Coluna De bem com a Língua Portuguesa: A surpreendente Língua Portuguesa

A Língua Portuguesa pode parecer complexa, mas muitas situações seguem uma lógica. Assim, os bons observadores e coerentes terminam por se darem bem nesta área. Vejamos:

  • Não vejo QUALQUER benefício em antecipar salário todos os meses, pois passa a ser data-base. (ERRADO).
  • Não vejo NENHUM benefício em antecipar salário todos os meses, pois passa a ser data-base. (CERTO).

RESPOSTA: Como mencionei no início, a Língua Portuguesa também segue lógicas. Assim, ressalto que, quando a oração traz a ideia de não existir (contexto da nossa oração), o termo correto é NENHUM.

* Antônio Ferreira de Araújo (Toinho Araújo), é Teólogo, Pedagogo, Letrólogo, Especialista em Docência Superior e Mestre em Ciências da Educação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *