Vereador Rafael Cruz denuncia descaso no início do ano letivo na zona rural de Coelho Neto

170

O vereador Rafael Cruz (MDB), utilizou o Grande Expediente na última quinta (14), para tratar da calamidade que se tornou o início do ano letivo nas escolas da zona rural de Coelho Neto.

Após visita nos povoados Deserto, Pimentas, São Domingos e Cruz as escolas estão funcionando pela metade e apenas com professores concursados. No povoado São Pedro as turmas estão pela metade e no povoado Cruz as aulas sequer começaram. No povoado Bonfim ele relatou que a escola foi fechada para levar os alunos para outra unidade, mas ainda não foi disponibilizado ônibus escolares para outras unidades.

O vereador cobrou da Secretaria de Educação providências urgentes no sentido de resolver a situação, que segundo ele compromete a aprendizagem dos alunos.

Sinalização

No mesmo discurso o vereador solicitou a sinalização da entrada da cidade (Avenida José Silva) no sentido de quem vem do Itapirema. Segundo ele o trecho tem grande movimentação de pessoas e veículos por se tratar de entrada e saída do bairro Olho d´aguinha, além do fluxo no IFMA, Fórum de Justiça e Upa. Ele disse que já havia solicitado a mesma ação na Avenida Coelho Neto e porta das escolas, mas o governo nunca fez nada para resolver a questão.

Abastecimento de Água

Ele cobrou a caixa de água no povoado Pimentas, que caiu e o abastecimento de água vem sendo feito diretamente na encanação, o que faz a bomba trabalhar mais e consequentemente ter mais chances de queimar, onerando sobremaneira o orçamento com gastos desse tipo.

O vereador foi aparteado por vários dos seus colegas que aproveitaram para apoiar e referendar a gravidade da problemática dos temas tratados.

Da Ascom/Câmara