Uma semana para o prefeito de Coelho Neto esquecer…

Prefeito de Coelho Neto Américo de Sousa: inferno astral

O prefeito de Coelho Neto Américo de Sousa (PT), experimentou sem nenhuma dúvida, uma das semanas mais difícieis – senão a mais difícil – desse que assumiu o mandato. Com uma notícia negativa atrás da outra, algumas delas de repercussão a nível estadual, o petista vai confirmando seu desgaste pessoal, o despreparo de seus auxiliares e responde tudo isso com o silêncio de quem está acuado.

Na segunda (16), uma filha usou a rede social para denunciar as condições desumanas do atendimento da mãe na Unidade de Pronto Atendimento  – UPA, que mesmo com o braço quebrado, foi mandada para casa sem qualquer encaminhamento para resolução do seu problema.

Na terça (17), pais, servidores e alunos da Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais – APAE, saíram às ruas para protestar contra o fechamento da Instituição. O assunto ganhou repercussão estadual e foi assunto do jornal da TV Mirante.

Na quarta (18), a vereadora Liza Pires (PCdoB) que ainda integra a base de apoio ao governo reagiu aos descaso da secretaria de Educação na falta de envio de transporte escolar aos alunos da zona rural. Nesse mesmo dia, o blog denunciou um flagra de um carro oficial da Prefeitura nas dependências de um motel da cidade. A Prefeitura preferiu calar diante da falta de justificativa para o fato. O assunto ganhou blogs e foi pauta no programa Ponto e Virgula, da rádio Mirante.

Na quinta (19), denunciamos a disputa política que se tornou a unidade do Viva/Procon de Coelho Neto, onde seguranças treinados aguardam a boa vontade do prefeito de permiti-los trabalhar, quando na verdade o que se sabe por comentários é de que há um interesse dele de colocar na vaga seus aliados. Uma das agentes de saúde foi a rede social para denunciar a situação de abandono dos banheiros do Hospital Municipal.

Na sexta (20), foi confirmado a falta de ônibus escolar nas rotas da zona rural por falta de combustível. Foi denunciado a falta de água no bairro Olho d´aguinha, o abandono de uma das máquinas do governo e as declarações comprometedoras de um empresário de vícios em uma da licitações do município (assunto que ainda será abordado pelo blog, posteriormente).

E foi com esses fatos escandalosos que o governo precisou conviver sem esboçar reação alguma.

Uma semana sem dúvida, para Américo esquecer…

Waldir Maranhão recebe apoio de Zé Inácio no PT

O deputado estadual Zé Inácio (PT) defendeu publicamente a filiação do deputado federal Waldir Maranhão ao Partido dos Trabalhadores para disputar uma vaga de senador nas eleições deste ano.

Rejeitado pela banda comunista do partido, o parlamentar segue costurando apoios, nacional e estadualmente (saiba mais), para garantir seu ingresso até o fim da janela partidária, no sábado (7).

Para Zé Inácio, a entrada de Waldir fortalece o PT no Maranhão.

“Nós, da CNB, acreditamos que a vinda de Waldir Maranhão para o nosso Partido vai ajudar a fortalecer o PT em todo o Estado”, declarou.

Do Blog do Gilberto Leda

Após receber apoio de Waldir Maranhão para eleição do PT, Augusto Lobato muda de posicionamento

 

 

Na política é difícil encontrar homens que tenham coerência e posição firme, por muitas vezes preferem adotar a conveniência política ou simplesmente virar as costas para quem os acompanharam em um passado recente. Assim pode ser considerado Augusto Lobato. O presidente do PT pediu e recebeu em 2017, o apoio do deputado federal Waldir Maranhão que era considerado um dos principais nomes em defesa da democracia e se posicionando contra o impeachment da presidente Dilma.

Augusto Lobato que sempre bateu na trave na disputa eleitoral do PT, afinal sempre sonhou em ser presidente do partido, mas sempre esbarrava, lhe restando a vice-presidência, finalmente conseguiu alcançar a vitória e comandar o partido em 2017. É lógico que ele também contou com o apoio do PCdoB para chegar a esse posto e tal ajuda vem custando caro ao partido que vem se dobrando aos caprichos comunistas.

Diferentemente de como vinha se posicionando, Augusto Lobato de uma hora para outra, muda sua opinião em relação a filiação de Waldir Maranhão. O presidente do PT sempre manteve encontros com o deputado federal incentivando sua filiação ao partido e até mostrando os melhores caminhos para fazer isso, porém agora “Waldir não acrescenta nada ao PT”, segundo Augusto Lobato.

Alguns petistas irritados com a postura do presidente do PT dispararam: “Augusto Lobato não tem palavra. Alguns dias atrás, ele já tinha aceitado a filiação de Waldir Maranhão ao PT, inclusive pousando para foto junto com Waldir e o prefeito de Pinheiro Luciano. O que será que o fez mudar de idéia. Nós sabemos e iremos publicar os seus empregos no governo estadual e outras coisas mais”.

Do Blog do Diego Emir

A arapuca dos 200 empregos “vendidos” pelo prefeito de Coelho Neto…

Trabalhadores na frente da Secretaria de Obras na última terça (20): esperança de emprego frustrada pelas  condições humilhantes de trabalho escondidas na propaganda oficial

Na última semana, a cidade de Coelho Neto foi surpreendida com a notícia dada pelo prefeito Américo de Sousa (PT), que estava autorizado os reparos em todas as escolas da rede municipal de ensino.

Para as obras seriam necessários cerca de 200 trabalhadores que se revezariam entre as unidades da zona urbana e zona rural. Além da decisão tardia (três meses depois da antecipação do término do ano letivo feito pela secretaria de Educação) e da ausência de informações no portal da transparência sobre o processo licitatório, a “bondade” vendida pelo governo trata-se de uma arapuca e segundo denúncias a que o blog teve acesso, concebida em situação humilhante para muito destes trabalhadores.

Na tarde da última terça (20), diversos destes se aglomeraram na frente da Secretaria de Obras para aguardar informações sobre os tais empregos. Documentos dos mais diversos foram solicitados para que depois da análise houvesse a confirmação ou não da contratação.

Pois bem, segundo trabalhadores ouvidos pelo blog, o trabalho que seria feito por uma empresa deverá ser executado na verdade pela própria Prefeitura, com a contratação em regime de diária. O pedreiro que vai para a zona rural no entanto, terá que se virar para providenciar o transporte, combustível e alimentação.

No caso de um pedreiro por exemplo, que receberá a diária de R$ 80,00 (oitenta reais) para gastar com transporte e alimentação o que sobrará? Tem casos que o trabalho será feito em apenas 01 (um) dia de serviço e o trabalhador fará a obra em apenas uma escola e sem chance de nova oportunidade. Após tomar conhecimento do “tratamento”, alguns desistiram da empreitada antes mesmo de começar.

As denúncias acendem o sinal vermelho das condições a que serão submetidos estes trabalhadores e portanto carente da fiscalização do Ministério Público. O governo do PT em Coelho Neto tem marca conhecida de calote e maus tratos a servidores: se tiraram os incentivos de zona rural dos professores contratados e fazem vista grossa dos maus tratos da empresa que executa a limpeza pública, não poderíamos esperar tratamento diferenciado aos trabalhadores da construção civil.

Américo disse que empregaria quase 200 trabalhadores.

Só ainda não havia dito a situação humilhante a que estes estariam submetidos…

Flávio Dino demite aliado do presidente do PT da Caema…

Governador precisou do cargo de Ricardo Ferro para abrigar um amigo próximo e exonerou o amigo de Augusto Lobato, que, submisso, apenas recolheu-se…

SUBMISSÃO AMPLA, TOTAL E IRRESTRITA. Lobato aceita até demissão de aliado; e apenas se cala

É conhecida no Maranhão a submissão canina do presidente do PT, Augusto Lobato, ao governador Flávio Dino (PCdoB).

