Confraternização: cúpula do PMDB reune-se na residência de João Alberto

O deputado federal João Marcelo e o senador João Alberto receberam, ontem (15), líderes e militantes do PMDB maranhense para um almoço de confraternização em sua residência, no Bairro do Calhau.

Além dos prefeitos de Imperatriz, Assis Ramos, de Rosário, Irlahi Moraes, de Vitória do Mearim, Dídima Coelho, de Cachoeira Grande, Tonhão, de Brejo, Zé Farias, estavam presentes também ex-prefeitos, intelectuais, empresários, e os deputados estaduais Roberto Costa e Adriano Sarney.

As lideranças políticas históricas como o ex-presidente José Sarney, a ex-governadora Roseana Sarney, o senador Edison Lobão, o suplente de senador Lobão Filho e o presidente em exercício do Diretório Estadual, Remi Ribeiro, confraternizaram com a militância jovem do partido.

Um dos melhores momentos da confraternização foi a troca de presentes no tradicional “amigo invisível “.

Do Blog do Gilberto Leda

Antônio Bacelar participará de evento da CPRM em São Luís nesta sexta (15)

O Ministério de Minas e Energia e o Ministério do Meio Ambiente realizarão um evento conjunto em São Luís na próxima sexta (15).

Com o tema Geologia, Recursos Minerais e Hídricos para o Desenvolvimento do Maranhão marcará o lançamento dos produtos da CPRM – Serviço Geológico do Brasil e da Ana – Agência Nacional de Águas.

O evento contará com a presença de várias autoridades dentre as quais o Ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho e o Diretor de Hidrologia e Gestão Territorial da CPRM, Antônio Bacelar.

Diretor de Hidrologia e Gestão Territorial, Antonio Carlos Bacelar estrá presente no evento

A ação será realizada no auditório Neiva Moreira, na Assembleia Legislativa a partir das 09h.

As piores faculdades do Maranhão, segundo o MEC

De O Imparcial

Foi divulgado nesta segunda-feira, 27, pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), o ciclo de avaliação do ensino superior brasileiro referente ao ano de 2016. Ao todo, foram 2.132 instituições de ensino avaliadas. Deste total, 307 são consideradas insatisfatórias pelo MEC. O Maranhão possui quatro faculdades na lista das piores instituições, das 31 avaliadas no estado.

Para estabelecer o ranking, é levado em consideração o IGC, Índice Geral de Cursos, que vai de 1 a 5. São consideradas insuficientes as instituições que possuem nota menor que 3. Estas podem receber punições, como a proibição de abertura de vestibulares até que se tomem providências para a melhora da nota.

Confira, agora, a lista de instituições maranhenses aprovadas e reprovadas pelo MEC:

Aprovadas

Nota 4

Universidade Federal do Maranhão (UFMA)
Instituto de Ensino Superior Franciscano (IESF)
Faculdade Brasileira de Estudos Avançados (FABEA)

Nota 3

Universidade Estadual do Maranhão (UEMA)
Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IFMA)
Universidade Ceuma
Faculdade Santa Teresinha (CEST)
Faculdade Pitágoras de São Luís
Faculdade de Educação São Francisco (FAESF)
Faculdade Estácio
Faculdade Santa Fé (CESSF)
Faculdade de Imperatriz (FACIMP)
Faculdade Pitágoras de Imperatriz
Unidade de Ensino Superior Dom Bosco (UNDB)
Faculdade do Vale do Itapecuru (FAI)
Instituto de Estudos Superiores do Maranhão (IESMA)
Faculdade do Maranhão (FACAM-MA)
Faculdade Evangélica do Meio Norte (FAEME)
Faculdade de Educação Santa Terezinha (FEST)
Instituto de Ensino Superior do Sul do Maranhão (IESMA)
Faculdade do Baixo Paraníba (FAP)
Instituto de Ensino Superior Múltiplo (IESM)
Faculdade de Educação de Bacabal (FEBAC)
Instituto Florense de Ensino Superior (IFES)
Faculdade de Balsas (UNIBALSAS)
Faculdade Laboro

Faculdade de Ciências e Tecnologia do Maranhão (FACEMA)

Reprovadas

Nota 2 (insatisfatória)

Faculdade do Estado do Maranhão (FACEM)
Faculdade Maranhense São José dos Cocais (FSJ)
Instituto Maranhense de Ensino e Cultura (IMEC)
Faculdade Maurício de Nassau

Avaliação anterior

Em 2015, o número de faculdades consideradas insatisfatórias era menor: IMEC, FEBAC e FSJ possuíam nota 3. No ciclo de avaliação do ensino superior brasileiro do ano passado, a Faculdade Maranhense São José dos Cocais subiu um ponto na avaliação, enquanto FACEM e Maurício de Nassau caíram no conceito do MEC. Já a Universidade Federal do Maranhão (UFMA), que possuía nota 3, subiu um ponto.

Método

O cálculo do IGC é feito todos os anos, e leva em conta o Conceito Preliminar de Curso (CPC) do último triênio. O índice é calculado no ano seguinte à realização do Enade. Também são levados em conta, no IGC, outros conceitos de avaliação de programas de pós graduação stricto sensu, e a distribuição dos estudantes entre os níveis de ensino. Foram avaliados, no ano de 2016, as áreas de Saúde e Ciências Agrárias (licenciaturas e bacharelados), e Ambiente e Saúde, Produção Alimentícia, Recursos Naturais, Militar e Segurança (eixo tecnológico). O resultado da pesquisa está disponível na íntegra no site do Ministério da Educação.

Atualização (10h57): a Faculdade de Ciências e Tecnologia do Maranhão (FACEMA) foi registrada erroneamente na lista de instituições com nota 2. A FACEMA possui, na realidade, nota 3, sendo aprovada pelo MEC.

Atualização (11:35): A Faculdade UNINASSAU emitiu nota sobre a avaliação do MEC. Leia na íntegra:

“A Faculdade UNINASSAU São Luís esclarece que o Índice Geral de Cursos (IGC) da instituição foi atribuído erroneamente e que a correção da nota já foi solicitada ao Ministério da Educação (MEC). A nota 2 atribuída a Instituição foi resultado da avaliação de um único curso, o de Radiologia, quando na realidade a UNINASSAU São Luís possui 29 cursos autorizados, que por serem novos, ainda não foram avaliados e não possuem notas (CPCs). Pela legislação, é necessária a avaliação de, pelo menos, 50% dos cursos da instituição para estabelecer o IGC da instituição, o que torna o resultado divulgado inválido. A Instituição reforça que trabalha para manter altos níveis de qualidade docente e infraestrutural, atingindo assim os melhores níveis de avaliações exigidos pelo MEC, pela sociedade e pelo mercado de trabalho.”

Maranhão terá quinto campo de gás natural até o fim do ano

A empresa de energia Eneva prepara-se para iniciar a operação de seu quinto campo de gás natural no Maranhão, hoje o segundo maior produtor de gás em terra no país.

O campo de Gavião Azul, no município de Capinzal do Norte, a cerca de 300 quilômetros de São Luís, começa a produzir no próximo dia 30, diz a empresa, e vai fornecer combustível para o Complexo Termelétrico Parnaíba, na vizinha Santo Antônio dos Lopes.

O projeto, idealizado inicialmente por Eike Batista, é hoje o maior polo de geração térmica a gás do país, com potência de 1,4 mil megawatts (MW). Integra a produção de gás natural e a geração de energia em um mesmo empreendimento.

É resultado de um investimento de R$ 9 bilhões, 2/3 deles nas térmicas e o resto na exploração e produção de gás natural.

Hoje controlada pela Cambuhy Investimentos e pelo banco BTG Pactual, a empresa produz 8,4 milhões de metros cúbicos por dia de gás natural em quatro campos na região, todo o volume direcionado à operação das usinas.

O complexo da Eneva, que começou a produzir em 2013, vem operando a capacidade máxima, diante da necessidade de poupar água nos reservatórios das hidrelétricas brasileiras.

O gás do campo de Gavião Azul também será destinado às térmicas, para substituir produção de campos mais antigos, que hoje estão em declínio.

EXPANSÃO

A Eneva tem pronto um projeto para ampliar em 360 megawatts sua capacidade de geração de energia, com o uso de gases gerado por duas turbinas instaladas no complexo.

A expansão está prevista em Termo de Ajuste de Conduta assinado em 2014 com a Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) por atrasos no início de operação de algumas unidades, mas depende de um leilão para venda de sua energia no mercado.

A empresa defende que a energia está hoje sendo desperdiçada nas chaminés das térmicas e que chegaria ao mercado a preço competitivo.

(Folha de SP)

Só no Maranhão! Irmão do Prefeito de Pinheiro espanca a ex-mulher, paga fiança para crime inafiançavel e é liberado…

Lúcio André Genésio espancou a ex-esposa impiedosamente

O irmão do prefeito de Pinheiro, movido por ciúme doentio, voltou a atentar contra a vida de sua ex-mulher, a advogada Ludmila Rosa Ribeiro da Silva.

A sessão de espancamento ocorreu na noite de sábado (11), após um jantar que seria mais uma tentativa de reconciliação. Lúcio André Genésio forçou a vítima a postar foto do casal em suas redes sociais, obrigando-a, ainda, a lhe entregar seu celular. O objetivo seria verificar a existência de conversas com algum outro homem.

