A convite da Unesco, Assis Filho ministra palestra no México

O secretário nacional de Juventude, Assis Filho, deu uma palestra sobre “Juventude e Inovação Social” no seminário Juventude e Inovação Social: um diálogo sobre desenvolvimento social de base, nesta quinta-feira (11), na Cidade do México. Cerca de 150 representantes da sociedade civil, da academia, de organismos internacionais e de governos de países da América Latina participam do evento criado para discutir desenvolvimento social de base. Também participam do evento o ministro de Juventude do México, Jose Manuel Romero, o gerente de Projetos Sociais da TV Globo, Raphael Vandysdadt; Luana Cabral, do AfroReeggae, e René Silva, da Voz da Comunidade.

Em sua palestra, Assis Filho falou sobre as Políticas Públicas de Juventude (PPJs) no Brasil, muitas das quais se tornaram referência para a América Latina. O secretário falou das eleições democráticas para o Conselho Nacional de Juventude (Conjuve), que estimula a participação social na discussão das PPJs garantido pelo novo decreto assinado pelo Presidente Michel Temer; falou sobre o Estação Juventude, um importante equipamento para os jovens de 15 a 29 anos que será relançado ainda nesse mês de maio; sobre a reativação do Comitê Interministerial de Juventude (Coijuv) pelo presidente Michel Temer que vai articular e coordenar todas as políticas de juventude executadas no governo federal; e sobre o ID Jovem, que garante acesso à cultura, esporte, lazer e mobilidade urbana para mais de 15 milhões de jovens de baixa renda no Brasil.

Durante o evento, foi lançada a versão em espanhol da publicação “Desenvolvimento social de base em favelas do Rio de Janeiro: um guia prático”, um manual que contém ferramentas, informações e conceitos fundamentados em evidências sobre o modelo de desenvolvimento social encontrado em organizações de base. Ele usa como base a metodologia de trabalho desenvolvida pelos grupos AfroReggae e Central Única das Favelas (CUFA), do Rio de Janeiro.

O Seminário Internacional Juventude e Inovação Social: um diálogo sobre o desenvolvimento social de base é fruto de uma parceria entre os Escritórios da Unesco no Brasil e no México e busca trazer as múltiplas vozes dos participantes, principalmente dos jovens, para discutir lições aprendidas, dilemas e desafios de experiências de desenvolvimento e inovação social, engajamento cívico e ações comunitárias de base. A ideia é mostrar como elas interagem e influenciam a sociedade civil e as políticas públicas, por meio de um diálogo entre os formuladores das políticas e líderes de ONGs e movimentos sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *