Roseana recebe Ordem do Mérito Militar…

Roseana 2

A ex-governadora Roseana Sarney recebeu nesta quarta-feira, 9, a Ordem do Mérito Militar,  a mais elevada distinção honorífica do Exército Brasileiro.

Entregue pelo Comandante do 24º BIL (Batalhão de Infantaria Leve), Coronel Azevedo, a condecoração é um reconhecimento por serviços relevantes prestados ao Exército  Brasileiro.

Durante a homenagem, Roseana fez questão de agradecer pelos serviços que o Batalhão de Infantaria prestou ao Maranhão durante os anos em que ela foi Governadora do Estado, e lembrou da importância do trabalho da corporação quando o Maranhão enfrentou um dos períodos de chuvas mais severos da história, com enchente na Região do Mearim, onde dezenas de famílias ficaram desabrigadas.

Acompanhada por amigos, Roseana recebeu o Grau de Grande Oficial no Corpo de Graduados Especiais da Ordem do Mérito Militar.

– Hoje, venho primeiramente agradecer.  A medalha que carregarei comigo simboliza o reconhecimento  por  algo que sempre fiz com muita honra: prestar serviços ao Exército Brasileiro mas, acima de tudo, prestar serviços ao nosso Maranhão, e ao nosso país – disse Roseana.

Morre a sogra da ex-governadora Roseana

Maria-Tereza-Duailibe-Murad

A sogra da ex-governadora Roseana Sarney faleceu na madrugada de hoje (18), por volta das 3h, dentro de casa.

Maria Tereza Duailibe Murad, tinha 86 anos, e teve morte súbita. Ela deixa sete filho: Ricardo, Jorge (marido da ex-governadora Roseana Sarney), Ricardo Murad (ex-secretário de Saúde), Tetê (mulher de Fernando Sarney), Rosa, Emílio, Samira e Samir.

A morte de dona Maria Murad abalou a família Murad/Sarney, que todo domingo se reúnem para um almoço sagrado em sua residência.

Ela está sendo velada na sua residência no bairro do Olho d’Água, em São Luís-MA. O sepultamento será às 16h no Parque da Saudade, no bairro do Vinhais.

Lava Jato: dono da UTC cita nome de Lobão

 

Da Veja

CHEFE – Ricardo Pessoa, dono da empreiteira UTC, preso na sexta-feira passada: o "capo" do cartel da Petrobras gostava de repetir que tinha um único amigo no governo – "o Lula"
DINAMITE – Ricardo Pessoa, dono da empreiteira UTC, o chefe do ‘clube do bilhão’(Marcos Bezerra/Futura Press/Estadão Conteúdo)

O dono da empreiteira UTC, Ricardo Pessoa, afirmou aos investigadores da Operação Lava Jato que o senador Edison Lobão (PMDB-MA), ex-ministro de Minas e Energia, pediu recursos para a campanha da ex-governadora do Maranhão Roseana Sarney (PMDB).

Apontado como chefe do chamado “clube do bilhão”, Pessoa está sendo ouvido nesta quarta-feira na sede da Procuradoria-Geral da República, em Brasília. Ele embarcou de São Paulo para a capital federal, a pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, após ter aceitado um acordo de delação premiada com a Justiça. O advogado Tracy Reinaldet, que participa da negociação do acordo de delação, o executivo está disposto a colaborar com as investigações em troca de redução de pena.

O nome do senador já havia sido mencionado por outros delatores da Lava Jato. Lobão é alvo de inquérito no Supremo Tribunal Federal (STF) e deverá ser ouvido na próxima semana, na sede da Polícia Federal em Brasília.

Delação – Segundo o jornal Folha de S. Paulo, Pessoa admitiu ter destinado recursos de propina para as três últimas campanhas eleitorais do PT à Presidência. Em 2006, por meio de caixa dois. Em 2010 e 2014, em doações registradas na Justiça Eleitoral. Ele também pagou 3,1 milhões de reais a José Dirceu para obter favores do PT, além de ter financiado com caixa dois a campanha de Fernando Haddad à prefeitura de São Paulo em 2012.

Reportagem de VEJA também mostrou que Pessoa está disposto a contar como ajudou a financiar as campanhas de Jaques Wagner e Rui Costa para o governo da Bahia – o primeiro, em 2006 e 2010. O segundo, em 2014.

VEJA revelou ainda uma anotação de Pessoa, apreendida pela Polícia Federal, segundo a qual ele menciona o tesoureiro da campanha de Dilma em 2014, o atual ministro da Secretaria de Comunicação Social, Edinho Silva. “Todas as empreiteiras acusadas no esquema criminoso da Operação Lava Jato doaram para a campanha de Dilma. Será que falarão sobre vinculação campanha x obras da Petrobras?”, diz o texto apreendido.

(Com Estadão Conteúdo)

Governo investiga desvio de R$ 10 milhões do governo Roseana no Meio Ambiente

Ivanice Cândido, Sec. Marcelo Coelho, Liene Soares e Domingos César.(Foto: Almeidinha)

Blog Cunha Santos – O secretário de Estado do Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema), Marcelo Coelho, reuniu-se com representantes do Conselho Municipal de Meio Ambiente (Commam) de Imperatriz, durante esta semana, para tratar de possível irregularidade na aplicação de recursos de compensação ambiental na gestão passada. Um recurso de R$ 10,2 milhões que deveria ser investido em Imperatriz, a partir de compensação ambiental da Suzano Papel e Celulose, foi direcionado ao Parque Estadual do Mirador.

Com a mudança da gestão estadual em 2015, os membros do Commam procuraram novamente a Sema para reiterar as reivindicações feitas na gestão passada, e não atendidas, sobre a destinação do recurso. Durante a reunião, o secretário Marcelo Coelho informou que acionou o setor jurídico do órgão para verificar a situação do recurso e devolução para investimento conforme a legislação.

O caso também está sendo averiguado pela Promotoria Especializada em Meio Ambiente. Segundo o promotor Jadilson Cirqueira, os R$ 10,2 mi que deveriam beneficiar o município de Imperatriz foram desviados para o Parque Estadual de Mirador.

O promotor ressaltou que uma lei federal estabelece que todos os recursos de compensação ambiental devem ser aplicados na área que sofreu o impacto ambiental. No caso da Suzano, os impactos ocorreram em Imperatriz com a instalação da fábrica e a captação de água do Rio Tocantins; e em cidades vizinhas com a plantação de eucalipto.

Durante a conversa com o secretário, o Commam também discutiu medidas de proteção ao meio ambiente em Imperatriz. Estiveram presentes na reunião a secretária-adjunta de Desenvolvimento Sustentável, Liene Soares Pereira; a presidente do Commam de Imperatriz, a bióloga Ivanice Candido Lima Almeida; e o diretor de relações públicas do Commam de Imperatriz, ambientalista Domingos Cezar.

Governo Roseana condenou aluguel de Edinho Lobão

predioedinhoturu

Auditoria feita ainda no governo Roseana Sarney constatou irregularidades do “Centro Ambulatorial de Atenção à Saúde do Paciente Oncológico”, que nada mais era do que o prédio Paris, residencial de propriedade da Difusora Incorporação, de Edinho Lobão, alugado para a secretaria de saúde do estado e colocado às pressas para funcionar de alguma forma.

Segundo a auditoria, foi ilegal a contratação no valor de R$ 360 mil do aluguel do prédio Paris, da Difusora Incorporação LTDA. Os auditores do estado deixaram claro que no processo não houve comprovação de custos diretos, se não existiam outros imóveis e o custo da reforma para adequar o imóvel residencial para um Centro Ambulatorial.

A auditoria constatou ser irregular o gasto de R$ 87.946,09 com a Terramar Construções e Empreendimentos para fazer reforma e adequação no prédio. Segundo a legislação, pode até ser feita reforma em prédio alugado pelo poder público, mas é necessária a comprovada motivação e um tempo de locação que justifique o investimento. Nada disto estava comprovada pela gestão anterior.

O processo também não justifica o fato do prédio estar alugado por seis meses e só depois da denúncia da oposição, ter sido iniciada uma reforma não prevista no contrato.

A empresa Proenge e Engenharia de Projetos LTDA, responsável pela avaliação prévia do preço do imóvel não tinha esta finalidade no contrato celebrado com o governo do estado. A Proenge foi contratada desde 2013 para assessoramento no planejamento e fiscalização de reforma e construção de hospitais definidos no contrato, onde não constava o prédio Paris.

Além disto, o prédio foi enquadrado de forma errada na avaliação do preços. O Paris é residencial e foi enquadrado como comercial, o que causa alteração.

Não só o prédio de Edinho, mas outras duas reformas feitas pela secretaria de saúde estão nesta condições: no Hemomar e Cemesp (Centro de Medicina Especializada).

O gestor, ou seja, o ex-secretário de saúde, Ricardo Murad, foi notificado dia 04 de dezembro de 2014 e não se manifestou.

Blog do Clodoaldo Correa