TV Mirante volta a Coelho Neto e desmonta factóide do governo sobre postos de saúde

Matéria da TV Mirante confirmou postos de saúde sem médicos

A TV Mirante voltou a Coelho Neto nesta sexta (11), para averiguar as condições dos postos de saúde e desmontar o factóide da Prefeitura, que fez força para tentar mostrar normalidade nos atendimentos de saúde.

Na matéria de ontem (10) o desencontro das informações foi visível: de um lado os coordenadores dos postos diziam que os médicos estavam doentes e na versão da Secretaria de Saúde o fechamento era normal.

A realidade mostrada pela TV Mirante só serviu para confirmar que os postos continuavam sem médico. A Unidade de Saúde do bairro São Francisco por exemplo estava completamente vazio e a equipe do Daniel Guanabara se recusou a receber a equipe de reportagem.

Entrevistada pela equipe de Tv, dona Leidiane Rodrigues disse que está há 07 meses tentando uma consulta. A farsa do governo de querer atribuir as denúncias a questões políticas foi desmontada nas duas matérias feitas com repercussão em todo o Estado e divulgado pela primeira vez por esse blog.

Confira a nova matéria:

3 thoughts on “TV Mirante volta a Coelho Neto e desmonta factóide do governo sobre postos de saúde

  1. Infelizmente um grandes descaso.
    Eu tenho uma amiga que a dias vem se sentindo mal, e precisa de uma consulta com médico para que seja encaminhados exames a ela.
    No entanto sempre que pergunto como a esta e se já se consultou, ela diz: infelizmente não, os postos ainda não estão funcionando pra isso, os médicos estão de recesso.
    Talvez depois dessa matéria, eles antecipam suas” férias”.
    Como ela, muitos outros sofrem calados por conta do descaso e não terem condições de procurarem em outra cidade o recurso que falará na nossa.

  2. Agora sim a emissora de televisão afiliada a rede Globo do lado da
    Oposição, antes o jornal o Estado e TV Mirante sendo do grupo sarney o mesmo que mandou no Maranhão 40 anos, se fosse em outro país o sarney não poderia ter essas empresas, nos países desenvolvidos os jornais e TV não pode ser da propriedade do governo

  3. Está explicado o Maranhão e seu povo ficaram refém muitos anos
    O principal jornal e a emissora de rádio e TV do próprio governo,
    E as mazelas do governo quem comentava?? o Sr, José Ribamar costas Ferreira o sarney ficou brindado por muitos tempos

Deixe uma resposta