Com orçamento de mais de R$ 600 mil, Esporte fechará 2018 com resultado pífio em Coelho Neto

 

A Secretaria de Esportes e Lazer de Coelho Neto fechará 2018 com um resultado pífio pelo segundo ano consecutivo. Sem projetos, sem ações inovadoras e sem cumprimento do que prometeram, a pasta não tem o que apresentar de balanço como iniciativa do próprio município.

O velho estádio João Santos Filho: compra anunciada com pompa por R$ 50 mil, mas sem nenhum uso ou melhoria

Mesmo com um orçamento de mais de R$ 600 mil para esse ano, o governo do prefeito Américo de Sousa (PT), continua relegando o setor a planos inferiores. O petista que vivia com o plano de governo do ex-prefeito Soliney Silva para fazer cobranças de promessas não realizadas ao que parece esqueceu o seu plano de governo, pois a sua execução é praticamente inócua.

Situação da quadra do bairro Sarney que era crítica de Américo na rádio também não obetve nenhuma melhoria por parte do governo 

A primeira proposta que definiria o calendário de eventos esportivos através de um seminário público é um engodo. Das 11 propostas para o esporte feita pelo prefeito, a única que segue mantida é a realização dos Jogos Escolares – Jecon.

Propostas do plano de governo de Américo para o esporte: cumprimento praticamente zero

As quadras poliesportivas e campos de futebol seguem sem planos de melhorias e se encontram praticamente como foi deixada pelo governo anterior. No dia 22 de maio de 2018, foi publicado o extrato de uma licitação para  compra de material esportivo no valor de mais de R$ 200 mil reais e não se sabe ao certo quem realmente já se beneficou desse investimento.

Quadras Polisportivas seguem sem as devidas melhorias

O esporte está abandonado e sua secretaria se soma a tantos outros setores inoperantes e sem resultados do atual governo…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *