Bandidos explodem BB de Dom Pedro

Bandidos fortemente armados assaltaram na madrugada de hoje (26) a agência do Banco do Brasil de Dom Pedro.

Na ação, eles destruíram parte da estrutura do prédio com explosivos e saíram levando o cofre.

A polícia foi acionada, mas ainda não localizou a quadrilha.

Este é o segundo assalto a banco no Maranhão só em janeiro.

Curiosamente, esse tipo de ocorrência volta a ser registrada com maior frequência no ano das eleições.

(Fotos: Blog do Adonias Soares)

Gerente desmente informação sobre redução de horário no atendimento do Banco do Brasil

O gerente geral do Banco do Brasil Elias Barros desmentiu na manhã desta terça (17), a informação dada pelo “blogueiro do prefeito” sobre redução no horário de funcionamento da Agência.

A seguir a integra da nota distribuída por Barros pelo dispositivo de whatsapp:

Comunico aos clientes do Banco do Brasil, que em função do horário de verão, o expediente bancário foi antecipado desde ontem em 1 hora, ficando de 09h às 14h. Permanece inalterado o horário da Sala de Autoatendimento – SAA das 09h às 17, NÃO sendo verdadeiro a informação veiculada pelo blog Observatório dos Cocais que houve redução de horário.

Elias Barros

Gerente Geral

Ação conjunta de vereadores deve levar o Banco do Brasil ao Ministério Público…

João Paulo e Júnior Santos levarão o Banco do Brasil ao Ministério Público por conta do mau atendimento

Uma ação conjunta dos vereadores João Paulo e Júnior Santos (Ambos do PMDB) deve resultar numa representação contra o Banco do Brasil junto ao Ministério Público.

Na sessão de ontem (16), o vereador João Paulo tratou do tema e convidou os demais vereadores que tivessem interesse em aderir ao documento para assinarem e posteriormente protocolarem no Ministério Público.

“Vamos representar essa Agência que tanto tem maltratado a nossa população como resposta aos reclames da sociedade que tem nos cobrado de forma bastante incisiva sobre esse atendimento que tem causado tantos transtornos”, disse ele.

A representação é motivada, sobretudo pela crescente reclamação sobre o horário de funcionamento da instituição, que desde o último assalto em que a agência foi alvo, teve que ser alterado prejudicando a rotina de quem precisa dos serviços bancários.

O vereador Júnior Santos aparteou o colega e disse que duas ações anteriores no sentido de melhorar o atendimento já tinham sido realizadas, porém sem resultado prático e destacou as cobranças diárias da população para que o problema seja solucionado.

Durante seu discurso, o vereador João Paulo recebeu o apoio e o aparte de diversos colegas.

Vice-prefeito de Coelho Neto repudia má prestação de serviço do Banco do Brasil…

O vice-prefeito de Coelho Neto Antônio Pires utilizou sua rede social neste sábado (15), para mais uma vez denunciar a falta de respeito do Banco do Brasil com os clientes do município. É que já virou moda por parte da instituição bancária deixar os caixas eletrônicos fechados, impedindo as pessoas de fazerem movimentaçã nas suas contas.

“Mais uma vez os trabalhadores vão ter que se deslocarem para outros municípios para receberem seus pagamentos, pois o Banco do Brasil do município de Coelho Neto se encontra com seus caixas eletrônicos fechado aos finais de semana, um verdadeiro desrespeito para com seus clientes negando aos mesmo, serviços básicos de atendimentos”, disse ele.

Pires esteve recentemente na Câmara de Vereadores sugerindo que uma audiência pública pudesse sr realizada para tratar do assunto com a sociedade. Situação realmente lamentável, já que o banco prefere sacrificar os clientes do que investir em segurança, ou seja, sembre olhando pro póprio umbigo e dando de ombros para quem sustenta os bancos das mais abusivas taxas de toda ordem.

Golpistas tentam roubar clientes do BB

Desde sábado (11) diversos clientes do Banco do Brasil têm recebido SMS do número 27880 (ou 278-80) informando sobre a suposta necessidade de validação do seu “smartfone” – assim mesmo, com “f”.

Junto com a mensagem chega um link.

Se você receber, não clique no endereço. A página que abre pede a inserção de dados, como a senha da Internet, por exemplo.

Ao preencher os espaços, você será redirecionado a uma página informando sobre o sucesso do “cancelamento de saque”, mas estará na verdsde dando a bandidos acesso a suas informações de segurança.

Fique de olho!

Em tempo: os golpistas também usam o nome da Caixa Econômica Federal.

Do Blog do Gilberto Leda

STJ nega pedido do Procon-MA para proibir BB de fechar agências

A ministra Laurita Vaz, do Superior Tribunal de Jusitça (STJ), negou hoje (27), pedido do Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor do Maranhão (Procon-MA) para que o Banco do Brasil fosse proibido de fechar agências, ou transformá-las em postos de atendimento, em todo o estado do Maranhão.

O órgão havia conseguido uma liminar, concedida pelo juiz Douglas Martins, da Vara de Interesses Difusos e Coletivos de São Luís. A decisão, no entanto, foi cassada pela 3ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Maranhão.

Foi contra o acórdão do TJ que o Procon insurgiu-se ao recorrer ao STJ, mas, segundo a ministra Laurita Vaz, de forma equivocada.

De acordo com a decisão do STJ, o pedido de suspensão de liminar tem como pressuposto a execução provisória de decisão judicial proferida contra o Poder Público. Ocorre que o juízo de primeiro grau deferiu liminar favorável ao Procon-MA, mas o Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão concedeu efeito suspensivo da decisão. Não há, portanto, ajuizamento de ação contra o Poder Público, o que desautoriza a utilização do instituto da suspensão.

Ainda segundo a decisão, a ação civil pública foi proposta pelo Procon-MA, visando intervir na estratégia de reestruturação do Banco do Brasil, pessoa jurídica de direito privado, disciplinada pelas regras das sociedades anônimas. “O Estado, por via transversa, busca a reforma do acórdão do Tribunal de Justiça de origem, ficando evidente a utilização do instituto da suspensão de liminar como sucedâneo recursal, o que é manifestamente descabido”, escreveu a ministra Laurita Vaz.

Do Blog do Gilberto Leda

Banco do Brasil não poderá fechar agências no Maranhão

bancodobrasil-e1480452386542

O Banco do Brasil está proibido de fechar agências bancárias no Maranhão. A decisão liminar dada pelo juiz Douglas Melo Martins, titular da Vara de Interesses Difusos e Coletivos de São Luís, nesta segunda-feira (29), atende a Ação Civil Pública feita pelo PROCON-MA.

Segundo o juiz, a decisão pretende garantir os direitos dos consumidores maranhenses “A decisão que prolatei hoje tem o objetivo de resguardar direitos dos consumidores e o patrimônio do próprio Banco do Brasil”, explicou.

Na semana passada, o Banco do Brasil anunciou que cinco agências seriam fechadas no estado e oito reduzidas a postos de atendimento em 2017. Em São Luís, as agências do Anjo da Guarda, Deodoro e Hospital Materno Infantil estão na lista das que fecharão as portas.

Com a determinação do magistrado, o Banco fica impedido de fechar as agências e também de transformá-las em posto de atendimento.

Do Blog do Luis Pablo

Maranhão vai perder 13 agências do Banco do Brasil em 2017

banco

O Maranhão vai perder 13 agências do Banco do Brasil, em 2017, e pretende ainda aposentar 248 funcionários em todo o estado. O processo de reorganização é nacional e visa uma economia anual na ordem de R$ 750 milhões. Ao passo que abre mão de agências tradicionais, o banco informou que vai investir na digitalização do atendimento ao cliente.

Em São Luís, as agências do Anjo da Guarda e do Jaracati vão ser atingidas. As outras agências não foram divulgados pelo banco.

Com as mudanças para o próximo ano, cinco agências serão encerradas e oito serão reduzidas a postos de atendimento. Assim, os clientes do banco no estado terão 105 agências e 51 postos de atendimento.

Em 2016, o Maranhão tem 161 unidades de atendimento, sendo 118 agências e 43 postos de atendimento. Conta ainda com 357 correspondentes bancários, 1017 caixas eletrônicos e 261 terminais da rede Banco 24h.

Em todo o país, 379 agências serão transformadas em postos de atendimento e 402 serão desativadas.

Faz parte do processo de reorganização do Banco do Brasil a aposentadoria incentivada. Assim, dos 1.892 funcionários no Maranhão, 248 vão receber a seguinte proposta: valor correspondente a 12 salários, além de indenização por tempo de serviço, que varia de 1 a 3 salários, dependendo do tempo de empresa. Em todo país, 18 mil funcionários vão receber a mesma proposta. Quem aceitar tem até o dia 9 de dezembro para comunicar oficialmente ao banco.

G1,MA

Clientes protestarão contra descaso do Banco do Brasil em Coelho Neto

bb

Os clientes do Banco do Brasil realizarão um protesto pacífico em frente a Agência de Coelho Neto nesta sexta (21).

O protesto se deve a paralisação dos serviços essenciais desde que o Banco fora alvo de assalto no último dia 12 de agosto.

De lá para cá houve a paralisação dos serviços e o retorno da operacionalização na sua totalidade se arrasta a passos de tartaruga, obrigando clientes a recorrerem a agências nas cidades circunvizinhas.

A manifestação está marcada para ocorrer a partir das 08h.

Clientes sofrem com inoperância do Banco do Brasil em Coelho Neto…

bb

Após o assalto da agência do Banco do Brasil em Coelho Neto no último dia 12, a instituição bancária resolveu dar demonstrações mais claras e evidentes de como desrespeita seus correntistas.

Ocorre que o assalto atingiu apenas o cofre principal, mesmo assim, não se sabe de quem foi a idéia de jerico que decidiu suspender o acesso a todos os caixas eletrônicos, incluindo o ponto que fica na Prefeitura.

Ou seja, os clientes que poderiam fazer suas transações e realizar pagamentos nesses caixas estão impossibilitados tendo que recorrer a agências bancárias de cidades vizinhas para fazer suas operações.

Uma das opções escolhida foi a agência de Miguel Alves, que pelo grande fluxo de gente já começa a despertar a atenção de ladrões, fato que rola a boa miúda pela rede social.

Enquanto o banco decide retornar, cabe aos correntistas correrem atrás do prejuízo se quiserem fazer suas operações, porque não se vê nenhuma preocupação da Instituição em resolver o problema com agilidade.

Também pudera né, esperar do Banco do Brasil atenção aos clientes é querer demais não é?

E tome desrespeito!