posicionamento do G6 antecipa debate eleitoral de 2018 em Coelho Neto

Foto: Leste Maranhense

A recente informação de que o empresário Luis Serra (PSDB) deve se ausentar das disputas políticas do próximo ano, serviu para antecipar o debate eleitoral de 2018 em Coelho Neto.

Tão logo a notícia foi confirmada, o conhecido G-6 – que deu sustentação política a campanha do empresário no ano passado – se reuniu durante a semana para começar a definir o posicionamento do grupo no pleito eleitoral que se avizinha.

O G-6 que é formado por siglas partidárias independentes ganhou notoriedade em 2016 após abraçar o então pré-candidato Cláudio Furtado. Com a sua desistência, o grupo passou a ser paparicado por todos os candidatos que disputaram o pleito no ano passado e que após inúmeras conversações acabou decidindo pelo apoio ao projeto tucano.

Com a inesperada decisão de Serra, o G-6 optou por decidir seus próprios destinos. Foi criada uma comissão com representantes dos partidos que será a responsável por conduzir todas as decisões que possam refletir os apoios do grupo para o próximo ano.

Integram a comissão Marcos Leal – PMN, Willian W3 – PDT, Renan José – PSDB, Bené Gomes – PHS, Cassio Sousa – PSL, Oberdan Lopes PEN, Wando Galvão – PPS e o ex-vereador Reginaldo Sousa.

Com o posicionamento do G-6, está aberto em Coelho Neto as movimentações políticas para 2018.

É aguardar e conferir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *