Acuado, prefeito de Coelho Neto pede trégua para a oposição…

Prefeito Américo: show de dissimulação

A dissimulação do prefeito de Coelho Neto Américo de Sousa (PT) atingiu nível máximo ontem (24), quando ele voltou ao rádio para conceder uma entrevista que deve perdurar etapas durante toda a semana.

Durante mais de uma hora, o prefeito repetiu a velha lenga-lenga que encontrou a prefeitura sem dinheiro, mas não prestou contas de onde tem colocado os milhões que já recebeu desde que sentou na cadeira. Dentre as besteiras ditas, voltou a tecer críticas contra o vice Antônio Pires (PCdoB), agora que ele decidiu romper com ele, porque quando ele foi escolhido seu companheiro de chapa a conversa nos palanques era outra bem diferente.

Não falou por exemplo do que houve com o PIS/PASEP dos servidores e tentou justificar a incompetência de não ter pago o 1/ de férias de 2016, quando ele mesmo disse na época que bastava encaminhar a documentação para que o município procedesse com o pagamento na sequencia. Se não pagou o de 2018, que dirá o de 2016. Fobou sobre a obra do Mais Asfalto do Governo do Estado, mas não disse quando vai iniciar a parte de meio fio e sarjeta que é a contrapartida da Prefeitura na famosa parceria.

Expeliu inveja pelos poros ao se referir ao prefeito de Caxias Fábio Gentil (PRB) que é uma referência de aprovação no Estado pelas grandes obras que tem feito todas com recursos próprios, já ele passa o dia falando de falta de dinheiro para justificar sua incompetência de governar a cidade.

Mostrando um verdadeiro desespero, o petista acusou o golpe. Reclamou dos ataques da oposição e teve a cara de pau de pedir uma trégua. Isso mesmo cara de pau. Um prefeito que passou 20 anos fazendo oposição sistemática aos ex-prefeitos hoje pede teve a coragem de pedir trégua? Se quer trégua é só fazer esse governo desastroso funcionar, ora essa.

Mas o show de horrores não parou por ai. Américo ainda cobrou que ninguém da oposição elogia o governo quando acerta e que ninguém foi visitar o Centro de Reabilitação. Será que é doido ou se faz? Américo foi vereador durante 04 (quatro) anos e não há um registro de que ele algum dia tem feito alguma visita a qualquer órgão público ou tenha feito um elogio a qualquer iniciativa dos últimos governos que passaram. Hoje ele quer louros? É muito merecido!

Quem te viu, quem te vê! Américo pedindo arrego.

Comprem todos os óleos de peroba do mundo para tanta cara de pau…

One thought on “Acuado, prefeito de Coelho Neto pede trégua para a oposição…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *