Cobranças sobre a omissão de Rafael Leitoa incomoda subalternos aliados do prefeito de Coelho Neto…

Rafael Leitoa: antes dos votos apoio de perto, depois do voto conversa de longe

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadoras Assalariados e Assalariadas Rurais de Coelho Neto Eduardo Penha – aliado do prefeito Américo de Sousa (PT), resolveu tomar as dores do deputado Rafael Leitoa (PDT), após crítica feita por esse blog em postagem da última quinta (13).

Na defesa “meia boca” feita pelo sindicalista e publicizada pelo capacho do deputado na internet (ju$$tificadamente), só confirma que o blog estava certo. Penha não trouxe absolutamente nada de novo que pudesse contrariar o que afirmamos, alias reforçou que o apoio que antes era de corpo presente ao que parece agora deve ser por telefone. O que houve?

Será que após a eleição o deputado Rafael Leitoa esqueceu o caminho de Coelho Neto? Por que será que o deputado não mostra a cara como mostrava quando queria votos? Por que o presidente não aproveitou seu “rosário de bobagens” para anunciar o que de fato o deputado já fez para ajudar os trabalhadores? Por que será que o deputado não esteve presente na reunião do Grupo João Santos provocada pela Câmara e evita se manifestar sobre o assunto publicamente?

Sem ligar um pingo para o estrebuchar do presidente, vamos continuar cumprindo com nosso dever e cobrando o posicionamento da classe política sim, inclusive do prefeito de quem ele é defensor, mas que até agora não fez absolutamente nada para ajudar quem quer que seja. Não é tarde lembrar que o deputado Rubens Júnior  só se manifestou após cobrança pública do blog e até agora também não trouxe nada de concreto que pudesse servir de elogios para sua atuação.

O blog não se pauta pela opinião do presidente e nem de seus apoiadores políticos, até porque ele já mostrou que não tem influencia alguma com estes. O blog vai continuar cobrando e denunciando os políticos aproveitadores e oportunistas que antes da eleição vão para a greve, pousam para fotos e abraçam o trabalhador…

Mas que após ganhar os votos se esconde e fica sendo solidário apenas de boca para tentar enganar quem tem vocação pra ser besta…

O oportunismo e a omissão de Rafael Leitoa

Deputado Rafael Leitoa: presença oportunista antes e ausência omissa depois

A imagem acima retrata uma manifestação grevista de trabalhadores do Grupo João Santos em Coelho Neto realizada no dia 03 de fevereiro de 2017. Oportunista, o então suplente de deputado estadual Rafael Leitoa (PDT) fez questão de participar do ato, declarar apoio a grevistas e se colocar como representante de Coelho Neto na Assembleia Legislativa.

De lá para cá, Leitoa chegou a “sentar praça” e visitar a cidade quase que toda semana, sempre de olho nos votos de “intera” que precisava para não voltar a ser suplente.

Pois bem, passado a eleição e tendo conseguido seu principal objetivo, o deputado tomou chá de sumiço. Nem a  demissão de quase 400 trabalhadores do Grupo João Santos foi capaz de fazê-lo aparecer, ao contrário até agora o assunto passou por ele praticamente despercebido. Quem deveria ser voz primeira não deu um pio sobre o grave assunto.

Não custa lembrar que além de deputado estadual, Rafael Leitoa tem livre trânsito com o governador Flávio Dino (PCdoB) e o partido que ele integra tem uma base de deputados consiste e elegeu o senador mais votado dessa eleição – Weverton Rocha. Nem isso fez com que o deputado se mexesse e se mostrasse realmente como representante de Coelho Neto.

Na verdade os fatos só confirmam o oportunismo do deputado estadual que após eleito deu de costas para o povo quando este mais precisa dele. Nenhuma nota de solidariedade de quem obteve a segunda maior votação na cidade foi vista, mostrando que a população estava certa em não lhe dar a maior votação.

O prefeito de Coelho Neto Américo de Sousa (PT), mais uma vez enganou o povo, ao importar para a cidade um parlamentar descompromissado e que não sente a dor dos nossos – muito menos tem compromisso com o nosso povo. Aliás o prefeito não pode falar nada, pois é tão descompromissado quanto o deputado dele. Américo também nunca se manifestou sobre o ocorrido e não se fez presente na reunião que a Câmara agendou com representantes do Grupo João Santos ontem (11). De lá para cá nenhuma medida do Executivo mesmo que paliativa foi anunciada.

Rafael Leitoa é o que se pode chamar de engodo eleitoral.

Sua atuação vendida como representante de nossa gente é um desastre…

Prefeito de Coelho Neto se prepara para confirmar o golpe contra Rafael Leitoa…

Américo fazendo promoção de Luiz Henrique na rede social em detrimento de Rafael Leitoa: cinismo e trairagem

Às 16:58

O prefeito de Coelho Neto Américo de Sousa (PT), encontra-se reunido na tarde desta segunda (20), com os vereadores e outros aliados para o que pode ser chamado de golpe no deputado estadual Rafael Leitoa (PDT).

Há dias, ele e alguns membros do governo passaram a fazer divulgação do candidato a deputado estadual Luiz Henrique (PT), assessor do deputado federal Zé Carlos que resolveu também querer ser deputado.

Leia mais

Pois bem, na prática Rafael seria o candidato do governo, mas Américo resolveu simular uma zanga para justificar a divisão do grupo e garantir apoios a Zé Carlos (PT). Agora como uma pessoa vai dividir votos sem tem esses votos? Complicado não?

Não é de hoje que esse blog trata dessa possibilidade, pois Américo é expert em jogar os pés em que lhe estende a mão e o seu governo é um exemplo disso.

Américo usou e abusou do prestígio de Rafael Leitoa no exercício do mandato.

E agora sem nenhum pudor vai descartá-lo como faz com quem não lhe representa mais nenhum ganho…

Socorro lidera com folga e Rafael não faz nem sombra, diz ex vice-prefeito aliado de Leitoa

 

 

Uma publicação feita por Marcos Igreja, ex vice prefeito de Timon e aliado do grupo Leitoa, ganhou uma grande repercussão no meio politico da cidade.

Além de fazer rasgados elogios a família Waquim, Igreja declara em seu comentário que a pré candidata a deputada estadual, Socorro Waquim,  lidera com folga as intenções de votos na cidade de Timon e seu concorrente mais próximo o Deputado Rafael Leitoa, “não faz sombra para á Socorro”.

Logo de pois ele faz uma nova publicação dizendo que ela está bombando na regiões dos Cocais. Traduzindo os comentários de Marcos Igreja; Socorro Waquim vai ser a mais votada em Timon, Rafael Leitoa fica atrás de Socorro e que Marcos tem uma grande simpatia pela candidatura dela.

Se a publicação tivesse partido de uma outra pessoa talvez não tivesse chamado tanto a atenção, mas partindo de um aliado do grupo Leitoa e ex-vice prefeito, a repercusão tem sido muito grande.

Leia abaixo a publicação.

Esperei um pouco para falar sobre este assunto, embora fosse grande a insistência dos leitores. Esperei uns 20 dias para ver se haveria alguma mudança no quadro. E houve. Mas favorável à ela. Além de manifestações aqui no feice, andei um pouco pela cidade e constatei essa preferência popular. Esclareço logo que não estou aqui fazendo profissão de fé. Repito: neste espaço me considero um comunicador autônomo e independente. Muito embora sendo adversários de grupos, não somos inimigos. Pelo contrário sempre nos demos muito bem. Nunca neguei q gosto dela e creio q a recíproca é verdadeira. Conheço os Waquim de muito tempo. O meu mais próximo era Nicolau, dado à militância política. Éramos do mesmo partido clandestino. Ele foi um militante aguerrido, Nunca abriu em nada., Ia pra cima mesmo. Grande orador,, de retórica condoreira, parecia Castro Alves, a quem ele imitava a cabeleira. Conheci Socorro 20 anos antes de conhecer Chico Leitoa. Da casa de D. Risoleta, mãe de Sétimo, para a minha, só nos separava a frente dos correios. Ulisses, filho dela e Ígor, meu filho, tem a mesma idade e brincavam juntos desde criancinhas. Estou abrindo o jogo para q fique tudo bem claro. Não obstante a antiga amizade tornei-me politicamente seu adversário e ainda pertenço ao mesmo grupo, hoje liderado pelo Prefeito, Dr. Luciano Ferreira. Não seja por isso que eu vá fugir da realidade dos fatos. A pré-candidata à deputado estadual da Profa. Socorro Waquim lidera com folga as intenções de voto na corrida à Assembleia Legislativa. Caladinha, caladinha, bem ao estilo educado e refinado, foi entrando, foi entrando e entrou. E entrou bem. Tem recebido sucessivas e expressivas adesões de vereadores com mandatos (inclusive do partido do Prefeito), muitos suplentes (idem), lideranças de bairros (até presidentes de associações de moradores). Também de outros pré candidatos como o vereador Antunes (uma pessoa de bem) e o bem sucedido empresário Ramon Alves, q retiraram as candidaturas para lhe apoiar. Recebeu também a adesão do exprefeito Sebastião de Deus e sua esposa ex-deputada Sandra e tudo q também a de Napoleão Guimarães. E não trabalha só em Timon. Em Caxias, onde já foi Secretária de Educaçao do Município e fez uma boa administração, é popular e benquista. Lá já tem o apoio declarado dos Marinhos, pai e filho. Paulo Marinho, o pai, mesmo sem mandato ainda goza de muita popularidade. Não conheço seu filho. chamado de Paulinho, atual vice-prefeito e, até recentemente, Secretário de Cultura. Tenho boas referências sobre ele. Depois da morte de Humberto Coutinho, não houve quem lhe herdasse totalmente o espólio político. Socorro entrou nessa brecha e hoje se constitui na pré- candidatura mais forte da região leste. Grandes possibilidades de ser eleita. Em Timon, seu concorrente mais próximo é o Deputado Rafael Leitoa, grande parlamentar, bom cidadão, sério, correto e culto . Tenho, declaradamente, uma estima pessoal por ele ,mas não está fazendo sombra à Socorro. Vou parar. O texto está grande. Poderia ainda falar mais. Mas não preciamente, uma estima pessoal por ele, sa. – OBS- Meu filho mais novo, Dr, Ígor Martins Igreja. jovem culto e intelectualizado, desde a última eleição também aderiu á Socorro e continua sendo seu Assessor Jurídico, na qualidade bom advogado que é (Marcos Igreja)

Do Blog Cozinhando o Galo

A indelicadeza de Rafael Leitoa…

Leitoa durante discurso em Coelho Neto: desinformado e indelicado. Foto: facebook

O deputado estadual Rafael Leitoa (PDT), talvez fosse o mais afoito dentre os presentes na visita do governador Flávio Dino (PCdoB) feita a Coelho Neto na última sexta (08), afinal precisava ganhar os “louros” com a obra do Mais Asfalto.

Ao fazer uso da palavra e no afã de puxar o saco do prefeito Américo de Sousa (PT), ele chegou a dizer que o petista era o único prefeito da região a pagar os salários dos servidores em dias. O discurso verborrágico talvez tenha alguma coisa haver com o trauma do atraso dos salários acompanhado por ele recentemente na gestão do primo e prefeito de Timon, Luciano Leitoa (PSB).

A baboseira foi dita num palanque em que se encontravam pelo menos 03 (três) prefeitos: Arquimedes Bacelar (Afonso Cunha), Jorge Oliveira (Duque Bacelar) e Zé Reis (Aldeias Altas). Além de ser indelicado com os visitantes, Leitoa vendeu algo que não é realidade. De que servidores ele estava falando?

Desde que Américo assumiu o mandato, são inúmeras as denúncias, inclusive feitas por esse blog de atraso de salário dos colaboradores da limpeza e por último dos servidores que prestaram serviço nas reformas das escolas. Ou na concepção do deputado, só os concursados devem receber salário em dia?

Nos bastidores o discurso do deputado pedetista foi alvo de chacotas, principalmente por aqueles que conhecem a realidade e sabiam que Leitoa falava do que não sabia.

Quanta falta de educação e quanto despreparo, nobre deputado!

Presença de Luiz Henrique ofusca Rafael Leitoa durante agenda do governador em Coelho Neto

Henrique, Flávio Dino e Américo: sem espaço para Leitoa

A visita do governador Flávio Dino (PCdoB) em Coelho Neto na última sexta (08), expôs muitas coisas que estão muito além de um simples olhar e uma das situações que ficaram bem evidentes, foi o incômodo do deputado estadual Rafael Leitoa (PDT), com a presença do pré-candidato a deputado estadual Luiz Henrique (PT).

Para quem não sabe da história, Américo tem relações de amizade mais sólidas com Henrique, que por sua vez representa a presença do deputado federal-fantasma Zé Carlos (que quase nunca vem a Coelho Neto, mandando apenas o seu representante-mor).

Leitoa além de não ter essa relação sólida de amizade tem os mesmos defeitos que Américo: insosso, anti-social e impopular. Nas coxias do poder, é chamado de candidato “bola de arame”, de tão difícil e ruim que seja de carregar. Os aliados até tentaram vez por outra colocar os dois como amigos, mas o climinha era visível nas faces.

Em todos os momentos da agenda do governador, Leitoa teve que dividir as honras da casa com Henrique (que se manteve sempre muito bem posicionado em todos os momentos). O deputado até tentou não deixar transparecer, mas quem conhece um pouco o meandro da politica tupiniquim não deixou a questão passar despercebida.

Rafael Leitoa já não tem favoritismo algum e com a presença de Luiz Henrique suas chances de “espocar” urnas em Coelho Neto é quase nula…

A falta de bom-senso de Rafael Leitoa…

Rafael Leitoa: muito migué e trabalho zero

Com receio de se tornar suplente de novo, o deputado estadual Rafael Leitoa (PDT) parece desesperado com a ânsia de buscar os votos que lhe garantam sua eleição. Nesse meio, a cidade de Coelho Neto aparece como um de seus alvos favoritos, mesmo com a rejeição do seu aliado-mor, o prefeito Américo de Sousa (PT).

Sem senso do rídiculo, Leitoa esteve no último final de semana na zona rural festejando um projeto de “campo de futebol” que foi raspado por uma das máquinas da Prefeitura. Isso mesmo, o deputado se aproveitou de uma partida de futebol da comunidade para tentar fazer sua politicagem.

Acompanhado da secretária de des-Articulação Política Cristiane Bacelar (que também já começou suas andanças), o deputado parecia perdido. Também pudera, não há em Coelho Neto qualquer contribuição dele para o esporte.

O município está hoje com dois estádios abandonados e todas as quadras poliesportivas sem qualquer manutenção, mas o deputado finge que não ver isso. Enquanto Coelho Neto nao vê um centavo do deputado para o setor, em Timon onde o primo é prefeito, Leitoa liberou junto ao Governo do Estado mais de R$ 3 milhões de reais para a construção do Centro da Juventude.

Centro da Juventude de mais de R$ 3 milhões liberados por Leitoa para Timon: para Coelho Neto nem um real para o esporte

Sem um pingo de vergonha, Leitoa vem a cidade com as mãos vazias e acha que um sorriso de canto de boca é suficiente para levar os votos e garantir a intera para a renovação do seu mandato.

Haja óleo de peroba!

Abre o olho Leitoa! Prefeito de Coelho Neto faz graça para Luiz Henrique

 

 

Não é de hoje os comentários de que o prefeito de Coelho Neto Américo de Sousa (PT), não vê com bons olhos o apoio a reeleição do deputado estadual Rafael Leitoa (PDT).

Apesar da presença quase constante no município, Leitoa não tem simpatia de boa parte do grupo do prefeito, que o consideram fraco e apático.

Acontece que desde muito tempo, Américo mantém uma relação de amizade estreita com o também petista Luiz Henrique, assessor do deputado federal Zé Carlos. Henrique decidiu brigar por uma vaga na Assembleia e pelo visto terá o apoio do amigo de longas datas.

Luiz Henrique e Américo: relação política e de amizade pessoal

No próximo sábado (07), Luiz Henrique fará o lançamento oficial de sua pré-candidatura na cidade de Nina Rodrigues e terá o prefeito de Coelho Neto como participação especial.