Esta submissão chegou ao cúmulo da subserviência semana passada, quando Dino decidiu, sem comunicar, exonerar o engenheiro Ricardo Ferro, indicado por Lobato, de uma das diretorias da Caema.

Dino nomeou para o lugar o ex-diretor de comunicação da Assembleia, Carlos Alberto Ferreira, e o próprio Augusto Lobato fez questão de esconder o caso para que não chegasse ao conhecimento da militância do PT.

Mas os dirigentes petistas tomaram conhecimento e resolveram bater o pé, desautorizando o seu presidente a tratar sobre aliança com o PCdoB.

Por sua absoluta incapacidade de contrapor o chefe comunista…

Do Blog do Marco d´Eça

Imagem do dia: A velha encenação à la PT de Coelho Neto…

Foto: Blog do João de Sousa

Depois do prefeito de Coelho Neto Américo de Sousa (PT) quase fechar a Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais – APAE, a primeira dama Iranete Sousa milagrosamente acertou o caminho da entidade nesta quinta (25), para fazer uma visita “amistosa e agradável”, segundo os lacaios do governo. 

Acompanhada do presidente da Câmara Osmar Aguiar (outro que nunca havia feito qualquer manifestação de apoio a entidade) pousaram para fotos e fizeram a velha encenação à la PT para mostrar que está tudo bem no reino fantasioso tupiniquim. O que não se é capaz de fazer para limpar a barra perante a opinião pública né?

A primeira dama poderia ter aproveitado a visita para quem sabe desenvolver na entidade seu primeiro projeto social desde a ascensão do marido a Prefeitura. Pela função que ocupa, um projeto como esse seria de grande valia principalmente em tempos difíceis que a cidade passa. Tanto as mães como as crianças com certeza agradeceriam…

 

Versículo do dia: Os passos de um homem bom são confirmados pelo Senhor. Sl 37,23

Perdido na gestão, prefeito de Coelho Neto pede socorro para Flávio Dino…

Américo na gestão: totalmente perdido

Concluindo o primeiro ano de mandato sem ter inaugurado uma obra sequer, o prefeito Américo de Sousa correu no Palácio dos Leões para pedir socorro para o governador Flávio Dino (PCdoB). Como se trata de ano eleitoral e o com o índice alarmante de rejeição do aliado, o comunista resolveu colaborar mesmo já tendo suas ajudas esnobadas pelo petista.

Perdido no apoio para estadual e com um deputado federal mais fraco que caldo de peteca, o prefeito se vê contra a parede em meio a crescente cobrança popular e o governo sem acertar uma.

Sua chegada ao poder é uma farsa alicerçada em mentiras. Vendeu facilidades para se eleger e agora sentado na cadeira de prefeito não consegue cumprir o básico e a cidade está completamente abandonada.

Cercado por uma equipe perdida tanto quanto ele, o petista tem ido atrás de nomes ligado ao ex-prefeito Soliney Silva, para tentar fazer com que seu des-governo deslanche. Mesmo assim a coisa não tem funcionado.

Nesta terça (23), o prefeito recebe uma comitiva do Governo do Estado para tentar ajuda-lo e quem sabe assim, fazer algo que ele ainda não teve competência nem cacife para fazer.

Porque lidera um governo incompetente.

É simples assim!

Guerra de forças marca briga de bastidores pelo controle do SINTASP

Guerra de bastidores: Américo não quer mais Lima Júnior no comando do SINTASP; perfil capacho de Izaque Vale o torna preferido pelo petista

Não chamem para a mesma mesa o presidente licenciado do Sindicato dos Servidores do Serviço Público da Microrregião de Coelho Neto – SINTASP, Lima Júnior e o prefeito de Coelho Neto Américo de Sousa (PT).

Para quem não sabe o clima é de guerra nos bastidores em relação ao controle da entidade sindical. Tudo começou logo no início do ano passado, quando o então presidente do SINTASP Lima Júnior, pressionado por servidores sobre o pagamento do 1/3 de férias de 2016 confessou que Américo sequer respondia os ofícios do sindicato.O clima esquentou e para apaziguar os ânimos, Lima Júnior decidiu pedir licença.

Assumiu em seu lugar o vice-presidente Izaque Vale, que de lá para cá tem se comportado como um verdadeiro capacho do governo. Durante o tempo que responde pelo sindicato nunca realizou uma assembleia sequer para tratar das demandas dos servidores, ao contrário, é como se isso nem existisse, figura perfeita para assumir a entidade e não criar problemas para o governo.

Acontece que o tempo de licença de Lima Júnior está se findando e ele se prepara para retomar ao comando da entidade. Mas Américo não quer. Isso mesmo, nos bastidores é grande o corre-corre para evitar que Lima Júnior retorne a presidência do sindicato.

Nesse interim tem sido grande o número de interlocutores do prefeito que tem feito propostas das mais diversas para que Lima Júnior não retorne ao sindicato, mas não há acordo. Lima Júnior é o presidente legitimamente eleito e tem respaldo para retornar e cumprir seu mandato. Américo na verdade teme que no comando da entidade, Júnior comece fazendo cobranças ao seu governo incompetente e que tem massacrado os servidores, principalmente os contratados.

Nos bastidores a guerra é feia. É aguardar e conferir!

Imagem do dia: Ruim na gestão, pior na sinuca…

Foto: Ezequias Martins

O prefeito de Coelho Neto Américo de Sousa (PT) parece já está se preparando para o período eleitoral e neste domingo (14), arriscou dar uma de popular, personagem que ainda não consegue encarnar muito bem. 

Para fazer bem para os blogueiros aliados, Américo arriscou uma partida de sinuca com o secretário de Obras e Infraestrutura. Para não dizer que o prefeito não ganhou nem na partida entre amigos, o ex-blogueiro da oposição e agora neo aliado do governo disse que o jogo terminou empatado. Se não ganha num jogo de amigos, vai ganhar de quem mesmo?

Pelo visto o prefeito não é ruim só na gestão, é pior ainda na sinuca. Tá brabo o negócio!!

 

Prefeitura de Coelho Neto e as promessas do programa “Mais Mentiras”…

O dia era 02 de março de 2017. Um dos lacaios do governo trazia em primeira mão que o prefeito de Coelho Neto Américo de Sousa (PT) anunciava com pompa para os professores durante a realização do Encontro Pedagógico a promessa de reforma de 05 escolas da rede municipal: Leozinho Sabido, José Silva, José Barreto, Sarney e Benedito Duarte. Tudo mentira!

Nas contas do prefeito as reformas durariam três meses em duas etapas: Leozinho, José Silva e Barreto iniciariam imediatamente com Sarney e Benedito na sequência, mas todas com previsão para entrega ainda no ano de 2017. Mais mentira! Daquela promessa feita aos professores para cá o cenário não mudou quase nada. Leozinho Sabido e José Barreto apesar de adiantadas e já com problemas, sequer foram entregues. José Silva não tem previsão e as outras duas nunca começaram.

Prevendo que não daria conta de entregar as escolas no tempo prometido, o prefeito determinou uma redução no ano letivo com aulas aos sábados para que o calendário fosse cumprido até 30 de novembro e assim, sobrasse mais tempo para que as escolas fossem reformadas. Mais mentira!

O mês de dezembro terminou sem que nenhuma das outras três escolas prometidas para serem entregues no ano passado recebessem uma mão de tinta. Estamos para completar a primeira quinzena de janeiro de 2018 e as escolas continuam na mesma. O vereador Rafael Cruz (MDB) recentemente denunciou o estado crítico da Escola Benedito Duarte.

A escola sem sombra de dúvidas é uma das mais necessitadas de reforma, mas que pelo andar da carruagem vai continuar esperando. É mentindo e ludibriando professores, alunos e pais de alunos que o prefeito de Coelho Neto Américo de Sousa vai passando os dias.

E o pacote de mentiras anunciados por ele mesmo vai apenas reforçando o quão imprestável o seu governo é.

Simples assim!