Imagem do dia: Ambulância de Coelho Neto “descansando”…

Um leitor do blog observou indignado por um longo período a ambulância de Coelho Neto parada em frente a uma residência nesta sexta (01) em Caxias.

É comum “alguns” aproveitarem viagens como esta para fazer um tour, umas comprinhas ou até mesmo fazer favores. Infelizmente o tempo em que passa parada perdendo tempo sabe-se lá por quais motivos subalternos, a ambulância pode deixar de prestar socorro a quem realmente precisa.

Será que essa casa é um hospital e ninguém sabe? São essas práticas que integram a Coelho Neto que queremos, prefeito Américo? Tá ruim, hein!

Ambulâncias em Chapadinha: Problema velho, solução nova…

*Por Eduardo Braga

De vez em quando surgem nas redes sociais relatos de transferências de pacientes para São Luís feitas em carros particulares e as torcidas organizadas começam o mesmo bate-boca.

Saudosistas do governo Belezinha apontam a insuficiência de ambulâncias como culpa do governo Magno. Apoiadores do governo Magno se apressam em lembrar que as ambulâncias foram deixadas sucateadas pelo governo Belezinha (e foram).

Sem interesse na briga de sempre, os usuários do sistema de saúde querem entender porque este problema aparece em todas as administrações e quais as medidas podem ser tomadas para resolvê-lo.

De 1º de janeiro de 2017 até o encerramento deste texto, o Hospital Antônio Pontes de Aguiar realizou a transferência de 599 pacientes para São Luís. Quando você estiver lendo estas palavras é bem possível que já esteja na estrada o 600º paciente, ou até o 601º.

São quase três viagens por dia, geralmente em alta velocidade para tentar salvar a vida do paciente, enfrentando cerca de 60 quebra-molas no caminho, congestionamentos e todo tipo de contratempo.

Quando ambulâncias de outros municípios da regional são usadas para este transporte, a turba vai a loucura para dizer que eles têm estrutura melhor que Chapadinha, mas ninguém fala da quantidade de pacientes destes outros municípios que são transferidos para a capital pela estrutura de Chapadinha.

A verdade é que não há ambulância que aguente tanto fluxo. Poderiam ter 10 ambulâncias no pátio do Hapa que ainda haveria casos de pacientes transportados em carros particulares. Este problema vem sendo amenizado pelo governo municipal com o aluguel emergencial de ambulâncias, com a licitação para a compra de mais duas novas, mas enquanto o Hospital Regional não começar a funcionar tudo mais será apenas paliativo.

Temos a palavra do governador que até o final deste ano todos os entraves jurídicos e burocráticos estarão resolvidos e o Hospital começará a servir Chapadinha e região com UTI, ortopedia e vários outros serviços que hoje são procurados na capital.

Enquanto os cães ladram, a caravana segue melhorando (e muito) os serviços de saúde. Não é pouca coisa ter aberto uma maternidade municipal com recursos próprios e feito as parcerias necessárias para colocar para funcionar o Corpo de Bombeiros, que atende chamados de ocorrências com urgência e emergência, e a UPA (cada um com uma ambulância nova).

Enquanto quem não resolveu o problema usa tragédias para fins políticos, o governo segue seu rumo obstinado a trazer soluções definitivas para o povo de Chapadinha.

PS: Na foto mais uma ambulância que chegou hoje e passa a servir ao município. Esta com semi-UTI.

*Ex-vereador e atual Secretário de Comunicação da Prefeitura de Chapadinha.

Das muitas incoerências do prefeito de Coelho Neto…

A “velha” caixa de fósforo mais uma vez dá folêgo a saúde inerte: festa e discursos para celebrar incoerência do governo /Foto: Portal do Governo

Que o prefeito de Coelho Neto Américo de Sousa (PT) se tornou um poço de incoerência desde que assumiu o poder, isso ninguém tenha dúvidas e o fatos estão ai para quem quiser comprovar.

