“Daqui um mês o povo vai pedir volta Sol”, diz Soliney em última entrevista

Soliney em última entrevista como prefeito

A propagada última entrevista do ainda prefeito de Coelho Neto Soliney Silva (PMDB), nesta quinta (29), não teve nada além da reprise dos velhos chavões e dos discursos que a cidade já conhece de cor e salteado.

Visivelmente alterado, o prefeito mostrava aborrecimento no início da entrevista afirmando coisas que servem apenas para massagear seu ego.

Gritou, esbravejou, apontou o dedo na cara do expectador, gesticulou, levantou as mãos para os céus, agradeceu “ao bom Deus” e em dado momento parafraseou o presidente Sarney: Coelho Neto, minha terra, meu torrão e minha paixão.

Atribuiu a insatisfação contra seu governo à crise política, disse que sairá deixando tudo pago sendo o único prefeito do Brasil a cumprir o feito e afirmou que daqui há um mês o povo vai está pedindo: “volta Sol”.

Disse que o atraso na saúde se deu em decorrência do ex-secretário Dr. Adão Ramos ter sumido com as senhas e saído da cidade sem dar notícia, o obrigando a mudar de secretário. Destacou que o Instituto de Previdência do Município só passou a existir no governo dele e confessou que uma negociação de dívida com o Tesouro Nacional o município terá que desembolsar mais de 200 parcelas de R$ 500 mil/mês, cuja primeira foi paga por ele.

Fez críticas ao prefeito eleito Américo de Sousa (PT) e ao governador Flávio Dino (PCdoB), atacou vereadores a quem ele chamou de “viriadores” (que ficam na virilha do prefeito querendo dinheiro) e ameaçou dizendo que quem não votar no seu candidato a presidente responderá processo de infidelidade partidária.

Ao final disse que saia de cabeça erguida, mas que a prefeitura foi um sacrifício, pois ele sequer tinha acompanhado o crescimento do filhos, disse que continuará morando na cidade e já mais calmo, desejou feliz ano novo com boa sorte ao prefeito eleito.

A avaliação da entrevista é outra história…

6 thoughts on ““Daqui um mês o povo vai pedir volta Sol”, diz Soliney em última entrevista

  1. Esse cara é uma piada ele se compara com a obsta do Sarney.lógico são muitos parecidos muitos mentiroso e sem compromisso com povo,vá embora é não apareça nunca mais saudades não terei de ti. Ah e pior que tu outro não será foi o pior do Brasil na minha modéstia opinião.

  2. Esse senhor deveria fazer terapia, ele é muito contraditório, pensa que o mundo gira em torno dele…Coelho neto nos 8 anos em que ele esteve a frente da prefeitura não teve crescimento em nada. Nenhuma área esse sr investiu, fechou hospital, não construiu uma creche, ou seja, NÃO FEZ NADA. Já vai tarde. O povo pode até gritar “volta sol”…devolve o dinheiro que você levou e não era seu. Só os puxa saco dele que aguenta e na pressão. Ou faz o que ele manda ou é ameaçado.

  3. Em uma coisa ele teve razão de chamar os vereadores de “viriadores” pois não só viviam na virilha dele mas nas tetas tmb,agora de pedir volta sol aí sim ele se achou, mas eu n duvido nada ele ganha p deputado o povo gosta e de taca, não vai os veriadores nunca fizeram nada pelo povo,e o povo reelegeu a maioria. Então p mim solinganey já vai tarde. Tchau querido!

  4. Só faltou óleo de peroba para lustrar a cara de pau deste aloprado. Poderiamos atribuir a cansativa baboseira a uma denominada “BI-POLARIDADE” mas não se trata disso nele até as doenças são falsas. Comer sabão não é loucura é pouca vergonha. O povo não vai esperar um mês para chamar sol mesmo poque é é escuridão, o povo já o mandou embora desde a eleição ele é que na sua insana consciência não se apercebeu. Falou na TV porque existe gente como o entrevistador e porque continua usando o patrimônio público em benefício próprio. A TV é do município é do povo e o Américo deverá requerer reintegração de posse. VADE RETRO SATANAS.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *