Afonso Cunha garante cumprimento de condicionalidades da LRF

A cidade de Afonso Cunha começa a ser vista com outros olhos pelo Tribunal de Contas do Estado – TCE. Até 2016, era sempre a primeira a ser citada entre os municípios inadimplentes e as que figurava com prefeitos que não cumpriam prazos de entrega das prestações de contas, chegando inclusive a ficar sem entregá-las.

Pois bem, com a posse do prefeito Arquimedes Bacelar (PTB), que é administrador por formação, o município passou a observar os princípios constitucionais e cumprir com os deveres que todo bom gestor deve ter.

Além de ser um dos primeiros prefeitos a entregar a prestação de contas do ano anterior (quase um mês antes), o prefeito recebeu nesta segunda (09), a certidão de cumprimento de condicionalidades segundo a Lei de Responsabilidade Fiscal – LRF, expedida pelo Tribunal de Contas do Estado – TCE.

O documento refere-se a prestação de contas do ano passado, admitindo que o prefeito cumpriu as condicionalidades referente aos limites constitucionais relativos a Educação, Saúde e a observância das dívidas consolidada e mobiliária, de operações de crédito, inclusive por antecipação de receita, inscrição em restos a pagar e de despesa total com o pessoal.

É Afonso Cunha saindo da lista dos inadimplentes e se juntando aos municípios que cumprem a lei e administrados com quem zela pelo erário público.

É simples assim…