Rafael Leitoa vota contra emenda de R$ 1,8 milhão para Timon

Ninguém entendeu a postura do suplente de deputado Rafael Leitoa (PDT), ontem (20), durante a votação do Orçamento do Estado para 2018.

Ao discutir o projeto, o deputado Eduardo Braide (PMN) propôs uma emenda de R$ 1,8 milhão, valor a ser retirado da Comunicação e destinado para a construção de uma Unidade de Segurança Cidadão em Timon, cidade onde Leitoa conseguiu a maioria dos seus votos em 2014.

Ocorre que pedetista votou contra a cidade e pela rejeição da emenda.

Ou seja: ajudou a manter R$ 1,8 milhão na Comunicação, quando poderia ter votado para que o recurso chegasse a Timon.

A postura do parlamentar foi duramente criticada por Braide.

“Tivemos a oportunidade de destinar R$ 1,8 milhão para construir a Unidade de Segurança Comunitária, no município de Timon. Vários dos deputados que hoje rondam o município de Timon agora tiveram a oportunidade de remanejar R$ 1,8 milhão da propaganda do Governo do Estado, muitas delas sendo feitas de forma enganosa ao povo do Maranhão, para entregar, na realidade, uma Unidade de Segurança Cidadã. Cabe-me, por dever de ofício, registrar os votos favoráveis do deputado Alexandre Almeida e do deputado Edilázio Júnior, que fazem política diretamente no Município de Timon, além de vários outros deputados aqui, mas lamentar o voto daqueles que se dizem defender a cidade de Timon e que votaram contra a construção da Unidade de Segurança Comunitária para o município de Timon”, destacou Braide.

Uma decepção…

Do Blog do Gilberto Leda

Por onde andará o suplente Rafael Leitoa?

Rafael Leitoa e Américo: sumiço do suplente chama atenção

Desde que o prefeito de Coelho Neto Américo de Sousa (PT) foi vaiado em praça pública durante a realização do aniversário da cidade, o suplente de deputado estadual Rafael Leitoa (PDT) tomou um verdadeiro chá de sumiço da cidade.

Leitoa vive uma situação muito difícil. Integrante da tropa de choque do governador Flávio Dino, o parlamentar fica em apuros toda vez que sai críticas da cidade contra o comunista: primeiro foi o prefeito que fez pouco caso das ajudas do governador, depois os vereadores que também miraram a artilharia pesada contra o Palácio, com críticas ferrenhas partindo inclusive de um colega seu e partido. No último sábado (16), o prefeito voltou a fazer cobranças ao Palácio e a fazer ataques ao secretário de Agricultura Familiar Adelmo Soares por razões meramente politiqueiras.

Como diz que defende a cidade, será que Rafael Leitoa sabe que seu aliado está em atraso no pagamento dos garis e dos carros que prestam serviço a limpeza pública? Será que Rafael Leitoa sabe que seu aliado deu calote nos contratados os fazendo trabalhar hora extra e não pagando um centavo por isso? Será que Rafael Leitoa tomou conhecimento da precariedade do ônibus que transporta pacientes da cidade para Caxias? Será que Rafael Leitoa foi informado que a Secretaria de Cultura hoje está jogada as traças e funcionando precariamente dentro da biblioteca junto com um depósito de instrumentos musicais?

Enfim, dizer que trabalha pela cidade de longe é fácil, o difícil mesmo é constatar que diante de tantas demandas urgentes a cidade continua a mercê da boa vontade de um gestor acomodado, insensível e que age diferentemente daquilo que tanto disse.

Se tiver contando com Coelho Neto para completar a “intera” dos votos que precisa para não permanecer suplente, Rafael Leitoa precisará fazer muito mais do que está na cidade tirando fotos e se apropriando de ações do Governo do Estado como se fossem suas.

Uma análise nos últimos programas de rádio para constatar que faz dias que o prefeito não lembra de Rafael Leitoa, pelo contrário, andou dizendo que só vai apoiar quem ajuda a cidade. E Rafael não está ajudando? Os blogs do governo que sempre gostam de puxar brasa pra sardinha do suplente também não tem feito qualquer menção ao pedetista nos últimos dias. Será que o silêncio tem haver com o principal assessor de um deputado federal que almeja chegar a Assembleia?

Mas essa é uma outra história…

Sem noção, Rafael Leitoa deverá responder por acusação a ex-servidores

Visivelmente nervoso e dando a impressão que não quer a pecha de “atrasador de salários” que agora é imputada ao seu primo prefeito de Timon Luciano Leitoa – que este mês pagou somente a metade dos salários aos servidores da Prefeitura de Timon -, cole também em seu currículo político, o deputado Rafael Leitoa patinou, saiu de seu trivial de pessoa calma e tranquila, na entrevista que concedeu hoje (20), à TV Antena 10, em Teresina.

Respondendo a um bate papo revezado entre o apresentador e os comentaristas do programa Bancada Piauí, o deputado citou nomes de servidores que segundo ele, entraram na Justiça e estão recebendo precatórios por conta de atraso de salários de gestões anteriores, mas incorreu no erro ou no equívoco na deselegância de afirmar que boa parte da lista que lhe foi repassada recebiam salários sem trabalhar. O deputado quer justiificar com esse tese que Luciano Leitoa está atrasando salários devido a esses pagamentos judiciais.

Totalmente fora de controle, ao citar nomes dos servidores Cleber Sousa, Socorro Botelho e Eduardo Santos, e colocá-los na lista de “fantasmas”, que recebem sem trabalhar, Rafael Leitoa foi injusto e deverá responder pelo ato.

Cleber Sousa, durante a gestão da ex-prefeita era  servidor assíduo da Secretaria de Saúde e um dos técnicos dentro da articulação e execução dos programas municipais do Setor. Eduardo Santos, como presidente da Comuj, conseguiu êxito como gestor da Juventude de Timon inclusive, trazendo para Timon benefícios para jovens estudantes, dentre outros. Além da Comuj, Eduardo Santos também dirigiu a Ciretran de Timon.

A servidora Socorro Botelho, trabalhou e dirigiu durante a gestão da ex-prefeita Socorro Waquim o Departamento de Pessoal da Prefeitura de Timon

Portanto, nenhum desses servidores citados pelo deputado, ganhava sem trabalhar como ele quis afirmar e deixar claro na entrevista para atingir a ex-prefeita Socorro Waquim. Com afirmação, o deputado Rafael Leitoa acabou de alguma forma atacando pessoas honestas que sempre trabalharam em busca do sustento de suas famílias.

Do Blog do Ribinha

Vereador diz que Rafael Leitoa pode ficar inelegível…

Durante seu discurso na sessão plenária desta quarta-feira, 04, na Câmara Municipal de Timon, o vereador Anderson Pêgo (PRB), afirmou que a grande exposição do secretário municipal de Saúde de Timon nas mídias “é uma indicação de que estão preparando o secretário para ser candidato a deputado estadual, pois o Rafael pode ficar inelegível”.

“O deputado Rafael Leitoa responde no Tribunal de Contas do Estado do Piauí referente a uma ponte e um arquibancada na cidade de Cocal onde ele assina pela Construtora Pilotis como procurador da empresa. Onde ele assume todas as responsabilidades como engenheiro e quase dono da empresa por um estádio que foi feito uma arquibancada e uma ponte que caiu. Caiu a arquibancada, caiu a ponte e ele disse, eu sou responsável por isso… E no Tribunal de Contas do Estado do Piauí corre um processo que pode deixar o deputado inelegível. E essa exposição do Márcio Sá deve ser o Plano B. E vou mais além, essa Pilotis que o deputado Rafael Leitoa assina por ela é a mesma Pilotis que acabou de ganhar [licitação] para fazer 23 quilômetros para fazer estradas vicinais em Timon… A empresa do Rafael Leitoa que ele assinou como procurador dela em Cocal é que está ganhando as licitações aqui em Timon. Isso é gravíssimo”, denunciou Anderson Pêgo.

Cadê as emendas?

O vereador também questionou a destinação de emendas de Rafael Leitoa para o município de Timon. “Ele tanto fala de emendas, emendas, e que quero pedir para os vereadores que votaram nela para cobrar estas emendas, por a única destinação do Rafael Leitoa para Timon foi o B-R-O-BRO. Por que quando o Rafael diz que está mandando ambulâncias para Timon através de emendas dele, ele está mentindo, pois eu estou com o Diário Oficial da Assembleia aqui e das emendas dele não tem um real sequer para ambulância. O Ginásio da Avenida Teresina, que ele diz que é com emenda dele, é mentira também”.

Do Blog do Eduardo Rêgo

“Quer cobrar de Parnarama e não faz nem o dever de casa”, diz vereador com Rafael Leitoa

O vereador Henrique Júnior disparou contra o suplente Rafael Leitoa: “Não faz nem o dever de casa e quer fazer na cidade dos outros”

O vereador Henrique Júnior (Podemos) fez um discurso duro na manhã desta quarta-feira (13) cobrando do prefeito Luciano Leitoa a solução para a situação crítica que vem passando os servidores públicos de Timon.

Ele aproveitou para alfinetar o suplente de deputado estadual Rafael Leitoa (PDT) que recentemente usou a tribuna da Assembleia Legislativa para cobrar no mesmo sentido o prefeito de Parnarama, Raimundinho Silveira.

“Aí eu dou um recado ao deputado Rafael Leitoa que esteve recente na tribuna da Assembleia Legislativa do Maranhão falando da situação dos servidores públicos de Parnarama, nossa vizinha cidade, mas, eu fico preocupado é porque não faz nem o dever de casa na cidade de Timon e quer fazer na cidade dos outros”, disparou o vereador do Podemos.

Henrique Júnior disse que o suplente Rafael Leitoa cobra da cidade dos outros, mas, esquece de cobrar seu primo, o prefeito Luciano Leitoa para que este faça o dever de casa.

“Tem que vim pra cá e cobrar do primo dele que é prefeito pra dizer, prefeito resolva logo a situação meu primo para que eu possa ir na cidade dos outros e cobrar. Porque ele foi para a tribuna, cobrou do prefeito de Parnarama, mas, não faz o dever de casa aqui na cidade dele. Deputado Rafael Leitoa faça o dever de casa, da cidade de Timon, venha cobrar do seu primo que é prefeito que resolva e respeite os servidores de Timon”.

Do Blog do Luwig

Pressão! Flávio Dino cobra de Rafael Leitoa mobilização da base

O governador Flávio Dino (PCdoB) não está nada satisfeito com o deputado Rafael Leitoa (PDT), líder do principal bloco governista na Assembleia Legislativa, o Blocão. E disse isso a ela numa dura conversa que tiveram no Palácio dos Leões nesta semana.

O comunista avalia que o aliado falhou durante a semana ao não conseguir mobilizar a base para votar logo o Projeto de Lei nº 224/2017, de autoria do Poder Executivo, que garante isenções a atacadistas que tenham capital social mínimo de R$ 100 milhões – pagarão apenas 2% de ICMS no Maranhão.

Foram pelo menos duas tentativas – na terça (28) e na quarta-feira (29) – e em nenhuma delas houve quórum.

Para completar, na manhã de ontem (30), quando a proposta foi finalmente aprovada, quem efetivamente garantiu o quórum foi o deputado Roberto Costa, que é do PMDB. Ou seja: não se pode dizer que foi obra de Leitoa.

Some-se a isso a “coincidência” de que nos outros dias o líder do governo, Rogério Cafeteira (PSB), não estava na Casa porque recuperava-se de um cirurgia.

Blog do Gilberto Leda

Após repercussão, deputado Rafael Leitoa tenta justificar matéria do blog….

Deputado Rafael Leitoa achou “rídicula” a montagem: tem quem ache rídiculo o sensacionalismo dos políticos em ano pré-eleioral que fazem de tudo para garantir “uns votinhos” na eleição

Diante da repercussão da matéria feita por esse blog sobre a “papagaiada” na entrega da ambulância, coube ao deputado Rafael Leitoa (PDT) tentar justificar o ocorrido durante uma conversa num dos grupos de whatsapp de Timon.

“O blogueiro ai foi injusto, ele está zangado com o prefeito e fez essa montagem ridícula ai”, justificou. De acordo com Leitoa, ganhar uma ambulância deve sim ser motivo de comemoração.

“Ou vão dizer que uma ambulância dessa não é algo a se comemorar, principalmente como está lá o município, fruto de uma emenda parlamentar nossa no valor de R$ 160 mil reais totalmente equipada”, pontuou.

Ao deputado é necessário no entanto ponderar, que esse blogueiro não tem motivo algum de estar zangado com quem quer que seja e que se ele conseguir não se fazer de desentendido, vai entender o nível da crítica.

Porque até para aparecer e tentar ganhar voto, precisa se ter um limite…

Simples assim!

Rafael Leitoa deve liderar novo bloco governista na Assembleia…

Deputado pedetista vai coordenar as ações do blogo que deve surgir a partir da divisão do chamado Blocão, o maior da Assembleia

Ao lado de Rogério Cafeteira – que conversa com Edivaldo Holanda, Leitoa terá a missão de coordenar a bancada

O deputado Rafael Leitoa (PDT) prepara-se para uma missão de peso na Assembleia Legislativa a partir de fevereiro, quando serão retomados os trabalhos na Casa.

Ele deve assumir o comando de um novo bloco de deputados, formado a partir da divisão do atual Blocão, o maior em atividade na Assembleia.

Dos 23 atuais membros do blocão, pelo menos metade deve seguir para o novo bloco a ser liderado por Leitoa.

As conversas ainda estão nos bastidores, mas devem se intensificar nas próximas semanas…

Do Blog do Marco d´Eça