Américo: um estranho no ninho…

Parece que a tão propagada força e prestígio político do prefeito de Coelho Neto Américo de Sousa (PT), junto ao governador Flávio Dino (PCdoB), anda longe de representar a verdade. Durante a estada do mandatário estadual em Afonso Cunha, ficou visível que a relação é a mais distante possível.

Américo em Afonso Cunha: constrangimento visível e ignorado

Para quem não lembra, os dois nunca foram correligionários, mas a coisa azedou de vez ainda na campanha eleitoral para governador. Naquela época, quando decidiu apoiar o comunista, o petista protagonizou a mais comentada falta de educação do meio político naquele período ao hostilizar o então candidato a senador Roberto Rocha (PSB), durante visita a Coelho Neto. Foi um vexame!

Durante a inauguração da MA-123, mesmo presente, Flávio Dino ignorou a presença de Américo e descerrou a placa apenas com o prefeito Arquimedes Bacelar (PTB), deixando o prefeito de Coelho Neto com a “cara mexendo”.

Apesar do nome na placa, Américo sequer teve o prazer de descerrar a placa

Na hora do almoço, numa mesa com apenas 04 cadeiras, Américo quis dar piti porque queria por força sentar perto do governador e de quebra levar a secretária de Saúde Cristiane Bacelar para a mesa. Resultado: foi barrado pelo Cerimonial do Governo e saiu de lá “soltando fogo pelas ventas”. Ninguém deu pela falta do petista.

A reforma da MA-034 que Américo chegou a anunciar no final de janeiro para os próximos dias nunca ocorreu e até a ambulância que disse por meio de blogs alinhados ao governo que receberia em fevereiro, também não se confirmou, mostrando que o petista está em baixa com o Palácio dos Leões.

Seria cômico se não fosse trágico!

10 thoughts on “Américo: um estranho no ninho…

  1. Ô resultado de tudo isso o Flávio Dinossauro vai ver e perceber na próxima campanha quando ele ver os candidatos sarneyienses Roseana.lobão.sarney filho.joão Alberto.gastão Vieira.e companhia.é muito mais importante porque tem mais renda mais votos mais estado o Américo do que a que la mini garapé Afonso cunha de um prefeito filho de um ditador antonio bacelar o Flávio deve estar feliz por ter o naldo em buriti e Américo em coelho neto.blogueiro não faca comparações em ato pessoal em forma de política. assim ficamos sem confiança no seu trabalhocutrabalho

  2. Esse Arguimedes de uma família tão rica filho de um ditador não tem uma mesa grande com pelo o menos umas seis cadeiras esse cidadão é muito despreparado.

  3. Se o Flávio Dino,contar com votos de coelho neto, através do prefeito Américo, ele Flávio tá é perdido,quem elegeu o AMÉRICO FOI OS concursados da prefeitura,esses nem a metade vota mais nele Américo. O pessoal que trabalhavam à anos, nos contratos na prefeitura,foi quem elegeu a maioria dos vereadores, ele Américo é tão” BURRO ” que ainda hoje ele massacra esse povo, não pagando o mês de Dezembro. Ai eu pergunto todos vocês, o Américo têm visão política??? Se tiver, quem está cego é eu, ai o governador não é cego!!!

  4. Tadim do Américo, saiu brocado. Kkkkkk

    E pra quê mesmo o Américo queria apresentar a “sem noção” Cris Bacelar para o Dino- ssauro?

    O governador tá cansado de ver gente feia e falsa. Basta-lhe a corja que já anda 24 hr ao seu lado.

    E a MA-034 cada vez mais esburacada. Ao que tudo indica, esse tal de Américo não trm moral nem na própria casa, quanto mais junto ao governador!

  5. Kkkkk….Acho difícil André esse blogue ficar sem credibilidade, pois tem o texto melhor escrito e matérias bem feitas,até aqui não li nada que ho jeito ou amanhã não apareça a verdade….Já uns blogueiros que tem aí é até ruim a interpretação….Esse Américo tá perdido até aí no meio do povo do palácio dos leões imagina como vai administrar coelho neto,pois até agora depois de 60 dias não deu conta nem do lixo da cidade tá feio a coisa p ele…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *