Toinho reassume a Cultura…

Toinho ao lado do prefeito Américo de Sousa e da primeira dama Iranete: retorno ao comando da Cultura

Embora tenha passado despercebido para os menos atentos, a pasta da Cultura em Coelho Neto passou por modificações. Mesmo que a troca tenha ocorrido de forma discreta e sem os holofotes corriqueiros, sai o agora ex-secretário Adilson Torres e Toinho da Cultura assume o posto novamente.

Toinho chegou no governo para ser mais um. Com desenvoltura e competência conseguiu a façanha de cair na graça do prefeito Américo de Sousa (PT). Logo já estava cuidando do carnaval e a carta branca que lhe foi dada fez com que a festa momesca fosse alvo de elogios dos mais diversos. Era a senha que precisava.

Em conversas com figuras do governo e vereadores, sempre fomos contrários a permanência de Toinho na inexpressiva Secretaria de Indústria e Comércio por entender que era um desperdício de mão de obra. Como o próprio nome já diz, Toinho “é da Cultura” e sua chegada pode dar novo gás para a pasta que era completamente inócua, se limitando apenas a cuidar das grandes festas. Esse blog chegou a cobrar isso algumas vezes.

Apesar de assumir a pasta adjunta de Cultura ligada umbilicalmente a Educação, Américo permanece em dívida com o setor, pois uma das suas promessas de campanha com destaque no seu plano de governo seria a recriação da Secretaria de Cultura.

A primeira missão oficial dada ao novo secretário foi a de justamente comandar a segunda edição do Corredor Junino, do governo petista.

Mas essa é uma outra história..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *