Antes de ser reinaugurado, Hospital de Coelho Neto registra morte de mãe e recém-nascido durante o parto

Antes de ser reinaugurado, Hospital de Coelho Neto registra morte de mãe e recém-nascido durante o parto

Pouco mais de 24 horas do ocorrido, a Prefeitura de Coelho Neto segue em total silêncio sobre as razões da morte que vitimaram uma mãe e um recém nascido durante o parto realizado ontem (29), no Hospital Casa de Saúde e Maternidade.

O fato ocorreu exatamente no dia em que o prefeito Américo de Sousa (PT), concedeu entrevista em rede de TV para anunciar a reinauguração daquilo que eles tem chamado de “Novo Hospital”, mas que não é novo, ao contrário é um hospital construido na decáda de 80 e que passou recentemente por uma reforma custeada com recursos do Fundo Municipal de Saúde.

Segundo primeiras informações colhidas pelo blog, trata-se de uma gestante com caracteristicas de gravidez de risco e que havia uma recomendação de que o parto fosse cesáreo. Não se sabe os motivos, mas o certo é que o parto foi feito normal e ao final tanto a mãe, quanto o recém nascido não resistiram.

O assunto foi alvo de inúmeras discussões e especulações em grupos de whatsapp da cidade, mas até a publicação desta matéria, a Secretaria de Saúde seguia sem qualquer manifestação. É preciso que o governo municipal esclareça com provas documentais para a sociedade as razões do ocorrido: histórico da paciente, resumo do pré-natal, procedimentos adotados, razões para realização do parto normal, profissional médico responsável pelo plantão e que providências estão sendo tomadas para investigar o que de fato aconteceu. Por onde anda a presidência do Conselho de Saúde?

Não há motivo de comemoração e rega-bofes quando a unidade hospitalar registra duas mortes de uma forma tão chocante na semana em que a tal reinauguração é anunciada, sem que haja a devida apuração dos fatos e afastado qualquer suspeita de imprudência ou negligência – fato que só pode ser esclarecido após sindicância, de preferência com acompanhamento do Ministério Público.

O governo municipal já deveria ter se manifestado, como não o fez até agora que o faça, pois faz-se necessário que todos estes fatos sejam esclarecidos.

Iniciamos a cobrança durante a tarde e vamos até o fim para que tudo seja colocado em pratos limpos.

Como dever de justiça para com mãe e filho que perderam a vida de forma tão prematura…

One thought on “Antes de ser reinaugurado, Hospital de Coelho Neto registra morte de mãe e recém-nascido durante o parto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *