Américo nega transferência de Albino, mas erra ao culpabilizá-lo por manifestação…

Polícia Civil nega transferência: “até o momento”

Estranhamente dois dias antes da manifestação marcada para protestar contra a suposta transferência do servidor da polícia civil Albino Klauberth, eis que surge o prefeito de Coelho Neto Américo de Sousa (PT), negando que seja ele o autor da perseguição política.

O petista vai além ao afirmar em sua rede social que Albino teria mobilizado um grupo de simpatizantes para fazer campanha nas redes sociais contra sua possível transferência do local de trabalho e apresenta uma certidão encaminhada pela Superintendência de Polícia Civil do Interior negando qualquer processo de transferência “ATÉ O MOMENTO”.

Prefeito acusou o golpe sem sequer ter sido citado

Ao bem da verdade e contrariando o que disse o prefeito, não há qualquer declaração verbal ou escrita de Albino atribuindo a possível transferência ao prefeito de Coelho Neto.

Se não bastasse isso o prefeito erra de novo ao dizer que Albino mobilizou simpatizantes para fazer campanhas nas redes sociais contra sua transferência. A mobilização de fato existe, mas Albino sequer teve qualquer participação.

Tudo está sendo organizado por amigos e pessoas que reconhecem seu trabalho em prol da segurança da cidade, trabalho esse que de fato, tem incomodado aqueles que não tem coragem para criticar o seu trabalho pela frente e preferem agir no anonimato.

A fala do prefeito em sua rede social foi sem dúvida alguma totalmente descabida e extemporânea…

7 thoughts on “Américo nega transferência de Albino, mas erra ao culpabilizá-lo por manifestação…

  1. Quem é Américo para falar de cumprimento de funções legais, se ele sempre viveu se escondendo de suas funções legais? ESQUECIDIIIINHO! oxente será será que esse moço tá com aminézia?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *