CRM vai cobrar do governo Flávio Dino pagamentos de médicos em atraso

O Conselho Regional de Medicina do Maranhão (CRM-MA) e o Sindicato dos Médicos do Estado Maranhão (Sindimaed-MA) decidiram pressionar o governo Flávio Dino (PCdoB) pelo pagamento de atrasados da categoria.

Depois de forçar empresas médicas a reduzir valores de plantões, ao cortar o teto de pagamento no fim do ano passado (relembre), o Estado agora tem, em média, atrasos de até três meses com esses profissionais, na capital e no interior.

A reunião das duas entidades está marcada para o dia 10 de julho, na sede do CRM-MA.

Deixe uma resposta