Imagem do Dia: Cláudio Furtado prestigia homenagem a Flávio Dino

O ex-candidato a deputado federal Cláudio Furtado esteve nesta segunda (13), em Teresina, prestigiando o governador Flávio Dino (PCdoB) que foi homenageado na Assembleia Legislativa com o título de cidadão piauiense e a Ordem de Mérito Renascença do Piauí.

“Nosso governador merece essa homenagem que é um reconhecimento do nosso vizinho Estado do Piauí a sua história de lutas”, disse Cláudio Furtado, que aparece na foto com o homenaegado, os presidente das Assembleias Legislativa Othelino Neto (Maranhão) e Themistocles Sampaio (Piauí), os deputados Zé Inácio e Rafael Leitoa, o governador Wellington Dias, o secretário de Infraestrutura Clayton Noleto.

Prefeito de Caxias Fábio Gentil adere ao grupo político de Flávio Dino

Durante a abertura da 15ª Conferência Estadual do PCdoB do Maranhão, ocorrida na noite da última sexta-feira (20) em São Luís, o deputado federal Cleber Verde (PRB) anunciou a adesão do prefeito de Caxias, Fábio Gentil ao grupo político do governador Flávio Dino.

“Nesse momento, nessa conferência, eu quero dizer aos senhores membros do PCdoB e a todos aqui presentes que hoje particularmente para mim é uma grande alegria porque o prefeito Fábio Gentil está aqui conosco e veio para esta aliança de composição não só de gestão, mas acima de tudo de compromisso político com o que está por vir que é a próxima eleição. Portanto esse é o nosso compromisso, esse é o nosso palanque. Estamos juntos no projeto que se avizinha”, anunciou o deputado.

Em seguida, Fábio Gentil e Flávio Dino selaram a aliança política e de gestão com um aperto de mão.

Do Blog do John Cutrim

Ingrato, prefeito de Coelho Neto desdenha das ajudas de Flávio Dino: “apoio muito tímido”

Ingrato, Américo teve a coragem de desdenhar das ajudas que vem recebendo do Governo do Estado: “muito tímida”

Perdido numa gestão inerte e com índices cada vez maiores de rejeição, o prefeito de Coelho Neto Américo de Sousa (PT), saiu atirando para todo lado no seu famigerado programa de rádio deste sábado (21).

Com inabilidade para gerir a máquina pública e as dezenas de milhões que já entraram nos cofres da prefeitura desde que assumiu o mandato, o petista tem procurado alguém para culpar pela sua  gestão pífia que não consegue apresentar um resultado.

Além de declarar guerra contra os vereadores, o prefeito resolveu alfinetar pela segunda vez o governador Flávio Dino (PCdoB), de quem diz ser aliado. Em junho, num discurso durante a plenária da Conferência de Saúde, o petista chegou a dizer que se o governador não mandasse dinheiro ele fecharia a Unidade de Pronto Atendimento – UPA. Ora pois, se o governador tem dado demonstrações claras que seus gastos com saúde estão extrapolados vai assumir gasto que não é de sua competência por quais motivos? Me comprem um bode!

Dessa vez, Américo fez um discurso a “mea boca” e fez pouco caso das ajudas que já recebeu do Governo do Estado. “É assim que a gente tem funcionado e com apoio do Governo do Estado que ainda tem sido muito tímido, embora a gente já tenha recebido apoio do governador Flávio Dino, mas para as nossas necessidades ainda é um apoio tímido”, disse o prefeito.

Para repor a verdade dos fatos, o prefeito apenas revela toda sua ingratidão com respeito ao Governo do Estado que tem ajudado o município sim e não é ajuda tímida coisa nenhuma. Se o petista agradecesse o governador de manhã, de tarde e de noite ainda era pouco, pois se nós tirarmos as ações do Estado não sobra nada de responsabilidade da gestão dele nestes 10 meses.

O governador definiu Coelho Neto como a primeira cidade a receber ainda no ano passado a Unidade Tática das Cidades composta de viatura e aumento de efetivo policial. As reclamações dos 84 km de asfalto da MA-034 eram grandes e o governador mandou recuperar, além da conclusão da MA-123 Afonso Cunha – Coelho. O governador encaminhou para o município logo na primeira etapa exatos 7.000 kg de sementes para 1274 produtores rurais beneficiados, disponibilizou ajuda financeira para o Carnaval e São João (não tem culpa do município está inadimplente e ter ficado de fora), além de ter disponibilizado ajuda para reformar o Hospital Ivan Ruy (não tem culpa do prefeito ter se enrolado nos problemas judiciais e não ter ganhado uma na justiça até agora. O governador confirmou o IEMA – Instituto Educação Tecnológica do Maranhão (que deve ser iniciado nos próximos lotes), a cidade teve 500 famílias beneficiadas com o Programa Mais Bolsa Família, parceria no Aprova Coelho Neto, 01 ambulância nova Semi-Intensiva, quase 20 km de asfalto no perímetro urbano da cidade entre o recapeamento das avenidas José Silva e Coelho Neto, além de uma operação tapa-buracos, isso sem falar em doação de 02 viaturas para a Polícia Militar, 01 motoniveladora, 01 patrulha mecanizada, tudo isso só para ilustrar.

Diante de todas essas ações enumeradas é isso que o prefeito Américo de Sousa classifica como ajuda tímida? Quer mais o que, que o governador assuma a cadeira e governe a cidade por ele? Se enchergue homem e assuma seu papel. Quem tem um aliado desse não precisa de inimigo. Abre o olho Flávio Dino!

A seguir a declaração do prefeito em seu programa de rádio:

Fábio Braga acompanha Flávio Dino em Nina Rodrigues e Vargem Grande

Discurso do Deputado Fábio Braga

As cidades de Nina Rodrigues e de Vargem Grande receberam nesta quinta-feira (31) a visita do Governador Flávio Dino e de sua comitiva composta por deputados, secretários e demais integrantes do governo. Dentre os presentes, estava o deputado estadual Fábio Braga, nascido em Vargem Grande e com uma ligação familiar muito forte em Nina Rodrigues, ou seja, o deputado estava em casa.

Em Nina Rodrigues, Flávio Dino foi recepcionado pelo prefeito Rodrigues da Iara, vereadores, secretários, prefeitos de várias cidades da região e também pela população de um modo geral que não pouparam demonstrações de carinho ao governador. No município foram inaugurados os 7km de pavimentação provenientes do Programa Mais Asfalto, a entrega de 1250 uniformes escolares e o anúncio, feito pelo próprio Flávio Dino, das reformas do Mercado e do Hospital Municipal.

O deputado Fábio Braga agradeceu a ambulância e a viatura policial entregues pelo governo do estado ao município e também destacou a construção de três escolas do Programa Escola Digna que estão com obras avançadas e que muito em breve serão inauguradas.

Já em Vargem Grande, no encerramento do Festejo de São Raimundo Nonato dos Mulundus, o público lotou o Ginásio Poliesportivo Gastão Vieira e não economizou nos aplausos e nos elogios a comitiva governamental e ao prefeito Carlinhos Barros, num gesto de reconhecimento público nunca visto na história da cidade.

Magno Bacelar, Flávio Dino, Fábio Braga e Elizabeth Fecury.

Tomado por um misto de emoção e orgulho, Fábio Braga, filho da terra e um dos seus mais ferrenhos defensores, usou o microfone para saudar os presentes, agradecer ao governador as obras e os serviços que ele vem trazendo para o município, mas, aproveitou, também, para cobrar o equacionamento de um dos maiores problemas que a população da cidade enfrenta neste momento, que é a falta d’água.

O parlamentar iniciou dizendo à comitiva governamental “sei que nós temos que reconstruir esta cidade, mas, nenhum povo pode viver sem água para beber, porque se a coisa continuar do jeito está, vamos ficar sem ter o que dizer ao povo, sem explicar o porquê de não conseguir resolver esse grave  problema de abastecimento em pleno século 21, já que essa é uma questão vital para a população e para  todos nós”, apelou. E pediu que o governo reformasse o terminal rodoviário, “pois ele é um dos poucos prédios públicos da cidade que nós não conseguimos melhorar nos últimos anos, embora seja a porta de entrada de Vargem Grande”  – lembrou.

Mas, a fala do parlamentar não se limitou apenas a pedir, ele também soube reconhecer e agradecer a parceria de Flávio Dino, no melhoramento da infraestrutura da saúde e da educação. Falou na melhoria da infraestrutura urbana proporcionada pelo governo através Programa Mais Asfalto, que recuperou as principais ruas e avenidas chegando num momento mais que oportuno, porque premiou a cidade durante os festejos de São Raimundo.

Ao encerrar sua fala, Fábio Braga ainda destacou o restaurante popular que está em vias de ser entregue à população que mais precisa, lembrou ao governador que o povo de Vargem Grande sabe ter gratidão com quem lhe ajuda e disse que essa parceria com o governo do estado ainda vai render muitos benefícios à cidade,  na  luta  que todos nós travamos para alcançar mais desenvolvimento social.

Do Blog do Alpanir

Antônio Pires cada vez mais próximo do Palácio…

O blog ontem (22) fez um registro da inaptidão política do prefeito de Coelho Neto Américo de Sousa (PT) que o mantém isolado do convívio das lideranças políticas, dentre as quais o deputado federal Zé Carlos (PT) cuja aliança se dá bem longe do município.

Nesta quarta (23), o colega blogueiro Wando Galvão fez uma postagem bastante cirúrgica sobre o vice-prefeito Antônio Pires, da qual também queríamos fazer referência.

Pires entrou no PCdoB por intermédio do todo-poderoso secretário de Articulação Política Márcio Jerry e a partir dai passou a tentar proximidade com os correligionários.

Para conseguir seu intento, o vice-prefeito de Coelho Neto adotou a lógica do “quem não é visto não é lembrado” e passou a marcar território em todas as ações do governo na região e até em audiências individuais no Palácio.

Em sua essência, Pires consegue ser o oposto literal do perfil do prefeito: é atencioso, diplomático e conhecido pela arte de dialogar, até mesmo com seus adversários e isso lhe garante uma posição bastante favorável em qualquer comparação e cenário.

Todas essas pontes que vem sendo criadas pelo vice-prefeito poderá lhe render bons frutos futuramente.

Flávio Dino é atencioso e valoriza gestos.

E nesse quesito sem dúvida alguma Antônio Pires está em alta.

Queiram ou não.

Prefeito de Coelho Neto usa de chantagem para pressionar Flávio Dino

Américo: chantagem barata para pressionar o governador

O prefeito de Coelho Neto Américo de Sousa (PT), aproveitou a plenária da Conferência Municipal de Saúde realizada ontem (31), para fazer chantagem emocional e tentar pressionar o governador Flávio Dino (PCdoB) a assumir um papel que não é dele.

Com um discurso bem diferente de quando usava os microfones da rádio para dizer que a saúde de Coelho Neto tinha milhões, o petista aproveitou o momento para se debulhar em um rosário de reclamações e lamúrias.

Entre tantas abobrinhas dita pelo prefeito, uma delas é a queda de recursos do Fundo de Participação dos Municípios – FPM o que é uma grande mentira. Na maioria dos comparativos feitos pela Confederação Nacional dos Municípios – CNM, essa queda de recursos não se confirma, muito pelo contrário, em sua maioria o repasse tem sido maior que no ano passado.

O ponto alto da questão no entanto é sobre a Unidade de Pronto Atendimento – UPA. Para justificar a incompetência do seu governo, Américo e a secretária de Saúde Cristiane Bacelar tentam arrotar números que na prática não dizem nada com nada. Para eles a busca do serviço de saúde é uma demonstração de qualidade nos serviço: ora pois, se não buscarem o atendimento que lhes é assesgurado por direito vão morrer em casa é?

Na reunião convocada com prefeitos da região recentemente, Cristiane sequer conseguiu dizer os números de atendimentos das respectivas cidades, querendo na verdade usar os demais prefeitos para pressionar o governador Flávio Dino (PCdoB) por mais dinheiro.

O mais engraçado de tudo isso é que o petista tem R$ 300 mil (trezentos mil) para gastar com serviço de buffet por exemplo, mas não tem para financiar a saúde. Contraditório não? O mais ridículo de tudo isso é o petista mesmo se dizendo aliado jogar a batata quente nas mãos do governador mesmo sabendo que Flávio Dino além de não ter dinheiro novo, não tem qualquer obrigação em manter a UPA local.

Se não tivesse faltado na reunião dos prefeitos com o Ministro da Saúde realizada ontem (31), em São Luís, Américo teria ouvido do próprio ministro que o prazo para habilitação das UPAS dura cerca de 90 dias para o dinheiro ser liberado. Sem ir a Brasília nenhuma vez e com o deputado federal Zé Carlos (PT) atuando por meio de um assessor sem qualquer influência no Governo Federal, a tendência de Américo é continuar choramingando pelos cantos.

Toda a imprensa aliada ao governo deram destaque que se Flávio Dino não ajudar a manter a UPA a unidade será fechada, ou seja, Américo para se sair bem com o povo jogou a bola para o governador que será culpado pela desastrosa e incompetente gestão da saúde do governo petista.

Se Américo sendo aliado faz isso, imagina o que ele não faria se fosse adversário.

Abra o olho governador!

Governador Flávio Dino anuncia plano para recuperar todas as delegacias do Maranhão

Governador prestigiou a solenidade dos 209 da Polícia Civil. Foto: Karlos Geromy/Secap

O governador Flávio Dino afirmou nesta quarta-feira (10) que está sendo iniciado um esforço para recuperar todas as delegacias de polícia do Maranhão. A declaração foi feita durante a comemoração dos 209 anos da Polícia Civil.

“Reservei para este dia festivo a determinação para que nós nos lancemos à recuperação física de todas as delegacias do Maranhão”, disse o governador.

“Bem sabemos que nas várias cidades do Maranhão as pessoas chegam e encontram logo as igrejas, os fóruns, o prédio do Ministério Público, e tudo isso é muito bom. Mas é preciso também que os cidadãos e cidadãs encontrem uma delegacia digna, para que sejam bem-vindos e todos os trabalhadores se sintam respeitados.”

Diante da ‘cúpula’ da Segurança Pública, de delegados e policiais, o governador disse que o governo vai dar as condições para a recuperação física das delegacias: “Tragam os projetos e vamos fazer o que estamos fazendo com as escolas. Tenho orgulho de dizer que o Maranhão tem 1,1 mil escolas e já reformamos 574. Uma a cada dois dias de governo. E vamos inaugurar 200 novas neste ano; isso nunca aconteceu no Brasil antes”.

“Quero determinar que sejam anotadas as previdências para que esse mesmo esforço que estamos fazendo nas escolas façamos também nas delegacias de polícia”, acrescentou.

A recuperação das delegacias faz parte do reforço nos investimentos na Segurança do Maranhão. “Nós temos uma linha de investimento bastante clara na segurança pública, resultando em redução crescente dos indicadores de criminalidade”, disse o governador.

Entre esses indicadores, está a queda de 29% nos homicídios na Grande São Luís entre o primeiro quadrimestre de 2014 e o mesmo período deste ano.

Governo entrega mais nove ambulâncias para fortalecer os sistemas municipais de saúde

Continuando a política de apoio aos sistemas municipais de saúde, o governador Flávio Dino realizou a entrega de mais nove ambulâncias para cidades de Anapurus, Araioses, Buriti, São Bento, Centro Novo, Vitorino Freire, Santa Quitéria, Jatobá e Buriticupu. A solenidade, ocorrida na tarde desta quinta-feira (27), no Palácio dos Leões, contou com a participação de prefeitos, vereadores e lideranças políticas de todas as regiões do Maranhão, e marcou o 53º veículo doado pelo Governo do Estado às Prefeituras em 2017.

Ao lado de secretários de Estado e prefeitos, governador entrega novas ambulâncias para nove municípios. Foto: Gilson Teixeira/Secap

De acordo com o governador Flávio Dino, o programa de aquisição de ambulâncias para os municípios maranhenses faz parte da política de ajuda às Prefeituras em todas as áreas, “isso se refere ao Escola Digna, Mais Asfalto, Bolsa Escola”. No caso da saúde, segundo ele, existe uma série de ações, como por exemplo, a nossa rede, que está apoiando todas as regiões.  “Nós ajudamos os municípios equipando as suas unidades, repassando recursos para algumas unidades quando nos é demandado pelos governos municipais. E temos agora neste ano esse programa atinente às ambulâncias que é uma demanda permanente dos municípios”, disse Flávio Dino, explicando que já foram entregues 53 unidades, das 104 adquiridas e, até o fim do ano, o Governo do Estado vai comprar mais 100 para que esse programa chegue a todos os municípios maranhenses.

O Governo do Estado investiu R$ 160 mil em cada ambulância, adquiridas por meio de emenda parlamentar dos deputados estaduais, que têm capacidade para socorro no atendimento como Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e semi UTI, podendo se transformar em Unidade de Suporte Avançado (USA). São equipadas com duas macas, duas pranchas, um umidificador, cadeira de rodas, cilindro e bala de transporte para oxigênio – em caso de atendimento fora do veículo, respirador, monitor cardíaco, desfibrilador e medicamentos. Possuem, ainda, sistema de monitoramento contínuo, para prestar socorro a pacientes potencialmente graves ou com descompensação no sistema orgânico.

O secretário de Saúde, Carlos Lula, classificou as entregas como históricas e enfatizou que o programa chegará a todas as cidades do Maranhão. Para ele, os veículos ajudam no transporte sanitário, algo que era necessário e indispensável, sobretudo em momento de aguda crise econômica.“Infelizmente a realidade que a gente vivia no interior do estado era de pacientes ainda transportados em carros particulares, de qualquer forma, e a gente com isso ajuda os municípios, ajuda também a cuidar das pessoas que é, sobretudo, dever do Governo do Estado. Cuidar mais e melhor das pessoas”, realçou Lula.

A prefeita de Centro Novo do Maranhão, Diva, disse que receber uma ambulância do Governo do Estado é uma alegria muito grande, já que há oito anos o município não tem um veículo adequado para o transporte de pacientes. “A Ambulância que a gente tinha era pequena e quebrou há muito tempo. Então o povo está sendo transportado em carro pequeno. Lá vai ser recebido em festa”, comemorou a gestora.

Ao lado de secretários de Estado e prefeitos, governador entrega novas ambulâncias para nove municípios. Foto: Gilson Teixeira/Secap

Também já receberam ambulâncias os municípios de Colinas, Barreirinhas, Peritoró, Presidente Dutra, Raposa, Alto Parnaíba, Arame, Benedito Leite, Bom Jesus das Selvas, Central do Maranhão, Governador Nunes Freire, Matinha, Fortaleza dos Nogueiras, Santa Luzia do Tide, Senador La Roque, Tasso Fragoso, Tutóia, Penalva, Santa Luzia do Paruá, Paço do Lumiar, Bom Jardim, Buriti Bravo, Coelho Neto, Formosa da Serra Negra, Paraibano, Presidente Vargas, Santa Inês, Turiaçu, Mirinzal, São João Batista, Pio XII, Mirador, Pedreiras e São Benedito do Rio Preto, Viana, Porto Rico, Duque Bacelar, Cândido Mendes, Itapecuru-Mirim e Senador Alexandre Costa.

Participaram da solenidade o vice-governador Carlos Brandão, os prefeitos de Anapurus, Professora Vanderly; Araioses, Dr. Cristino; Buriti, Naldo Batista; São Bento, Luizinho Barros; Vitorino Freire, Luanna; Santa Quitéria, Alberto Rocha; Jatobá, Consuelo e Buriticupu, Zé Gomes, os deputados estaduais Rogério Cafeteira, Francisca Primo, Levi Pontes, Fábio Macedo, Rigo Telles, Othelino Neto e Stenio Rezende. Além dos secretários Marcelo Tavares (Casa Civil), Márcio Jerry (Comunicação e Assuntos Políticos), Neto Evangelista (Desenvolvimento Social), Adelmo Soares (Agricultura Familiar) e Jhonatan Almada (Ciência e Tecnologia).

Governo inicia entrega de uniformes para alunos da rede pública de ensino

O Governo do Estado deu início à distribuição de fardamento escolar para alunos da rede estadual de ensino nesta quinta-feira (20). O primeiro lote de uniformes foi entregue pessoalmente pelo governador Flávio Dino para 4.966 jovens maranhenses dos municípios de Jenipapo dos Vieiras, Itaipava do Grajaú e Arame. Ao todo, o Governo distribuirá 708.150 unidades de uniformes destinados a todos os alunos de escolas estaduais, em todas as modalidades e níveis de ensino.

Pela primeira vez na história do Maranhão, o Governo está entregando fardamento escolar para estudantes da Rede Pública Estadual de Ensino. A iniciativa faz parte da política de valorização da educação de qualidade e digna para os estudantes, e ainda fomenta a economia do estado, já que os cerca de R$ 6 milhões investidos para a aquisição dos uniformes contemplam empresas maranhenses.

Em Jenipapo dos Vieiras, o governador Flávio Dino distribuiu 552 fardas para os alunos durante solenidade de entrega de várias obras, entre elas a do Centro de Ensino Prof. Galeno Edgar Brandes – Anexo III. Em Itaipava do Grajaú foram 663 uniformes para os estudantes da rede estadual. E em Arame, o Governo do Estado entregou outros 1268 fardamentos, totalizando, somente nesta quinta-feira, a marca de 4966 fardas nos três municípios.

O governador Flávio Dino destacou que a entrega de uniformes escolares para os alunos da rede pública estadual faz parte do processo contínuo de mudanças na educação maranhense, que se soma a outras inciativas como a reestruturação dos espaços físicos, valorização dos professores, entre outras ações.

“Pela primeira vez está havendo a distribuição de uniformes escolares para os alunos do ensino médio, com as cores da bandeira do Maranhão, personalizado de acordo com cada escola. Com esses produtos sendo adquiridos no mercado local, são centenas de empresas e de microempreendedores que terão oportunidade de trabalhar, com investimento de praticamente R$ 6 milhões”, destacou o governador.

Neste final de semana, o Governo do Estado entregará mais uniformes aos estudantes maranhenses durante a ‘Caravana Governo de Todos’. Fardamentos serão distribuídos nas cidades de João Lisboa (1011), Carolina (1070), Santa Quitéria (1654) e Barreirinhas (1687), beneficiando 7905 alunos maranhenses com 15810 fardas nesta primeira etapa que contempla estes sete municípios.

Pressão! Flávio Dino cobra de Rafael Leitoa mobilização da base

O governador Flávio Dino (PCdoB) não está nada satisfeito com o deputado Rafael Leitoa (PDT), líder do principal bloco governista na Assembleia Legislativa, o Blocão. E disse isso a ela numa dura conversa que tiveram no Palácio dos Leões nesta semana.

O comunista avalia que o aliado falhou durante a semana ao não conseguir mobilizar a base para votar logo o Projeto de Lei nº 224/2017, de autoria do Poder Executivo, que garante isenções a atacadistas que tenham capital social mínimo de R$ 100 milhões – pagarão apenas 2% de ICMS no Maranhão.

Foram pelo menos duas tentativas – na terça (28) e na quarta-feira (29) – e em nenhuma delas houve quórum.

Para completar, na manhã de ontem (30), quando a proposta foi finalmente aprovada, quem efetivamente garantiu o quórum foi o deputado Roberto Costa, que é do PMDB. Ou seja: não se pode dizer que foi obra de Leitoa.

Some-se a isso a “coincidência” de que nos outros dias o líder do governo, Rogério Cafeteira (PSB), não estava na Casa porque recuperava-se de um cirurgia.

Blog do Gilberto Leda