Weverton não buscará harmonia com Roberto Rocha no Senado: “se compreender, vai nos acompanhar”

O deputado federal e senador eleito Weverton Rocha (PDT) mandou hoje (9) um duro recado ao senador Roberto Rocha (PSDB), de quem será colega de bancada a partir de 2019.

Durante entrevista a um grupo de jornalistas na Assembleia Legislativa, o pedetista disse que ele e a senadora eleita Eliziane Gama (PPS) não devem buscar harmonia com o tucano, porque serão a maioria da bancada.

“Nós vamos dividir porque nós vamos protagonizar o que for bom para o Estado. Se o terceiro senador compreender que mudou e que o Maranhão deu um recado claro, ele vai nos acompanhar. Se não, a gente precisa é dos dois terços para poder aprovar o que precisar. E o Maranhão entendeu isso e está mandando agora os dois terços para lá”, declarou.

Weverton fez o comentário na esteira de uma crítica a um episódio recente na bancada maranhense em Brasília.

Em outubro do ano passado, os representantes do Maranhão mandaram para o Estado emendas no total de R$ 160 milhões. O governador Flávio Dino (PCdoB) queria o valor integral direcionados ao Executivo.

Roberto Rocha articulou e mandou apenas R$ 70 milhões, os outros R$ 90 milhões vieram pela Codevasf (reveja).

“Essa harmonia é melhor não ter, porque essa harmonia foi justamente para boicotar o Maranhão. Eles deixaram de mandar uma emenda de R$ 180 milhões [R$ 160 milhões, na verdade] para a Saúde do Estado com essa harmonia aí, mantendo essa tal de unidade. Se for assim, é melhor a gente chegar dividido, dois a favor do Maranhão”, completou.

Do Blog do Gilberto Leda

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *