Só no Maranhão! Irmão do Prefeito de Pinheiro espanca a ex-mulher, paga fiança para crime inafiançavel e é liberado…

Lúcio André Genésio espancou a ex-esposa impiedosamente

O irmão do prefeito de Pinheiro, movido por ciúme doentio, voltou a atentar contra a vida de sua ex-mulher, a advogada Ludmila Rosa Ribeiro da Silva.

A sessão de espancamento ocorreu na noite de sábado (11), após um jantar que seria mais uma tentativa de reconciliação. Lúcio André Genésio forçou a vítima a postar foto do casal em suas redes sociais, obrigando-a, ainda, a lhe entregar seu celular. O objetivo seria verificar a existência de conversas com algum outro homem.

Após pagamento de fiança, o agressor foi liberado

A mulher chegou a postar apenas uma foto das mãos do casal, mas se recusou a entregar o aparelho. De imediato o agressor, pediu a conta e informou que a deixaria em casa.

Na saída do restaurante, que fica na área da Lagoa da Jansen, ele tirou à força o celular da bolsa de Ludmila, passando-a a espancar até a residência dela, localizada na Cohama, onde a expulsou do carro a chutes.

Após empurrar a vítima pra fora do veículo, que estava sem forças para pedir socorro, acelerou o carro com a intenção de atropelá-la, tendo sido impedido por uma vizinha, que o agressor acreditou ser agente de Polícia.

Outros vizinhos, ao perceberem as agressões, efetuaram a prisão em flagrante de Lúcio André Genésio, que prometeu matar a vítima.

A ocorrência foi registrada às 2h34 deste domingo (12), no Plantão do Cohatrac. Ele pagou fiança de R$ 4.685,00 e foi posto em liberdade pelo delegado Valber Braga.

A vítima se encontra hospitalizada, recuperando-se lentamente de todos os traumas físicos, mas sem previsão de recuperação dos traumas psicológicos causados pela agressão covarde.

Em 2016, Lúcio André Genésio já havia espancado Ludmila que estava grávida de cinco meses do filho do casal, na cidade de Pinheiro/MA, onde seu irmão, Luciano Genésio, é prefeito.

Será que esse caso ficará na impunidade?

Do Blog do Gilberto Lima

Evento marca encerramento da Campanha de Combate a Violência contra a Mulher em Chapadinha

Com o tema “Pai Francisco deu a Catirina o que ela mais desejou: o respeito. Violência contra a Mulher, jamais”, a Prefeitura de Chapadinha encerrou na última segunda-feira (31) a campanha educativa de combate à violência contra as mulheres que aconteceu durante os meses de junho e julho.

O evento que é resultado de uma parceria com o Governo do Estado e estava sob a coordenação da Secretaria Municipal da Mulher, com apoio da Secretaria Municipal de Igualdade Racial, iniciou durante o período do São João, onde os maiores índices de agressão às mulheres são registrados, conforme as estatísticas.

O encerramento da campanha em Chapadinha ocorreu no auditório da prefeitura com apresentação da história de Pai Francisco e Catirina; relatos dos casos de violência contra as mulheres registrados pelo 180, debate sobre o enfrentamento à violência, o preconceito e a criação da Lei Maria da Penha; apresentação da vida das mulheres empreendedoras registradas na Bíblia, e um resumo da campanha esclarecendo o porquê de acontecer justamente no período junino. “Infelizmente durante os períodos festivos, que deveriam ser marcados por alegrias, aumentam os casos de agressão e abuso. É um lado que muitos não conhecem” – alertou, Maria Aparecida, secretária de Igualdade Racial.

Em Chapadinha, a campanha mobilizou diversos setores, promoveu debates de conscientização e panfletagem educativa nas ruas e em locais estratégicos. O encerramento contou com a participação gestores escolares, conselhos municipais, secretários, enfermeiros, coordenadores da saúde da família, entidades e sociedade em geral.

Da Secom

Secretaria de Assistência Social promoverá ação para mulheres em Duque Bacelar

A Prefeitura de Duque Bacelar através da Secretaria de Assistência Social promoverá nesta quarta (08), uma ação especial em comemoração ao Dia da Mulher.

A atividade terá início a partir das 17h, na praça Vicente Vilar com inúmeras ações, dentre as quais, zumba, ações de beleza (escovinha, maquiagem, corte de cabelo e limpeza de pele), além de palestra educativa.

Fábio Gentil e Taniery prestigiam primeiro evento da Secretaria da Mulher de Caxias

O Janeiro Branco que é uma campanha realizada por psicólogos de todo o Brasil para colocar o tema Saúde Mental em evidência, teve um destaque especial na prefeitura de Caxias pelas mãos da secretária da mulher Taniery Cantalice e do prefeito Fabio Gentil, além do apoio da primeira-dama Leticia Mabel.

A secretaria liderada por Taniery Cantalice organizou uma longa programação no sábado (21), que começava na praça da chapada com uma mini maratona que se encerrava no ginásio Governador João Castelo, onde também foi palco de show com o cantor Rafael Barone, entrega de vários brindes para as presentes no evento, apresentação de ballet e aulão de dança com as equipes de instrutores do programa ‘Mulher em Movimento’, além da premiação para as ganhadoras dos três primeiros lugares da mini maratona.

O sucesso do primeiro grande evento da Secretaria  da Mulher na gestão de Taniery, apoiada pelo prefeito Fabio foi avaliado pelas próprias  participantes do evento, mulheres de várias idades e pontos da cidade. Na ocasião o prefeito reforçou apoio a mulher caxiense, além de novas parcerias com a pasta liderada por Taniery  Cantalice.

Larisse Nascimento, campeã – A atleta caxiense Larisse Nascimento foi a grande ganhadoras da I Mini Maratona da Secretaria de Políticas Públicas para a Mulher, Larise tem um currículo também campeão, com várias vitórias em todo o território nacional em corridas e maratonas. Além de Larisse, Cleidilene Ramos (segundo lugar) e Rose Mary da Costa (terceiro lugar), também receberam troféus da competição.

Parceria com o comércio e empresários – Importantes nomes do comércio de Caxias apoiam a solicitação de apoio à ação da secretaria, com brindes para as participantes, sinalizando forte apoio do comércio a pasta com inventivos de qualquer natureza.

Da Assessoria

Tempos de barbárie!!! 8 mulheres mortas em oito dias no Maranhão…

aressao

Às vésperas do início da campanha “16 dias de ativismo pelo fim da violência contra a mulher”, que começa neste domingo, 20, o Maranhão registra um dado vergonhoso: uma mulher tem sido morta por dia, apenas pela sua condição sexual.

A onda macabra começou no último dia 9, quando Ákila Santos Feitosa foi executada por adversários de seu marido, em Imperatriz; e continuou na manhã desta quinta-feira, 17, quando uma aluna foi esfaqueada dentro de uma escola, em Chapadinha. (Leia aqui)

Laura Serra também foi executada em imperatriz;

Marlene Guega levou 17 tiros em Alto Alegre do Pindaré;

Maria do Rosário foi assassinada em Rosário;

Em Coroatá, a mulher identificada apenas por Francileuda teve a cabeça decapitada;

E um corpo feminino ainda não identificado foi encontrado na estrada da Mata, com sinais de execução.

A morte da publicitária Mariana Costa, assassinada pelo próprio cunhado, Lucas Porto, que declarou ter “paixão incontida” por ela, é a parte mais visível de uma situação que incomoda: mulheres estão sendo mortas apenas pela própria condição de mulher.

A lei do feminicídio torna hediondo o assassinato de mulheres caracterizado pela natureza sexual da ação criminosa.

Mas a onda de violência que se espalhou pelo estado nos últimos  dias é para se manter a preocupação…

Do Blog do Marco d´Eça

Afonso Cunha recebe atendimento da Carreta da Mulher Maranhense…

14976232_10211813493158446_1800272980_o

O município de Afonso Cunha está sendo contemplado com os serviços da Carreta da Mulher Maranhense, promovida pelo Governo do Estado através da Secretaria de Estado da Mulher. Na área de saúde os serviços são dos mais diversos como mamografia, prevenção, teste de glicemia e aferição de pressão arterial.

Para o prefeito eleito de Afonso Cunha Arquimedes Bacelar (PTB), essa ação tem longo alcance social.

“Reconhecemos a importância desse projeto que descentraliza atendimentos para municípios como o nosso que integra a relação dos 30 com menor IDH. Estamos satisfeitos com essa parceria que alcança nossa população com serviços dessa importância”, disse ele.

A Carreta da Mulher Maranhense está localizada na Praça da Comunidade e realizado diversos atendimentos desde que chegou durante essa semana.

Temática da Mulher foi discutida em Duque Bacelar…

A cidade de Duque Bacelar foi palco no último dia 26, de uma Mesa Redonda com o tema 10 anos da Lei Maria da Penha: Avanços e Perspectivas.

mulher 1

O evento foi promovido pela Comissão da Mulher e da Advogada da Subseção de Caxias da OAB em parceria com a Prefeitura através da Secretaria de Assistência Social, Conselho da Mulher e Coordenadoria da Mulher.

mulher 2

“Avalio de forma bastante positiva o evento, levando em consideração que pudemos constatar os avanços da Lei Maria da Penha para coibir a violência contra a Mulher. É importante o governo apoiar ações dessa natureza que levam informação e ajudam as mulheres a conhecer e fazer uso dos seus direitos”, destacou a Secretária de Assistência Social Socorro Oliveira.

mulher 3

Participaram do evento agentes do governo, conselheiras e integrantes da sociedade civil de Duque Bacelar.