Reação da população sobre projeto do Saae deixa vereadores governistas de Coelho Neto atordoados…

A tão propagada Audiência Pública para discutir o Plano Plurianual e as demais leis orçamentárias realizada ontem (23) em Coelho Neto e divulgada exaustivamente pela prefeitura, foi simplesmente ignorada pela ampla maioria dos vereadores que compõe a base do governo.

Quem olha as fotos da platéia logo identifica que sem os servidores contratados e cargos comissionados, não sobraria quase ninguém para contar a história, num sinal claro de que nos bairros a população deu de ombros para o convite. Até a ampla maioria da base do governo se ausentou e dos 10 vereadores apenas 04 (Osmar Aguiar, Luiz Ramos Moabe e Marcos Tourinho) marcaram presença. E algum governista apaixonado pode até dizer que o vereador não era obrigado a está o que é um fato, mas que é no mínimo inusitado, já que é na Câmara que os produtos da Audiência serão inclusos em um projeto de lei… ou não?

Ainda atordoados com a repercussão negativa da aprovação do projeto de reestruturação do Saae, os vereadores tem se esforçado para se explicar diante da revolta da comunidade e na auência de uma argumentação plausível alegam que isso é apenas fantasia da oposição.

Primeiro tentaram fazer crer que a cobrança da água não existia e após confrontados admitiram que ela virá. Depois disseram que isso só poderá ocorrer depois de um projeto de lei aprovado com a definição dos valores, fato que não deixa de confirmar a cobrança, mesmo que alguns sejam isentados. Depois disseram que essa cobrança não era para agora, mas não explicaram porque mesmo assim votaram o pedido de urgência do prefeito. Outra questão polêmica é admitirem que a cobrança só vira quando o município oferecer água de qualidade, mas diante da crise, nenhum arriscou dizer de onde vai se tirar dinheiro para realização dessa reestruturação do órgão.

É bom frisar que esse blog nunca disse o dia que a água seria cobrada e muito menos tratou de quanto custaria essa cobrança. Tentamos chamar atenção da população sobre o projeto por entender ser algo do interesse de todos e que os edis com o próprio prefeito Américo de Sousa (PT), poderiam ter evitado essa celeuma se tivessem se manifestado antes sobre o assunto.

Por que ao invés de passar mais da metade do seu programa de rádio falando do ex-prefeito Soliney, o petista não expôs o objetivo desse projeto, bem como as suas etapas. Se tivesse feito dessa forma o assunto não tinha rendido como vem rendendo. Vão querer fazer isso agora depois que o caldo derramou.

Não subestimem o povo senhores e senhoras…

Base aliada aprova reforma do SAAE e cobrança da água em Coelho Neto está assegurada…

A base aliada do governo mais uma vez deu um show de subserviência ao prefeito de Coelho Neto Américo de Sousa (PT), ontem (21), durante votação do projeto de reestruturação do Serviço Autônomo de Água e Esgoto – Saae.

Apesar de se tratar de uma pauta polêmica, o prefeito fez questão de adotar o regime de urgência para evitar o debate, que só obteve voto contrário mesmo do vereador João Paulo (PMDB).

Durante a discussão a vereadora Camila Liz (PROS) lembrou que o projeto deveria passar pela Comissão de Finanças, fato que como num passe de mágica foi resolvido pelo presidente Osmar Aguiar (PT) ao suspender a sessão por 05 minutos para que o tal parecer fosse providenciado. Tudo é fácil quando o interesse do governo está na pauta.

No projeto aprovado pelos vereadores a cobrança da água está assegurada, a diferença é que uma mudança de última hora permitiu que ao invés do prefeito determinar os valores das tarifas através de decreto, essa parte será definida novamente pelos vereadores através de um projeto complementar, assim vai ficar fácil fazer beicinho de novo…

Agora imaginem um Saae sem qualquer estrutura como o de Coelho Neto modernizando sua rede de abastecimento para colocar hidrômetro nas casas. Vão tirar esse dinheiro de onde, se o prefeito está demitindo um simples contratado para não pagar? Mas isso é demais para os nobres edis refletirem não?

Votaram a favor do projeto todos os vereadores da base do governo. O vereador João Paulo foi o único a votar contra. Rafael Cruz antecipou que votaria contra, mas em decorrência do nascimento da filha não compareceu e o vereador Dr Ricardo também faltou a sessão.

Américo envia para a Câmara reestruturação do SAAE e água gratuita está com os dias contados…

O prefeito de Coelho Neto Américo de Sousa (PT), encaminhou para a Câmara o Projeto de Lei nº 14/2017, que dispõe sobre a estrutura organizacional, administrativa e modernização do Serviço de Água e Esgoto (SSAE) de Coelho Neto e dá outras providências.

Mesmo alegando crise, com a reformulação o prefeito cria novos cargos pelo teor do projeto a água que hoje é gratuita terá cobrança assegurada.

A Lei que criou o SAAE é de 1993, criado na gestão da ex-prefeita Lúcia Guanabara e com desenho totalmente diferente desse que está sendo proposto pelo petista. Além de garantir a emissão e distribuição de contas de águas e esgoto (que hoje é gratuita), está assegurado também a implantação de micromedidores.

Ao invés de atacar as pessoas, passar horas se lamentando e contando conversa pra boi dormir em seu famigerado programa de rádio, o prefeito deveria ter tratado do projeto que enviou para os vereadores e os seus desdobramento.

O projeto está na Câmara e os vereadores devem começar sua discussão na sessão desta segunda (14). Os vereadores de oposição Rafael Cruz, João Paulo e Dr Ricardo já se manifestaram contrário a forma que o projeto está sendo encaminhado, sem uma dicussão prévia com a sociedade.

A pauta-bomba promete…

Prefeito Fábio Gentil inaugurará sistema de abastecimento de água na zona rural

Trinta e duas famílias dos povoados Porção e Goiabeira, na zona rural de Caxias, serão beneficiadas com água potável dentro de casa. O sistema de abastecimento de água, implantado pelo Sistema Autônomo de Água e Esgoto –SAAE/Caxias, vai ser inaugurado neste sábado (12/08), a partir das 10h da manhã, com a presença do prefeito Fábio Gentil e demais autoridades do município.

Com cerca de 3.000m de extensão de rede, os dois sistemas de abastecimento de água contam com a estrutura de poço com um motor de 2,5 cv de potência, caixa d’água com capacidade de 15 mil litros, e um inversor de frequência que faz o monitoramento da tensão elétrica, diminuindo e aumentando a vazão da bomba que alimenta o poço.

 “O inversor de frequência é uma inovação aplicada no SAAE Caxias, que é pioneiro no Nordeste a investir nesse equipamento que monitora a qualidade da energia, além de gerar uma economia de 30% no consumo, tornando o sistema elétrico mais eficiente”, explica Ismael Santana, coordenador de manutenção do SAAE.

Essas obras são as primeiras, mais dez povoados estão com projetos em andamento e serão contemplados ainda este ano com o sistema de abastecimento de água. A preocupação do SAAE é levar água de qualidade e saúde para a população, tanto da zona urbana, quanto da zona rural de Caxias.

“É muito gratificante melhorar a vida dessas famílias que precisavam carregar água na cabeça para suprir as suas necessidades básicas, uma água sem tratamento. Agora, elas vão ter água potável dentro de casa. E o serviço não para com a inauguração da obra, o SAAE vai manter uma equipe para, semanalmente, fazer o monitoramento e controle da qualidade da água nas duas comunidades”, enfatiza o engenheiro Arnaldo de Arruda Oliveira, diretor do SAAE/Caxias.

Da Assessoria

SAAE de Caxias recebe visita da prefeita de Santo Amaro do Maranhão

O diretor do Serviço Autônomo de Água e Esgoto de Caxias, o engenheiro Arnaldo de Arruda Oliveira, recebeu na última quarta-feira (02/08), a visita da prefeita de Santo Amaro do Maranhão, Luziane Lisboa, juntamente com o vice-prefeito de Caxias, Paulo Marinho Júnior e o ex-prefeito de Caxias, Paulo Marinho.

“Eu vim conhecer a realidade do sistema de abastecimento de água de Caxias que é referência no Estado para levar a experiência daqui para o nosso município, que ainda depende unicamente de poços artesianos, e assim, levar uma água potável e de qualidade para a nossa população e para os nossos turistas”, explicou Luziane Lisboa, prefeita de Santo Amaro.

Com uma população de aproximadamente 20 mil habitantes, Santo Amaro do Maranhão é um município extremamente turístico. Localizado no norte do Estado, é uma das entradas para o Parque Nacional dos Lençóis Maranhenses, com dunas e lagoas ainda pouco exploradas que chamam a atenção pela beleza natural.

A atitude da gestora é louvável pela iniciativa de deixar as fronteiras do seu município em busca de apoio técnico e parcerias, disse o diretor do SAAE Caxias.

“Trata-se de um apoio técnico e quem ganha é o cidadão da cidade em geral. Estamos à disposição para colaborar com informações técnicas e apoio institucional, a fim de promover o saneamento público para quem mais precisa”, afirmou o engenheiro Arnado de Arruda Oliveira, diretor do SAAE de Caxias.

Da Assessoria

Pedra cantada! Jademil deixa o PMDB e assume o SAAE no governo Américo…

Américo e Jademil juntos: a política separou e a política tratou de unir. Foto: Euclides Filho

Às 18h:45

O ex-prefeito de Coelho Neto Dr Magno Bacelar sempre gosta de dizer: não briguem pelos políticos porque lá em cima eles sempre se entendem e se entendem mesmo.

Pois é, quem diria: Jademil adversário político de Américo, inúmeras vezes criticado por ele durante seu programa de rádio mudou a ordem das coisas e olha onde o destino os colocou hoje senão na posição de chefe e subordinado.

Jademil foi anunciado agora pouco o novo diretor do Serviço Autônomo de Abastecimento de Água – SAAE em reunião realizada com servidores no Teatro.

Para quem é leitor desse blog não é nenhuma novidade. A pedra já havia sido cantada por esse blogueiro em postagem feita há pouco mais de dois meses atrás, mais precisamente do dia 11 de maio de 2017 (relembre AQUI).

O anúncio “meio sem sal” feito no início da tarde desta terça (27), já sinalizava que esse era a cartada final que faltava para que o agora ex-peemedebista pudesse confirmar a aliança que já vinha sendo costurada há um certo tempo pelos dois.

É bem verdade que o governo fica maior com a chegada de Jademil e toda bagagem técnica que ele trás.

Mas pelo próprio embate político ele sai bem menor do que entrou. A política separou e a política tratou de unir.

Simples assim!

Jademil deixa o SAAE…

aad3efd7-a08a-47ab-bf2a-ba11630ee882

O pré-candidato a prefeito de Coelho Neto Jademil Gedeon (PMDB), deixou ontem (30), o cargo de diretor do Serviço de Abastecimento de Água e Esgoto – SAAE do município.

Com a exoneração, o peemedebista deve se dedicar em tempo integral a pré-campanha até que tenha sua candidatura homologada em Convenção.

Jademil vai enfrentar as urnas, tendo o Presidente da Câmara Raimundão (PMDB) como pré-candidato a vice. Segundo informações a que o blog teve acesso, deve assumir em seu lugar o Diretor Financeiro da autarquia Joaquim Rêgo.

Foto: João Osório

Todos os rebanhos e manadas, e até os animais selvagens, Salmos 8:7

Jademil Gedeon destaca ações do SAAE

Jademil Gedeon: homem de confiança do Prefeito Soliney Silva
Jademil Gedeon: homem de confiança do Prefeito Soliney Silva

Conhecido como exímio administrador, o Diretor do SAAE de Coelho Neto Jademil Gedeon fora designado pelo Prefeito Soliney Silva para cuidar da melhoria do serviço de abastecimento de água do município que vem crescendo sua demanda ao longo dos anos.

Um dos grandes desafios da autarquia é manter o padrão de sua prestação de serviço com recursos próprios tendo em vista que a água é ofertada de forma gratuita para a população, tanto na sede quanto na zona rural.

Em conversa com o Blog, Jademil Gedeon destacou que as ações do SAAE demandam recursos contínuos e o trabalho só tem ido possível graças a sensibilidade do Prefeito que tem envidado esforços para que as ações não sofram prejuízos pela escassez de recursos.

“Fazemos muito com pouco. A determinação que recebi do Prefeito Soliney é fazer duas frentes de trabalho para que o órgão atue tanto na cidade quanto no interior e isso temos feito”, disse ele.

Ações

Jademila acompanhando "in-loco" as ações do SAAE
Jademila acompanhando “in-loco” as ações do SAAE

No ano de 2015, Jademil Gedeon destacou que além da troca de 26 bombas submersas foram feitos 10 dez poços nos povoados Deserto/Tomé, Malícia, Taboca do Leitão, Alto Alegre, Olho d´Agua, Bom Sossego, São Francisco, Jatobá, Vila Nova e Olaria beneficiando diretamente quase 120 famílias. Destes, 08 receberam implementação do sistema de abastecimento de água com rede de distribuição, ligações individuais, caixa d´água e bomba submersa.

Na sede além das 39 bombas submersas, foi ampliada a rede de distribuição nos bairros Novo Tempo, Sarney e Anil II beneficiando quase 480 famílias, além da instalação de bombas nos bairros Subestação e Bela Vista.

O Diretor do SAAE disse que as perspectivas de trabalho em 2016 seguem no mesmo ritmo, com vistas a garantir que as ações de melhoria do serviço de abastecimento de água continue sendo ampliadas.

Prefeitura oficializa ordem de serviço com Concessionária Águas de Timon

Centenas de timonenses compareceram na noite de terça-feira (29/04) ao Centro de Convenções Maranhense, para prestigiar a assinatura da ordem de serviço entre a Prefeitura Municipal e a Concessionária “Águas de Timon” – que após a assinatura, tornou-se oficialmente responsável pelos serviços de abastecimento de água e esgotamento sanitário na cidade. A Águas de Timon pertence à Aegea, terceira maior empresa de saneamento do país, instalada em oito estado e atuando em 38 municípios brasileiros.

Para perceber o marco histórico que foi a noite do dia 29 de abril de 2015, é preciso primeiramente entender qual era a situação do SAAE – Serviço de Abastecimento de Água e Esgoto – quando a atual administração o assumiu. O órgão tinha uma dívida de 8 milhões de reais, sendo os principais motivos: inadimplência de 80% dos usuários; 39% em dividas com a CEMAR (Companhia Energética do Maranhão); baixa taxa de investimentos (apenas 1,54%) e um dos mais graves: desperdício de 70% de água (Canos quebrados, velhos etc.). Por todos esses problemas e, de acordo com estudos, o SSAE de Timon precisaria de 600 anos para realizar investimentos com recursos próprios. Agora, com a atuação da concessionária “Águas de Timon”, tudo será resolvido em um prazo muito menor, 30 anos. E o mais importante: passado esse período, todos os investimentos realizados ficarão na cidade e voltarão para o SAAE.

Responsável pelo mais importante passo já dado pelo Município de Timon, o prefeito Luciano Leitoa reconheceu o empenho de todos os responsáveis, em especial, dos vereadores que votaram a favor da concessão. “Tudo isso só foi possível após a aprovação da Câmara Municipal. Quando aceitei a responsabilidade de ser prefeito de Timon, em momento algum fiquei em dúvida e muito menos com receios de escolher o que seria melhor para a nossa cidade por questões políticas. Hoje, tenho a sensação de dever cumprido, tenho certeza absoluta de que uma empresa tão séria, como a Aegea, tornará Timon uma cidade modelo, pois estamos sendo a primeira cidade, de todo o nordeste, a ter atuação da mesma”, comentou o prefeito.

assinatura-da-ordem-de-servico-entre-a-prefeitura-municipal-e-aguas-de-timon-5736

O presidente da Aegea, Renato Médici, explicou aos presentes como a concessionária funciona, falou das metas e das responsabilidades com a população da cidade. “Timon, por ser a primeira cidade no nordeste na qual atuaremos, torna-se mais importante ainda e aumenta nossas responsabilidades de promover o desenvolvimento local. Nossa meta é resolver o problema de abastecimento de águas nas residências em um ano e em nove anos, solucionar a problemática do esgotamento sanitário da cidade”.

É muito importante esclarecer que a Prefeitura, através de uma Agência Reguladora – Agert, fiscalizará todas as obras realizadas pela Concessionária. A Agência funcionará na sede do SAAE e estará aberta às solicitações da população, a mais importante parceira fiscalizadora.

“Timon precisa ser saneada com qualidade”, foi assim que o Deputado Estadual, Rafael Leitoa, iniciou seu pronunciamento e levantou uma importante questão para o crescimento vertical da cidade. “Parto do princípio de uma mudança em Timon, pois com o esgotamento sanitário concluído, haverá a possibilidade de um crescimento vertical, ou seja, da construção de prédios na cidade. O que hoje não é possível, por conta dessa carência. Timon tem 0% de esgotamento sanitário e isso vai mudar”, finalizou.

Estiveram presente: secretários municipais, parlamentares, dentre eles o prefeito de Parnarama, Davi Alves, que veio conhecer o processo de Concessão, para futura adesão no município de sua gestão, além da grande presença da população timonense.