Fontes do blog já haviamos dito que um vereador da base já teria pedido ao prefeito durante reunião em tom bem animado, que anunciasse logo o apoio a Henrique.

A presença do petista no lançamento da pré-campanha do amigo, põe em risco ao favoritismo que Rafael Leitoa acha que terá em Coelho Neto.

E ameaça sobremaneira a “intera” dos votos que Leitoa espera ter na cidade para não voltar a suplência…

Rafael Leitoa: Para Timon os milhões e para Coelho Neto os tostões…

Rafael Leitoa com o primo Luciano: Reforma da Ceasa de Timon no valor de R$ 7 milhões

De olho nos votos de Coelho Neto para interar o que precisa para não ser suplente novamente, o deputado estadual Rafael Leitoa (PDT) é aquilo que pode ser chamado de fraude eleitoral.

Sem conhecer a cor da chita, o pedetista chegou na cidade querendo mostrar serviço, mas até agora o que se viu foi muito discurso, muita foto e pouco resultado prático. Talvez ache que o povo da cidade é burro ou que pode ser levado no gogó.

Pois bem, hoje (15), em solenidade no Palácio dos Leões, o deputado celebrou novas conquistas para o primo Luciano Leitoa (PSB), prefeito de Timon. Para lá conseguiu nada mais, nada menos que a reforma da CEASA na ordem de R$7 milhões de reais e mais 20 km de asfalto.

Não é a primeira vez que Rafael consegue os mimos para o primo. Em 2016 ele viabilizou um Complexo Esportivo de mais de R$ 3 milhões e em 2017 a reforma do CAIC na ordem de R$ 5 milhões, isso só para ilustrar alguns casos.

Em Coelho Neto, o deputado se aproveita das ações do Governo do Estado para se dar bem, quando na verdade a história é outra. Para desmentir o deputado é so pegar o valor da emenda que um parlamentar tem direito, subtrair dos valores das obras que ele manda para Timon e ver se sobra alguma coisa.

Deve ser pelo incômodo com tanta mentira, que o ex-prefeito Magno Bacelar usou a rede social ontem (14), para revelar sua frustração com a atuação do mandato de Leitoa. Sem serviço prestado e com a rejeição do aliado, o deputado estadual do PDT tem tudo para passar uma vergonha das urnas.

E sair corrido para nunca mais acertar o caminho de Coelho Neto…

Rafael Leitoa vota contra emenda de R$ 1,8 milhão para Timon

Ninguém entendeu a postura do suplente de deputado Rafael Leitoa (PDT), ontem (20), durante a votação do Orçamento do Estado para 2018.

Ao discutir o projeto, o deputado Eduardo Braide (PMN) propôs uma emenda de R$ 1,8 milhão, valor a ser retirado da Comunicação e destinado para a construção de uma Unidade de Segurança Cidadão em Timon, cidade onde Leitoa conseguiu a maioria dos seus votos em 2014.

Ocorre que pedetista votou contra a cidade e pela rejeição da emenda.

Ou seja: ajudou a manter R$ 1,8 milhão na Comunicação, quando poderia ter votado para que o recurso chegasse a Timon.

A postura do parlamentar foi duramente criticada por Braide.

“Tivemos a oportunidade de destinar R$ 1,8 milhão para construir a Unidade de Segurança Comunitária, no município de Timon. Vários dos deputados que hoje rondam o município de Timon agora tiveram a oportunidade de remanejar R$ 1,8 milhão da propaganda do Governo do Estado, muitas delas sendo feitas de forma enganosa ao povo do Maranhão, para entregar, na realidade, uma Unidade de Segurança Cidadã. Cabe-me, por dever de ofício, registrar os votos favoráveis do deputado Alexandre Almeida e do deputado Edilázio Júnior, que fazem política diretamente no Município de Timon, além de vários outros deputados aqui, mas lamentar o voto daqueles que se dizem defender a cidade de Timon e que votaram contra a construção da Unidade de Segurança Comunitária para o município de Timon”, destacou Braide.

Uma decepção…

Do Blog do Gilberto Leda