“A saúde de Coelho Neto é uma vergonha”, diz vereador Mohabe Branco

“A saúde de Coelho Neto é uma vergonha”, diz vereador Mohabe Branco

O vereador Mohabe Branco (PSD), utilizou o Grande Expediente na Sessão Ordinária da última quinta (21), para tratar da questão do Hospital Municipal de Coelho Neto.

O parlamentar fez um pedido de desculpas públicas ao empresário Luis Serra, por ter assinado no início do governo um documento encaminhado pelo Executivo aos vereadores para desapropriar o Hospital Ivan Ruy e a área no entorno.

Ele justificou que assinou porque imaginava que aquilo seria revertido em bem para a população, mas que passado o tempo ele verificou que tudo não passou de um engodo.

“Não gerou nada, não teve resultado, não temos hospital em Coelho Neto, nós temos uma maternidade jogada as traças”, disse ele dizendo que tudo não passou de perseguição política. Tem populares que sofrem esperando uma cirurgia ortopédica e não consegue, outra precisando de fisioterapia e não consegue, a nossa Maternidade as grávidas tem que sair pra ter bebê em Caxias ou nas cidades vizinhas. A boca desse povo é desapropriar as coisas alheias e não resolvem nada”

APARTES

Rafael Cruz

O vereador Rafael Cruz (MDB), parabenizou o parlamentar pelo gesto do pedido de desculpas, reforçou a prática perseguidora do atual governo e que o documento encaminhado pelo Executivo era um documento desnecessário, apenas para dividir a responsabilidade de não fazer o hospital.

“Ele mandou o pedido. Se os vereadores não assinassem ele ia dizer que a culpa era dos vereadores, se os vereadores ele ia dizer que a culpa da desapropriação era também dos vereadores e se os vereadores assinassem e o Luis Serra entrasse na justiça a culpa era do Luis Serra, ou seja de todo jeito ele não ia fazer o hospital, como não vai fazer”, disse ele.

Ricardo Chaves

O vereador Ricardo Chaves (PPS), defendeu a boa intenção do vereador ao assinar o documento. “Quando o senhor assinou estava pensando na saúde do povo de Coelho Neto e infelizmente boa parte dos vereadores também pensaram a mesma coisa”, disse ele. O popular-socialista enalteceu o perfil do parlamentar.

Marcos Tourinho

Em sua fala o presidente da Câmara Marcos Tourinho (PDT), também contribuiu com o discurso explicando o que fora o documento. Ele disse que na época se fosse para desapropriar o Ivan Ruy ele assinaria, mas se fosse para desapropria os terrenos em volta ele não assinaria, como não assinou, embora o empresário Luis Serra pense que ele assinou a referida autorização.

“A saúde está um caos, um sofrimento sem fim, quando a pessoa tem um acidente de gravidade para conseguir uma UTI é um sacrifício necessitando de intervenção política para ter uma vaga. A região está sofrida, cadê as promessas de campanha do governador e a gente não sai do vermelho. Ia se desapropriar um hospital não foi, ia desapropriar o outro não foi, ia construir um não foi e nesse problema o governo do Estado também tem sua culpa.”, destacou ele, que também reclamou das condições da Regional de Saúde em Caxias.

Ascom/CMCN

Mohabe Branco reage a provocações do governo sobre seu posicionamento político

Vereador Mohabe Branco

 

 

O vereador Mohabe Branco reagiu a provocações de um blog apócrifo mantido por um subalterno ligado ao prefeito Américo de Sousa (PT) e que presta serviços na Secretaria de Educação, em função comissionada ligada a secretária Williane Caldas.

De acordo com uma postagem do blog, a postagem faz piadas com respeito a votação dada em Coelho Neto para o deputado estadual eleito Zé Gentil (PRB).

Pelo compartilhamento de uma matéria em grupos de whatsapp por aliados do governo em uma postagem que cita nosso nome e a bem da verdade, venho expor o que abaixo segue: 

1.  Vi que o grupo do PT (ou o que restou dele) não se conforma mesmo que o povo de Coelho Neto reprovou nas urnas um governo perseguidor, sem planejamento e que ao longo de 1 ano e 10 meses não conseguiram construir uma obra sequer;

2. Infelizmente ao invés de prestar serviço para a comunidade, garantir pagamento dos contratados na mesma proporção que paga aos concursados como prometeram,de dar explicações sobre o não pagamento do Pasep dos servidores e honrar os compromissos assumidos no palanque, o governo perde tempo tentando atingir adversários para tentar minimizar o vexame das urnas;

3. Minha atuação política não se mistura com a atuação ministerial do meu pai Pastor Raimundo Nonato no comando da Igreja Assembleia de Deus. Mesmo com as ações de perseguição do prefeito em recusar desenvolver parcerias com a Igreja para me atingir por conta de minhas posições políticas (como fez com o Dia do Evangélico), meu pai continua desenvolvendo um grande trabalho em nossa cidade junto com toda a igreja;

4. O Pastor Raimundo Nonato que é membro da CEADEMA (Convenção Estadual da Assembleia de Deus no Maranhão) tem seus compromissos com a entidade da qual integra a diretoria, fato que  independe da minha atução política. Por isso mesmo, o apoio a Zé Gentil e Cléber Verde foi apenas de minha responsabilidade. 

5. Por fim, ao final da eleição tive a felicidade de ver eleito tanto os candidatos que nós apoiamos, quanto constatar o aumento da bancada evangélica na Assembleia Legislativa. Vamos continuar nosso trabalho e sem deixar se levar pelos mexericos de um governo inerte, descompromissado e rejeitado nas urnas com a menor transferência de votos dados por um prefeito a seus candidatos na história recente do município. 

Vereador Mohabe Branco

Mohabe Branco reforça time de Zé Gentil e Cléber Verde em Coelho Neto

Moabe Branco com o ex-prefeito Guanabara: juventude com experiência

O vereador Mohabe Branco é um dos principais entusiastas da campanha dos candidatos Zé Gentil (estadual) e Cléber Verde (federal), em Coelho Neto.

Branco foi um dos vereadores que tiveram a coragem de sair da base do governo e virar as costas ao pior prefeito de nossa história e seus desmandos.

Moabe com figuras que contribuíram com a política de Coelho Neto: reconhecimento

Desde que tornou novo rumo político, encontrou em Gentil e Verde as qualidades para reforçar o projeto da oposição e dar novo rumo a cidade naquilo que a ex-prefeita Márcia Bacelar chamou de “Projeto Coelho Neto 2020”.

Moabe é um jovem político promissor e pode usar sua liderança em favor desse novo momento de união e protagonismo da oposição na cidade.

Moabe Branco faz bonito no discurso de estréia…

Vereador Mohabe Branco fez bonito no discurso de estréia

O vereador Moabe Branco utilizou a tribuna da Câmara na eleição da Mesa Diretora (01) e fez seu discurso de estréia já investido na função.

Empolgado, o jovem parlamentar surpreendeu pela propriedade de fala e conhecimento de causa com que inaugurou sua atividade parlamentar.

Bastante aplaudido ele foi o primeiro a fazer alusão ao prefeito Américo de Sousa (PT), se colocando à disposição para ajudá-lo na tarefa de reconstruir a cidade.

A performance de Moabe surpreendeu até alguns dos veteranos.

E se permanecer assim, a Casa do Povo terá um grande legislador.

É aguardar pra ver.