Coluna De bem com a Língua Portuguesa: Erros Comuns

Hoje, trago mais alguns erros bastante comuns da nossa língua, envolvendo as palavras Homônimas e Parônimas. Vale ressaltar que Homônimas são palavras iguais no som e/ou na escrita, mas significado diferente; já as Parônimas são parecidas no som e/ou na escrita, mas com sentido diferente. Vejamos:

DICA:

Minha dispensa está cheia de alimentos. (ERRADO).

Minha despensa está cheia de alimentos. (CERTO).

JUSTIFICATIVA: Nesta dupla de Parônimas temos que “dispensa” significa isenção e liberação; já “despensa” tem sentido de local ou reservatório onde se guarda algo.

DICA:

Os alunos foram distratados pelo professor. (ERRADO).

Os alunos foram destratados pelo professor. (CERTO).

JUSTIFICATIVA: Nesta dupla de Parônimas temos que “distratados” tem sentido de desfazer trato; já “destratados” significa maltratados e ofendidos.

DICA:

Os mandatos dos deputados foram caçados. (ERRADO).

Os mandatos dos deputados foram cassados. (CERTO).

JUSTIFICATIVA: Nesta dupla de Homônimas temos que “caçados” significa abatidos e procurados; já “cassados” tem sentido de anulados.

DICA:

Estou afim de fazer uma faculdade. (ERRADO).

Estou a fim de fazer uma faculdade. (CERTO).

JUSTIFICATIVA: Nesta dupla de Parônimas temos que “afim” tem sentido de semelhante e parecido; já “a fim” significa querer e desejar.

* Antônio Ferreira de Araújo (Toinho Araújo), é Teólogo, Pedagogo, Letrólogo, Especialista em Docência Superior e Mestre em Ciências da Educação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *