Coelho Neto: A secretária de Educação que sai e a secretária de Educação que entra…

Coelho Neto: A secretária de Educação que sai e a secretária de Educação que entra…

O evento realizado pela Prefeitura de Coelho Neto na noite de ontem (03), marcou entre outras coisas o anúncio da saída da ainda secretária de Educação Williane Caldas e a chegada da nova titular da pasta Rosânia Bastos. É a terceira troca na pasta feita pelo atual governo.

Sobre a que sai é importante pontuar que Williane Caldas foi alçada ao posto de secretária em respeito ao seu legado de professora da rede municipal, com passagem pela equipe técnica da Semed em outro governo, pelo papel político que desempenhou na campanha e principalmente pela fidelidade ao grupo político que integra.

Por diversas vezes esse blog lhe fez cobranças, algumas até muito duras se considerarmos que o prefeito é centralizador e que ela tinha poderes limitados. Até pelo próprio temperamento e a formação evangélica, Williane conseguiu sobreviver na selva de pedras que é a secretaria de Educação. Apesar das críticas, nunca atacou membros da imprensa, ao contrário, sempre procurava conciliar e dar respostas as denúncias naquilo que lhe competia. Manteve a postura sempre e isso contribuiu para que tivesse dias mais tranquilos. Sai pela porta da frente.

A nova secretária que assume é Rosânia Bastos, que apesar da imprensa aliada ao governo florear que sua chegada deve-se ao “grande” trabalho desempenhado no Centro Milca Gardênia, ao certo não se tem conhecimento de algo relevante desenvolvido por ela naquele equipamento.

O que de fato pesou para sua nomeação, ao que se sabe, foi o aval dado pela primeira dama Iranete Sousa, de quem a nova secretária é muito próxima. Segundo fontes do blog, o primeiro dia da nova titular da Semed não foi lá essas coisas, pois a equipe ainda não digeriu a troca e ela teria chegado meio “salto alto”, talvez envaidecida pela nova função. Com o passar dos dias ela acordará para a realidade.

O que talvez não tenham dito para a nova titular da Semed, é que junto com o bônus do cargo vem o ônus e que ela precisará prestar contas com a sociedade da missão que lhe foi confiada.

Estaremos de olho!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *