Imagem do Dia: Um sindicato mudando o próprio discurso…

Plenária do sindciato loatada: contratados sem vez

A Assembléia Extraordinária do Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal de Coelho Neto – SINTASP, hoje (24), teve um gostinho amargo e obrigou a entidade mudar o discurso adotado desde a sua fundação.

Antes oposição e hoje com parte de sua cúpula no comando do Executivo, o Presidente Lima Júnior teve que admitir para uma platéia ansiosa para receber seus vencimentos de dezembro, que a obrigação da entidade era com os concursados e que os contratados “procurassem o Ministério Público”. O mesmo sindicato que até pouco tempo atrás cobrava tratamento igualitário entre contratados e concursados rasgou o próprio discurso. Para os concursados tudo e para os contratados os rigores da Lei. Trágico!

Pressionado, SINTASP convoca Assembléia para discutir não pagamento de servidores…

O Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal – SINTASP bem que tentou, mas não conseguiu conter a pressão dos servidores sobre que posição a entidade sindical tomaria com relação aos pagamentos pendentes do mês passado deixados pela gestão anterior.

Segundo o que o blog apurou, para que a situação tivesse um encaminhamento imediato, uma comissão de servidores fez pressão e exigiu que o sindicato se manifestasse.

Sem jeito de correr de suas obrigações, a diretoria do SINTASP marcou uma Assembléia Extraordinária para a próxima terça (24), a partir das 10h, na sede do sindicato, para deliberarem sobre o não pagamento do mês de dezembro 2016 e as providências legais para garantia dos direitos desses servidores.

A pressão foi tanta, que nem o presidente da Câmara Osmar Aguiar (PT), teve como fugir de dar explicações a categoria.

Mas essa é uma outra história…

SINTASP vence mais uma ação em defesa dos servidores…

Dr. Walkmar Neto: mais uma ação com vitória
Dr. Walkmar Neto: mais uma ação com vitória na defesa ds servidores

Atendendo a um mandado de segurança ajuizado pelo advogado Dr. Walkmar Neto representando o Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Municipal da Microrregião de Coelho Neto – SINTASP/MCN, a juíza Dra. Raquel Araújo deu na última terça (24), mais uma decisão contrária à Prefeitura de Coelho Neto.

A ação é baseada na edição de um decreto assinado pelo Prefeito Soliney Silva (PMDB), autorizando um desconto de 30% do salário dos servidores municipais, ato que há princípio tinha duração de 90 (noventa dias), mas que já fora prorrogado.

Outras ações individuais como essa já haviam sido despachadas com parecer favorável, mas essa tem caráter coletivo e abrange a todos os demais servidores.

A juíza deu prazo para que a decisão fosse cumprida e estabeleceu penalidades caso a medida seja descumprida.

“… defiro a medida liminar para determinar que o impetrado, no prazo de 48 horas, da ciência desta decisão, suspensa os efeitos dos Decretos nº 358/2015 e 373/2016, para todos os servidores de Coelho Neto, até o julgamento final do presente writ restabelecendo a remuneração integral recebida pelo impetrante, sob pena de multa mensal no importe de R$1.500,00 (um mil e quinhentos reais) a qual deverá incidir sobre o patrimônio pessoal do Sr. Soliney de Sousa e Silva – Prefeito Municipal de Coelho Neto” foi o que determinou a magistrada.

Senhor meu Deus, se assim procedi, se nas minhas mãos há injustiça, Salmos 7:3