Tem dinheiro sim! Após saída de Soliney, recurso da saúde de Coelho Neto ampliou quase R$ 5 milhões

Tem dinheiro sim! Após saída de Soliney, recurso da saúde de Coelho Neto ampliou quase R$ 5 milhões

Quem viu um leitor revoltado pelo descaso no atendimento da Unidade de Pronto Atendimento – UPA de Coelho neto nem estranha mais, afinal o fato já se tornou algo corriqueiro.

Toda vez que o assunto vem a tona, a quem diga que o município não possui condições de pagar um novo médico para a UPA, fato que é desmentido pelos dados.

A UPA hoje opera com a quantidade mínima de servidores, bem diferente do que ela era na gestão do ex-prefeito Soliney Silva. Mesmo o atual governo perdendo quase R$ 1 milhão de reais dos recursos do Programa de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica– PMAC, os recursos da saúde cresceram, apesar desse aumento não refletir em melhoria na ponta.

Para se ter uma idéia, em 2016 no último ano do ex-prefeito, os dados do Fundo Nacional de Saúde apontam que Coelho Neto recebeu naquele ano R$ 14.511.452,87 (quatorze milhões, quinhentos e onze mil, quatrocentos e cinquenta e dois reais e oitenta e sete centavos).

No ano passado, a saúde recebeu a bagatela de R$ 19.186.980,94 (dezenove milhões, cento e oitenta e seis mil, novecentos e oitenta reais e noventa e quatro centavos) ou seja, quase 5 milhões de incremento no orçamento da saúde do município. E para onde está indo tanto dinheiro? Os postos de saúde e sede da secretaria de Saúde estão caindo aos pedaços, hospital em situação prcária, Upa aguardando reforma, nenhuma UBS e nenhum serviço novo que se justifique a cidade não dispor de dinheiro para manter a contratação de mais um médico para atendimento da UPA.

O governo não mantém porque não quer, pois dinheiro tem, aliás os milhões que o prefeito Américo de Sousa (PT), falava na rádio continua vindo e na atual conjuntura em valores ampliados.

E basta um olhar nestes dados para ver que os milhões não justificam o atendimento precário que o governo oferece…

Deixe uma resposta