Após pagamento de fiança, o agressor foi liberado

A mulher chegou a postar apenas uma foto das mãos do casal, mas se recusou a entregar o aparelho. De imediato o agressor, pediu a conta e informou que a deixaria em casa.

Na saída do restaurante, que fica na área da Lagoa da Jansen, ele tirou à força o celular da bolsa de Ludmila, passando-a a espancar até a residência dela, localizada na Cohama, onde a expulsou do carro a chutes.

Após empurrar a vítima pra fora do veículo, que estava sem forças para pedir socorro, acelerou o carro com a intenção de atropelá-la, tendo sido impedido por uma vizinha, que o agressor acreditou ser agente de Polícia.

Outros vizinhos, ao perceberem as agressões, efetuaram a prisão em flagrante de Lúcio André Genésio, que prometeu matar a vítima.

A ocorrência foi registrada às 2h34 deste domingo (12), no Plantão do Cohatrac. Ele pagou fiança de R$ 4.685,00 e foi posto em liberdade pelo delegado Valber Braga.

A vítima se encontra hospitalizada, recuperando-se lentamente de todos os traumas físicos, mas sem previsão de recuperação dos traumas psicológicos causados pela agressão covarde.

Em 2016, Lúcio André Genésio já havia espancado Ludmila que estava grávida de cinco meses do filho do casal, na cidade de Pinheiro/MA, onde seu irmão, Luciano Genésio, é prefeito.

Será que esse caso ficará na impunidade?

Do Blog do Gilberto Lima

Gastão Vieira volta a mostrar interesse na disputa pelo Senado…

Ex-deputado federal que disputou a eleição majoritária de 2014, mas estava atuando para voltar a Câmara, diz achar ainda ser um candidato competitivo

O ex-deputado federal e ex-ministro do Turismo Gastão Vieira (Pros) voltou nesta quinta-feira, 9, a mostrar interesse na disputa pelas duas vagas de senador pelo Maranhão.

– Ocorre que o quadro político tá mudando tão rapidamente que, mesmo tendo sido excluído das últimas pesquisas para o Senado, eu acho que ainda sou competitivo. Enfim, estou trabalhando para federal, mas não deixo de pensar na possibilidade de concorrer ao Senado – disse ele, em sua página no Facebook.

De acordo com o ex-ministro, sua candidatura a deputado federal está recomeçando praticamente do zero, já que a maior parte dos prefeitos já está comprometida com o governo ou com os atuais membros da bancada federal.

Na verdade, Gastão Vieira já havia se transferido para o Pros, em 2016, exatamente para disputar o Senado, como este blog registrou, com exclusividade, em novembro daquele ano, no post “Vou disputar o Senado em 2018”, diz Gastão…

Em 2016, para atender um chamamento do partido, que pretende fortalecer suas bases na Câmara, para superar a cláusula de barreira, ele decidiu concorrer a deputado.

Agora, diante dos últimos movimentos, Gastão entende ser possível viabilizar-se como senador.

Ele inicia suas andanças pelo interior a partir desta sexta-feira, 10…

Do Blog do Marco d´Eça

Imagem do dia: Roseana no páreo…

A ex-governadora Rosena Sarney (PMDB) confirmou hoje (3) sua pré-candidatura ao Governo do Maranhão em 2018. Numa conversa com jornalistas há pouco, ela deu uma declaração formal sobre o assunto.

Veja:

“Após muito refletir sobre o momento político do Brasil e do Maranhão, seus problemas e desafios, e entendendo o desejo dos maranhenses que reconhecem o trabalho que realizei ao longo de inúmeros mandatos que exerci, coloco o meu nome à disposição do meu partido, dos políticos, correligionários e das lideranças da sociedade civil, para construirmos juntos uma alternativa de poder a fim de disputar as próximas eleições para o governo do Maranhão.

Não sou de fugir de lutas e embates. Já demonstrei minha honestidade, seriedade, experiência, equilíbrio, capacidade administrativa e liderança política. É urgente recolocar o Maranhão na trilha do desenvolvimento econômico, do emprego, de mais oportunidades e cuidado com os que mais 
precisam.

Não aceito demagogia, oportunismo, prepotência e perseguições.

O povo maranhense saberá, no momento certo, nos indicar o melhor caminho a seguir”

Maioria da bancada maranhense vota a favor de Temer…

O presidente Michel Temer (PMDB) escapou hoje (25) de uma segunda denúncia formulada pelo ex-procurador-geral da República Rodrigo Janot.

O peemdebista foi acusado pelo Ministério Público Federal (MPF) de obstrução da Justiça. Segundo o PGR, ele integra uma organização criminosa que teria recebido ao menos R$ 587 milhões em propina. Os seus comparsas seriam os ministros Eliseu Padilha (Casa Civil) e Moreira Franco (Secretaria-Geral).

Com a rejeição da denúncia pela Câmara, o processo fica suspenso, até o fim do mandato do presidente.

Abaixo, a lista de votos dos deputados federais maranhenses.

MARANHÃO

Aluisio Mendes (Podemos) – SIM

André Fufuca (PP) – SIM

Cleber Verde (PRB) – SIM

Eliziane Gama (PPS) – NÃO

Hildo Rocha (PMDB) – SIM

João Marcelo Souza (PMDB) – SIM

José Reinaldo (PSB) – SIM

Julião Amin (PDT) –  NÃO

Junior Marreca (PEN) – SIM

Juscelino Filho (DEM) – SIM

Luana Costa (PSB) – AUSENTE

Pedro Fernandes (PTB) – SIM

Rubens Pereira Júnior (PCdoB) – NÃO

Sarney Filho (PV) – SIM

Victor Mendes (PSD) – SIM

Waldir Maranhão (Avante) – NÃO

Weverton Rocha (PDT) – NÃO

Zé Carlos (PT) – NÃO

Gastão Vieira confirma que PROS segue na base de apoio a Flávio Dino

Gastão Vieira, presidente estadual do PROS no Maranhão

O editor do blog conversou, nesta terça-feira (24), com o ex-ministro e ex-deputado federal, Gastão Vieira.

O experiente comandante do Partido Republicano da Ordem Social (PROS) no estado fez uma breve análise do cenário político local e disse acreditar que haverá segundo turno na eleição para o governo do Maranhão, em 2018.

“O governador Flávio Dino disputará a reeleição e é favorito, isso é fato. Porém, poderemos ter, pelo menos, cinco outras candidaturas encabeçadas por Roseana Sarney, Maura Jorge, Roberto Rocha, Eduardo Braide e, mais recentemente, Ricardo Murad. Diante deste cenário, com seis candidatos disputando, é impossível fugir de um segundo turno”, afirmou.

Gastão ratificou o seu projeto de disputar, ano que vem, uma das 18 cadeiras na Câmara Federal.

De acordo com ele, o objetivo do seu partido é eleger, pelo menos, nove deputados federais na região Nordeste e ampliar a representatividade nas Assembleias Legislativas.

Hoje, no parlamento estadual, o PROS conta apenas com o deputado Sousa Neto.

O ex-ministro também confirmou que o seu partido permanecerá na base de apoio do governador Flávio Dino (PC do B).

“Assumi o partido em substituição ao Zé Vieira [hoje, prefeito Bacabal] e ele já estava na base de apoio do governo. De lá pra cá, nada mudou e avalio que não mudará para as eleições do próximo. Até porque, o PROS precisa estar inserido em uma boa coligação partidária para que obtenha o êxito desejado nas disputas para a Câmara e Assembleia”, disse.

Do Blog do Glaucio Ericeira

ID Jovem avança no Maranhão…

A ID Jovem segue firme pelos municípios brasileiros! O programa que já foi lançado em quase todos os estados, está sendo divulgado pelos municípios do interior, para que mais jovens conheçam o programa e tenham acesso a meia-entrada em teatros, shows e eventos esportivos; duas vagas gratuitas em viagens interestaduais e duas vagas com 50% de desconto, para todos os jovens de baixa renda de 15 a 29 anos. Isso tudo sem falar na isenção da taxa do Enem.

A Secretaria Nacional de Juventude esteve presente no lançamento do ID Jovem em três cidades do Maranhão, no sábado (21/10): Balsas, Riachão e Carolina. A cerimônia reuniu secretários e vereadores desses municípios. Em Riachão e Carolina, estiveram presentes os respectivos prefeitos das duas cidades, Lurdes Bariano, prefeita de Riachão, e Herivelton Neves, prefeito de Carolina.

Os conselheiros do Conjuve Valber Neto e Hyago Andrade comandaram as explicações sobre o aplicativo e detalharam como os pais devem fazer para atualizar os dados dos filhos no Cadastro Único dos programas sociais do governo federal (CadUnico). “Com a atualização do cadastro, o jovem terá o número do NIS e poderá baixar o aplicativo ID Jovem e fazer a sua Identidade Jovem”, esclareceu Hyago.

Riachão tem 3 mil jovens aptos a utilizar o benefício, Carolina mais de 4 mil jovens e Balsas quase 11 mil jovens. No Maranhão, a Caravana ID Jovem já passou por Timon, São José de Ribamar, São Luís, Imperatriz, Grajaú, Bacabeira, Rosário, Caxias e Buriti Bravo, Bequimão, Santa Helena, Turilândia, Governador Nunes Freire, Santa Luzia do Paruá e Newton Bello. O estado do Maranhão possui cerca de 1 milhão de jovens aptos a participar do programa. De janeiro a setembro de 2017, foram geradas 323.652 mil ID Jovens em todo o País.

Fonte: Ascom/SNJ