TCE confirma transparência de Afonso Cunha e frustra boateiros…

Uma festa para nada. Assim foi a patacoada protagonizada por boateiros escalados para espalhar que a cidade de Afonso Cunha estava proibida de realizar convênios por não está com o Portal da Transparência alimentado.

Se tem uma coisa que por várias vezes impediu o município de conveniar no ano passado não foi falta de transparência no site, mas a faltas de prestações de contas de inúmeros convênios deixados pela gestão anterior, alguns fruto de processos por parte do Ministério Público. No afã de atacar, se mostram tão desatualizados que preferem passar vergonha do que verificar “in loco” a verdade.

Na última avaliação feita pelo Tribunal de Contas do Estado realizada no último dia 14 de dezembro, a Corte de Contas constatou a veracidade das informações repassadas e confirmou a regularidade do município.

“Não há nada do período do prefeito Arquimedes Bacelar que impeça o município de realizar qualquer convênio. A gestão e nosso setor contábil trabalha de forma uníssona para que as condicionalidades sejam cumpridas e o município esteja quites com uas obrigações legais”, destacou o contador José Hilson da Costa.

As informações do Tribunal de Contas do Estado – TCE representa um verdadeiro banho de água fria nos boateiros de plantão.

E frustra mais uma vez o ranço dos que ainda não se acostumaram com histórica derrota da última eleição…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *