Fantasmas na Saúde: Promotora dá 10 dias para Prefeitura de Coelho Neto se manifestar…

 

 

O Ministério Público já iniciou a atuação no que se refere a denúncia formalizada por esse blogueiro no caso dos servidores fantasmas da Secretaria de Saúde mantidos pela Secretaria de Saúde de Coelho Neto.

A frente do caso, a promotora Dra. Karini Kirimis Viegas já expediu ofício determinando que a Prefeitura de Coelho Neto preste os devidos esclarecimentos sobre o caso nos próximos 10 dias.

Esse blogueiro denunciou ao Ministério Público a maquiagem de dados oficiais mantida pela Secretaria de Saúde no Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde – CNES. A denúncia iniciada a partir do Programa Agentes Comunitários de Saúde – ACS identificou servidores demitidos, aposentados, ocupação irregular de cargos comissionados e contratos irregulares mantidos como ativos pela gestão da ex-secretária Cristiane Bacelar e mantido pela atual secretária Olimpia Delgado, em descumprimento a normativa do Ministério da Saúde.

Leia mais:

O caso se alastra por outras unidades de saúde e diversos servidores, incluindo o marido da secretária de Saúde Olímpia Delgado, que consta como servidor da UPA, mesmo morando em Salvador-BA. Por se tartar de recursos federais, o fato também fora denunciado ao Ministério Público Federal, a Polícia Federal e ao Ministério da Saúde.

Ministério Público expede portarias para procedimento administrativo na saúde de Coelho Neto

Caos das ambulâncias em Coelho Neto será investigado pelo Ministério Público

A promotora de Justiça Dra Karini Kirimis Viegas, titular da 1ª Promotoria de Justiça expediu duas portarias para prcedimentos referentes a saúde de Coelho Neto.

A primeira Portaria de  nº 16/2018 – PJCN visa verificar o adequado funcionamento do mamógrafo no atendimento da população de Coelho Neto. A promotora determinou que fosse realizado uma nova vistoria in loco na Secretaria de Saúde e no Centro de Imagem com vistas a verificar a existência e funcionamento de mamógrafos, devendo de tudo fazer relatório circunstanciado.

A segunda portaria de nº 21/ 2018 – PJCN tem o objetivo de verificar a situação do atendimento pré-hospitalar móvel do município, ou seja, as condições das ambulâncias. Nesse caso a promotora expõe ” a necesidade de continuação de coletas de provas para apuração de possível irregularidade na prestação de serviço de saúde no Município de Coelho Neto no que se refere as condições mínimas de estrturas das ambulâncias.

As duas ações do Ministério Público são de grande importância no que se refere a situação de abandono da saúde de Coelho Neto. O descaso das ambulâncias por exemplo, já denunciado por esse blog, chega a ser uma falta de respeito não apenas com quem necessita do serviço, como também dos servidores que tem se desdobrado para dar conta da demanda.

O descaso na saúde é tamanho, que a secretária de saúde Olímpia Delgado tem precisado recorrer a vizinha cidade de Duque Bacelar para garantir traslado de paciente que seria de sua responsabilidade.

Uma verdadeira pouca vergonha… para quem tem!

Hospital de Coelho Neto inaugura a modalidade “banho de cuia”…

 

Parece piada mas não é. O caos no Hospital de Coelho Neto é tamanho, que sem água nos chuveiros os pacientes estão sendo obrigados a tomar banho de cuia. Isso mesmo, é a nova modalidade de banho inaugurada no governo do PT.

Na ausência do chuveiro, vale o banho de cuia

Uma Agente Comunitária de Saúde – ACS, chegou a denunciar recentemente a situação insalubre dos banheiros, confirmada pelas fotos que passaram a circular em grupos de whatsapp.

Diferentemente da imagem vendida pelo governo, o hospital está praticamente abandonado. Além de problemas na parte hidráulica, os banheiros também apresentam problemas na parte elétrica e na parte física.

Esta são as condições dos banheiros do Hospital Municipal

Quando apresentava seu programa de rádio Américo critica o ex-prefeito pelas condições do hospital e passado 1 ano e 5 meses praticamente nada mudou. As promessas do período eleitoral foram esquecidas e a população vive a mercê da própria sorte de uma gestão desastrosa e incompetente.

PERSEGUIÇÃO

Enquanto o Hospital Municipal cai aos pedaços sem qualquer atenção por parte do governo, o prefeito Américo de Sousa (PT) e a secretária de Saúde Olímpia Delgado continuam a perseguir servidores.

Netsa terça (29), a professora Maria Dalva denunciou a demissão sumária da sua nora pelo seu posicionamento firme contra o peleguismo no SINTASP.

“Hoje eu fiquei indiganada com a cúpula do governo perseguidor, pois por  motivo sindical ele se vingou de mim demitindo minha nora”, disse ela em desabafo compartilhado nas redes sociais.

Prefeitura mantém ambulância que deveria está servindo para a população virando sucata em Coelho Neto

 

Com as duas ambulâncias quebradas aguardando reparos, a Prefeitura de Coelho Neto tem descarregado toda demanda da saúde no veículo Fiorino, apelidada pelo hoje prefeito Américo de Sousa (PT), de caixinha de fósforo.

Com os problemas da ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU e no veículo doado pelo Governo do Estado, tem sido a “caixinha de fósforo”usada como salvação da pátria para quem precisa de deslocamento.

O blog recebeu uma denúncia de que a Secretaria de Saúde mantém nos fundos do prédio do Samu uma ambulância nova, que exposta no tempo tem servido apenas de cama para um gato e com chances reais de virar sucata.

Na lógica o município teria uma outra ambulância para se revezas nas demandas, mas a incompetência do governo em recuperar um simples carro não permite.

Enquanto isso, ontem (21) uma gestante de alto risco precisou ser transferida para Caxias e foi preciso pedir socorro para a ambulância de Duque Bacelar. Nesta terça (22), depois de muita reclamação em rede social, uma outra paciente de Coelho Neto teve que se valer da mesma ambulância de Duque Bacelar para ser transferida para Presidente Dutra, porque na sede da microrregional vergonhosamente o caos está instalado.

Lamentavelmente…

Moradores denunciam descaso com o sistema de abastecimento de água no Parque Amazonas

A dupla Joilson e Ronaldo que tem percorrido a cidade de Coelho Neto para denunciar os demandos da gestão do prefeito Américo de Sousa (PT), foram chamados pelos moradores do Parque Amazonas.

O convite feito pela comunidade foi para denunciar a situação de abandono do serviço de abastecimento de água, principalmente do reservatório.

Segundo moradores, a caixa d água está com a tampa quebrada há mais de um ano e exposta a diversas situações de contaminação, inclusive sem qualquer manutenção.

Com o Serviço Autônomo de Abastecimento de Água – SAAE, jogado as traças desde a saída de Jademil Gedeon, a situação está cada vez mais crítica.

E tome descaso. Confira o vídeo:

Marido da Secretária de Saúde que mora em Salvador aparece na folha da UPA de Coelho Neto

Dr Ronald foi inserido no quadro de servidores em janeiro desse ano

Os escândalos na Secretaria de Saúde de Coelho Neto não param. Um leitor do blog chamou atenção sobre a presença do nome de Ronald Henrique Delgado Bocanegra na folha se servidores da Unidade de Pronto Atendimento – UPA, divulgada nesta tarde pelo blog.

Para quem não sabe, Dr Ronald é marido da secretária de Saúde Olímpia Delgado. Ele foi inserido no sistema em janeiro de 2018, mas  na prática segundo apurou o blog nunca trabalhou na Upa.

O blog investigou e constatou que entre janeiro e março ele fazia residência médica no Instituto Nacional do Câncer – INCA, no Rio de Janeiro – RJ. No mesmo período aparece como servidor da Upa de Coelho Neto.

Em abril, Dr Ronald passou a trabalhar no Hospital Geral do Estado em Salvador -BA e continuou como prestador de serviço em Coelho Neto, mesmo sem pisar na unidade.

Quer dizer que o prefeito de Coelho Neto Américo de Sousa (PT), não tem dinheiro para pagar um outro médico para a Upa, mas mantém um fantasma de outro Estado entre os servidores? Assim não tem como mesmo, não é prefeito?

A Secretaria de Saúde pelo visto virou um mar de lama.

Que quanto mais mexe, mais fede…

Secretaria de Saúde de Chapadinha realiza encontro com Agentes de Saúde

 

A Prefeitura de Chapadinha através da Secretaria de Saúde realizou nesta quarta (16) a Capacitação Mensal com os Agentes Comunitários de Saúde – ACS.

A ação ministrada pela coordenadora Thayse Meira, representa uma estratégia do governo municipal de qualificar a atenção básica.

Durante o encontro foi discutido a pauta das ações de saúde e foi apresentado um vídeo para um debate sobre o diabetes.

Agente de Saúde faz o próprio curativo e denuncia descaso na saúde de Coelho Neto

Agente de Saúde precisou fazer o próprio curativo por ausência de técnica de enfermagem

A agente de saúde Marleth Gonçalves gravou um vídeo ontem (15), que repercutiu rapidamente nas redes sociais confirmando o descaso do governo Américo de Sousa (PT), para com a saúde.

Ela aaprece fazendo o própio curativo no dedo, pois a Unidade Básica de Saúde – UBS estava sem técnico de enfermagem. Ela ainda mostrou a fila de pessoas que aguardava atendimento mas que pela falta do profissional no pronto socorro deveriam ficar sem atendimento.

O blog recebeu a denúncia por parte de servidores de que a sala de vacina na mesma unidade permanece fechada. A servidora entrou de férias e não há quem faça o trabalho. É o descaso da saúde sendo mostrado pelos próprios servidores. Essa é a segunda agente de saúde que denuncia o descaso do governo em pouco mais de um mês.

A impressão que se tem é que o governo segue desmoronando. A seguir a íntegra do vídeo:

Mais mentira: Confirmado indício de fraude no número de partos divulgados pela saúde de Coelho Neto

 

No último dia 25 de abril esse blog questionou uma propaganda veiculada pela Secretaria de Saúde de Coelho Neto de que o Hospital Municipal teria feito 649 partos entre janeiro e março. Os números são ridículos e a olho nu não se sustentam, mas fomos atrás de provas para mostrar que o governo está divulgando dados falsos para tentar confundir a opinião pública.

Pois bem dos 649 partos que o governo disse que fez, no mês de janeiro constavam apenas 109, sendo 69 normal e 40 cesariano segundo dados do sistema Data Sus, do Ministério da Saúde.

Para fechar a conta do governo teriam que ter sido realizados 540 partos nos 59 dias de fevereiro e março. Isso seria impossível, pois segundo o Cadastro Nacional de Estabelecimento de Saúde – CNES, o hospital Casa de Saúde e Maternidade só tem disponíveis 10 leitos de clínica obstétrica. Pelas contas os leitos estariam lotados diretamente, já que seriam 9 partos todo dia. Como pode?

Após o lançamento da produção no site do Ministério da Saúde eis a confirmação de mais uma fraude do governo. Em fevereiro foram 85 partos (54 normal e 31 cesariano) e 93 partos em março (61 normal e 32 cesariano).

Desmentindo as informações da Secretaria de Saúde, dos 649 partos que eles dizem ter feito, o município só executou 362. De onde tiraram os outros 287?

O governo precisa vir a público e esclarecer os motivos da divulgação de informações falsas, sabendo que terá que responder por mais essa denúncia…

Prefeitura de Afonso Cunha realiza ações com gestantes

 

A Prefeitura de Afonso Cunha através da Secretaria de Saúde promoveu mais uma ação voltada para as gestantes do município.

O café da manhã foi organizado pela equipe do Programa Saúde da Família da Trizidela e das áreas referenciadas pela unidade.

“Durante essa ação entregamos repelentes e as futuras mães sairam consultadas e vacinadas. Queremos agradecer ao prefeito Arquimedes Bacelar e a secretária de saúde Analídia Bacelar pelo apoio em mais essa ação”, disse o enfermeiro Júnior Lobato.

A secretária de saúde Analídia Bacelar esteve presente no evento, parabenizou a equipe e agradeceu as gestantes pela participação.