Osmar usa a tribuna, esculhamba Albino e tenta explicar aluguel de carro…

Osmar Aguiar: fala demais e documentos de menos

O presidente da Câmara de Coelho Neto Osmar Aguiar (PT) usou a tribuna nesta quinta (26), para tentar explicar o episódio do aluguel de carro denunciado em primeira mão por esse blog.

Ao fazer uso do grande expediente, o petista passou boa parte enchendo linguiça querendo mostrar “seus feitos”. Explicou a mesma versão da nota de que o contrato de R$ 198.000,00 (cento e noventa e oito mil reais) porque seriam para dois carros, mas que ele decidiu que seria apenas um reduzindo o contrato para R$ 126.000,00 (cento e vinte seis mil reais. Segundo ele os R$ 10.500,00/mês estaria incluído a caminhonete, o combustível, manutenção e seguro.

Ataques a Albino

Em tom calmo no início, o presidente de uma hora para outra alterou a voz a passou a fazer ataques ao investigador da polícia civil Albino Klauberth, que fez críticas sobre o episódio na rede social. Disse entre outras coisas que ele teria que deixar de ser irresponsável e o acusou de veicular mentiras, inverdades, de forma politiqueira, baixa e se colocando como um bandido.

Disse que tinha uma decepção gigantesca com Albino que deveria exercer seu papel mas que é um politiqueiro de quinta categoria, que havia se vendido para o ex-prefeito Soliney, que não tinha moral para falar dele e disse que a boca miúda os comentários são que Albino está conivente com a criminalidade.

Nas redes sociais, o presidente da Câmara foi bastante criticado pelos ataques gratuitos a Albino feito de forma desnecessária e sem qualquer razão de ser.

Cobrança dos vereadores

O vereador João Paulo (PMDB), disse que as coisas tinham que está as claras, que a sociedade cobrava publicidade e transparência. Ele cobrou a publicação da mudança do contrato no Diário Oficial e que informações como essas fosse repassada a todos os vereadores já que haviam alguns como ele que não foram informados sobre o contrato, como estaria se dando o abastecimento de combustível já que estava tudo incluído no pacote.

O vereador Rafael Cruz (PMDB) também fez uso da palavra e disse que os esclarecimentos era necessário porque o fato não atingia apenas o presidente como a Câmara como um todo. Ele disse que o impacto da notícia se devia pelo fato da sociedade está sofrendo com a falta de circulação de dinheiro, defendeu a denúncia feita pelo blog baseado no extrato do contrato extraído do Diário Oficial sem especificação alguma e que a nota divulgada por ele não tinha qualquer prova documental e reafirmou que a bancada da oposição não sabia da contratação do veículo.

O vereador Reginaldo Janse (PMDB) fez um discurso em tom bem ameno fazendo mais referências a inclusão do seu nome no discurso do presidente pra tentar criar clima entre ele e Albino, profissional que ele fez questão de elogiar e enaltecer o trabalho.  O vereador Luiz Ramos (PSD), fez o velho discurso para gradar o governo mas foi duramente repreendido pela colega Camila Liz, que pediu que deixasse de ser irresponsável quando tentou insinuar que as contas de gestão do ex-presidente Raimundão poderiam ser reprovadas.

Os demais vereadores da base Sillas Alexandre, Liza Pires, Marco Tourinho e Mohabe Branco faltaram a sessão que teve conversa demais e documentos de menos.

Durante o discurso, Osmar classificou a notícia por várias de irresponsável. Mas foi graças a essa notícia irresponsável que o contrato veio à tona, foi graças a notícia irresponsável que muitos vereadores tomaram conhecimento do valor do contrato e foi graças a notícia irresponsável que ele teve obrigatoriamente que emitir uma nota e ocupar a tribuna para se explicar.

E o blog continuará cumprindo seu papel de informar a população.

Goste ou não presidente, de quem a opinião depreciativa sobre o blog pouco importa…

De frente com a fera: Qual será a reação dos vereadores sobre o “contrato imoral” do Presidente da Câmara?

Presidente da Câmara Osmar Aguiar: explicações não convenceu a ninguém

Um dia depois da repercussão da matéria sobre o contrato imoral do aluguel de um veículo assinado pelo Presidente da Câmara de Coelho Neto, Osmar Aguiar (PT), para usar a seu serviço como carro particular, os vereadores terão a oportunidade de ficar de “cara com a fera”.

A matéria que gerou revolta na comunidade que foi tema principal em todos os grupos de whatsapp e rodas de conversa, obrigou o presidente a divulgar uma nota que de tão pífia, saiu pior que se tivesse ficado calado. Não disse coisa com coisa, admitiu o gasto com aluguel que daria para comprar uma caminhonete nova e não provou a alteração do contrato no Diário Oficial do contrato imoral. A nota não convenceu a ninguém e a comunidade aguarda os desdobramentos.

Em sua página na rede social, o petista foi obrigado a aguentar os comentários de membros da comunidade, todos reprovando a sua conduta e sua atitude diante da tão vomitada “crise” que ele gosta de usar para defender o “chefe”.

Nesta quinta (26), os vereadores terão o primeiro encontro com o presidente na sessão após o escândalo e existe uma grande expectativa popular de qual será a reação dos parlamentares. Diante desse quadro, os vereadores poderão ter duas posturas: Ir a fundo, investigar o caso, cobrar as devidas explicações com documentos e exigir o cancelamento desse contrato como forma de moralizar a Câmara, já que a sociedade não aprovou esse aluguel.

Ou fazer de conta que acreditou a nota, reforçar a idéia que não apenas sabiam, mas que concordam com essa imoralidade e assim proteger o presidente.

Em tempos da “crise” que o Osmar tanto fala, achar normal gastar mais de R$100 mil com o aluguel de um carro para uso particular é um escárnio, um deboche e uma atitude desprezível de alguém que se mostra cego diante de tantos problemas que a cidade enfrenta.

A sociedade permanece de olho senhores e senhoras vereadores/vereadoras. E espera não ser decepcionada….

Tristeza: Criança se esconde em porta malas de carro e acaba morrendo

carro-menor

Uma criança de apenas sete anos morreu sufocada dentro do porta-malas do carro do pai em União, município a 59 km de  Teresina. De acordo com o cabo Rocha da Polícia Militar do município a criança brincava de se esconder sozinha quando pegou a chave do carro do pai e o celular.

“Ela pegou o controle do carro e o celular dele e abriu o porta-malas. Quando ela entrou, acreditamos que a porta deve ter caído com o peso e fechou sem que ela quisesse e ela acabou ficando presa lá dentro”, contou o policial.

A criança, identificada pela PM apenas como Yasmin é filha de Anderson Jardiel, que concorreu as eleições de 2016 como candidato a vereador no município.  O policial conta ainda que cerca de uma hora depois do sumiço, enquanto os pais procuravam pela criança, o pai sentiu a falta do celular e decidiu ligar para o número, foi aí que ele localizou a criança presa dentro do veículo.

“Ele ouviu o celular tocar dentro do porta-malas e foi assim que ele encontrou a criança, mas infelizmente ela já estava morta. Uma tragédia”, pontuou o policial.

O Instituto Médico Legal de Teresina já se deslocou para o município de União para trazer o corpo da criança para procedimentos legais. Segundo o cabo Rocha, a família da criança precisou ser atendida no hospital e está em estado de choque.

Pais precisaram de socorro médico

Parte da família da menina Yasmim  precisou ser socorrida no hospital da cidade pois todos estavam em estado de choque. Danielle Martins, prima de Yasmin relatou o drama vivido pela família na noite de ontem (15).

A menina de apenas sete anos está sendo velada na casa da família no bairro Nossa Senhora das Graças e moradores de toda a cidade tem feito visitas aos familiares, prestando solidariedade coma  tragédia que chocou todo o Estado.

O corpo da criança esteve no IML de Teresina para procedimentos legais e foi liberado ainda na noite deste sábado para ser velado em União. Yasmin tinha ainda dois irmãos, um mais velho e um mais novo, que também participam do velório.

“Como o pai dela era candidato muita gente mesmo ficou sabendo e veio até aqui visitar”, completou a prima. Yasmin será enterrada as 16 horas no cemitério municipal.

O caso

Uma criança de apenas sete anos morreu sufocada dentro do porta-malas do carro do pai em União, município a 59 km de  Teresina. De acordo com a Polícia Militar do município a criança brincava de se esconder quando pegou a chave do carro do pai e o celular.

A criança, identificada pela PM apenas como Yasmin é filha de Anderson Jardiel, que concorreu as eleições de 2016 como candidato a vereador no município.  O policial conta ainda que cerca de uma hora depois do sumiço, enquanto os pais procuravam pela criança, o pai sentiu a falta do celular e decidiu ligar para o número, foi aí que ele localizou a criança presa dentro do veículo.

(Do portal cidadeverde.com)

Motorista tem carro de som roubado em Chapadinha…

14030902_1019787671470063_586572485_n
Veículo roubado

O empresário Natanael de Lima Marinho, mais conhecido como Natanel Publicidade, teve seu carro tomado de assalto neste domingo (14), no centro, próximo ao posto de gasolina Jerusalém em Chapadinha.

Ele que trabalha com ramo de publicidade foi forçado a entregar o Fiat Strada vermelho placa NXG 4835. Os que souberem alguma notícia sobre o referido veículo, favor entrar em contato pelo telefone 991992664.