Cavalos da PM sofrem possíveis maus-tratos no MA

Não há estatísticas oficiais no país sobre os números de animais que sofrem maus-tratos. Mas há diversas formas de crueldade, a maioria delas consentidas, contra eles. O Portal Imirante denunciou possíveis maus-tratos a questavam sendo submetidos os animais da Cavalaria da Polícia Militar do Maranhão em São Luís.

1456406301-928470671

De acordo com as informações recebeidas a partir da denúncia de um internauta, os animais estão magros e abatidos por falta de ração já que não existe há quase dois meses. “Você já iamginou ficar com fome dois meses? Alguns animais estão só a carcaça. Outros animais não aguentaram e morreram. É revoltante”, desabafa o denunciante.

No Brasil a Lei Federal de Crimes Ambientais nº9605  de 16 de fevereiro de 1998 reforçou o decreto de 1934 e especificou várias violações e penalidades para pessoas que praticam crimes contra animais.

1456406730-928470671

De acordo com o artigo 32 desta Lei, maus tratos de animais são classificados como qualquer ato de abuso. Ferir ou mutilar animais domésticos ou domesticados, nativou ou exóticos também é crime de maus-tratos que tem como pena a detenção de três meses a um ano além de multa.

Após a denúncia a PM se pronunciou sobre as denúncias negando maus tratos mas afirmando que os animais são da corporação.

Do Imirante

Combate ao tráfico de drogas…

Uma mulher acusada de tráfico de drogas foi presa durante operação conjunta entre as polícias Civil e Militar nesta semana, no bairro Sarney em Coelho Neto: Francisca das Chagas da Conceição, vulgo Pirrita foi presa durante cumprimento de mandado expedido pela juíza de Direito Raquel Araújo Castro Teles de Menezes da comarca da 1ª Vara de Coelho Neto.

vtoy77

A magistrada determinou o recolhimento da sentenciada Francisca das Chagas condenada no Art. 33 da Lei 11343/06 do CPB, a 1 ano e 8 meses de reclusão em regime fechado com início de comprimento de pena, no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís.

Durante a prisão da condenada, a polícia cumpriu um mandado de busca e apreensão na residência da mesma, onde foram encontradas duas armas, tipo faca branca, cinco aparelhos celular, uma quantia em dinheiro, trocados em cédulas de 02, 05, e 10 reais, um rolo de papel alumínio utilizado para embalagem da droga.

A mulher foi apresentada na delegacia de Coelho Neto onde aguarda a transferência para o presídio para o comprimento da pena.

Homem é executado a tiros em Coelho Neto…

DSCN0299

Um homem identificado por Edinaldo Cigano de aproximadamente 36 anos, foi morto a tiros durante emboscada na manhã deste sábado (01), na zona rural de Coelho Neto.

A vítima saiu de sua residência no sentido ao povoado Santa Maria e durante o trajeto na estrada vicinal, mais precisamente em uma curva no povoado Olho D’água Grande, foi surpreendido por homens que estavam em um veículo Toyota Hilux de cor prata que após efetuarem vários disparos de arma de fogo, fugiram tomando rumo incerto.

De acordo com as primeiras informações obtidas pela reportagem, o crime pode estar relacionado a uma outra execução ocorrida em Coelho Neto.

Para não atrapalhar as investigações não iremos entrar em detalhes das suspeitas que resultaram no  crime.  A vítima residia no Bairro Olho Daguinha, e até onde foi levantado não tinha histórico de problemas com a Justiça. Suspeita-se que o mesmo possa ter sido morto por engano e o alvo fosse uma outra pessoa da família.

Uma guarnição da Policia Militar da 3ª Companhia do 2º BPM esteve no local para registrar a ocorrência. A equipe da Policia Civil foi ao local para colher maiores informações que pudessem facilitar a identificação dos autores do crime.

Com contribuição do Portal Coelho Neto

Governo promove 1.414 PMs e acaba com espera que para alguns já durava 26 anos

FOTO-4-solenidade-PM-Centro-de-Convenções

Mil quatrocentos e quatorze policiais militares foram promovidos durante a solenidade militar realizada, nesta sexta-feira (10), no Centro de Convenções Pedro Neiva de Santana, em São Luís. As promoções são parte das medidas adotadas pelo Governo do Estado para valorização dos servidores públicos estaduais que compõem o Sistema de Segurança Pública. Do total de policiais promovidos, 616 são de unidades operacionais da capital e os outros 798, do interior do estado. A promoção é uma das maiores da história da Polícia Militar do Maranhão.

Durante a solenidade, o vice-governador do Maranhão, Carlos Brandão, destacou a importância das promoções para a nova política de Segurança Pública. “O momento é importante não só para a Polícia, mas para toda a sociedade maranhense. É um estímulo que esses profissionais recebem para fazer bem seu trabalho e, para isso, o governador tem dado todo apoio à Polícia Militar, tanto na parte logística e operacional, como na capacitação e chamando novos policiais”, afirmou.

Foram promovidos ao posto de subtenente 39 praças; de 2º sargento para 1º sargento (140), 3º sargento para segundo sargento (279), cabo para 3º sargento (418), soldado para cabo (538). As promoções seguiram critérios com parâmetros de justiça embasados na antiguidade, tempo de serviço e merecimento.  De acordo com o comando-geral da Polícia Militar, há casos de policiais militares que estavam há 22 anos no mesmo posto aguardando uma promoção e estão sendo promovidos.

“Isto é inédito, nunca houve na história e é marcante porque fica a lição para o futuro. Essas ações corrigem o erro do passado e estabelecem bases para que esse erro não seja repetido no futuro. Nós não podemos deixar que a pessoa tenha sua ascensão às vésperas da aposentadoria. Isso era muito ruim e agora com essa correção histórica, vivemos um momento muito bom para  o Sistema de Segurança”, afirmou o secretário de Estado da Segurança Pública, Jefferson Portela.

O grande número de promoções é resultado da Medida Provisória nº 202, assinada no dia 16 de junho pelo governador Flávio Dino e faz parte do plano de reestruturação de cargos da PMMA. Com a assinatura dessa medida provisória, o governador proporcionou a 1.077 praças alcançar mais uma graduação na carreira militar. Além destas, 337 vagas foram disponibilizadas por conta de um trabalho administrativo da Diretoria de Pessoal da PM em conjunto com a Secretaria de Estado de Gestão e Previdência (Segep) que deu andamento a processos de militares que foram para a Reserva, abrindo assim mais vagas para a promoção.

FOTO 3 - solenidade PM Centro de ConvençõesAlém desta ação, o governo do estado tem desenvolvido ações que resultarão na modernização das forças policiais que integram o Sistema de Segurança Pública, como compra de equipamentos e melhorias na estrutura física dos órgãos.

Novo cenário para a Polícia Militar do Maranhão

Para o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Marco Antônio Alves, o cenário na corporação hoje é diferenciado e há o reconhecimento da categoria em relação aos avanços conquistados nestes primeiros seis meses de governo Flávio Dino. “O alcance dos anseios, da valorização salarial, além dos investimentos em contratação de novos policiais, na compra de equipamentos e aquisição de tecnologia, isto é fato e a categoria reconhece isso”.

O coronel também comentou a motivação que as promoções representam para os policiais militares. “Nós temos policiais militares promovidos esta noite que aguardavam há 26 anos, soldados que vão ser promovidos a cabo com 26 anos de espera. Então o ato do governador consolida a autoestima desses policiais, reconhece o trabalho deles e isso vai se reverter na melhoria do atendimento à população, não só na capital, como em todo o Maranhão”, afirmou.

Entre os que participaram da solenidade no Centro de Convenções Pedro Neiva de Santana, o soldado Elcimar Maia aguardava a promoção já há 25 anos. “É uma conquista de 25 anos. Eu sempre trabalhei motivado como policial, mas com a promoção fico mais ainda”, disse ele que agora passa a ser cabo da Polícia Militar.