Propostas que antes era combatidas por ele hoje passaram a ser tratadas de forma bastante comum, pessoas antes criticadas não só são elogiadas como até defendidas e a lista de disparidades entre o “Américo-oposição” e o Américo-governo” chega a causar náusea.

No último dia 24 de maio, esse blog fez uma postagem destacando que uma das ambulâncias modelo Fiorino deixadas pelo governo anterior é que estava segurando o rojão das demandas de pacientes que precisavam de deslocamento, já que a ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência – SAMU, estava para o conserto.

Até ai tudo normal, se não fosse um pequeno detalhe: quando era apresentador de rádio fantasiado de oposição, o atual prefeito adorava fazer chacota com as ambulâncias apelidadas por ele de “caixas de fósforo”.

Na matéria destacamos que era a “velha caixa de fósforo” deixada pelo governo anterior que estava dando suporte a inércia do atual governo, que passados três meses ainda não tinha dado conta de recuperar a ambulância própria do SAMU.

Leia também:

Américo e a “velha” caixa de fósforos…

Pois bem, na última sexta (14), o governo fez festa no povoado Bananalzinho para fazer a reentrega da ambulância ao povoado, ou seja, o petista comemorava o retorno de uma das “caixas de fósforo” ao local de origem que havia sido designado pelo próprio ex-prefeito Soliney Silva. Na ausência do que mostrar, vale tudo para o governo inclusive fazer festa da entrega de concerto de ambulância.

O prefeito mesmo não compareceu à “solenidade”, talvez constrangido pela própria consciência que não lhe deixa esquecer do que dizia e do que faz hoje.

E que vai transformando sua gestão num mar de contradições e incoerência…

Parceria com Flávio Dino garante ambulância para a saúde e sementes para agricultores em Duque Bacelar…

Na última quarta (19) o dia em Duque Bacelar foi de comemorar as ações que tem chegado ao município graças à parceria firmada entre o prefeito Jorge Oliveira e o governador Flávio Dino (ambos do PCdoB). No primeiro evento foi realizado um momento com os agricultores que estiveram reunidos no auditório da Secretaria de Educação.

Participaram da mesa o prefeito Jorge Oliveira, o secretário de Agricultura Familiar Adelmo Soares, as secretárias Kamila Santana (Saúde) e Lúcia Oliveira (Educação), o presidente da Câmara Jose Ocean, os secretários Toinho da Gracinha (Agricultura) e José Júnior (Infraestrutura), além do ex-prefeito Flávio Furtado.

O secretário de Agricultura Toinho da Gracinha fez questão de destacar as ações que estão sendo feitas em prol da agricultura em pouco mais de 100 dias de governo. “Tudo o que temos feito nesse curto espaço de tempo só foi possível porque temos um prefeito comprometido com a cidade e é articulado o suficiente para buscar as parcerias necessárias para que nossa população seja a grande beneficiada”, pontuou ele.

Em sua fala o prefeito Jorge Oliveira fez questão de destacar o apoio que tem recebido do Governo do Estado. “Governar uma cidade não é tarefa fácil, mas aqui em Duque Bacelar a missão tem sido menos árdua porque temos um governador amigo da cidade. Não podemos deixar de reconhecer que o nosso governador Flávio Dino tem sim, colocado o nosso município na lista de prioridades, tanto que podemos enumerar diversas conquistas em pouco mais de 100 dias”, disse o prefeito.

Em seguida, acompanhado do secretário Adelmo Soares foi feito a entrega de 1500 kg de sementes de feijão para os agricultores do município.

Saúde

Logo depois as autoridades e o público presente acompanharam a entrega oficial da ambulância 0km feita pelo prefeito Jorge Oliveira para a secretária de Saúde Kamila Santana.

Em seguida, uma carreata percorreu as principais ruas apresentando a nova aquisição conseguida via Governo do Estado, que somada ao SAMU, garantirá mais agilidade no atendimento de urgência e emergência do município.

Com investimento de R$ 160 mil por cada unidade entregue, o equipamento pode ser utilizado como unidade básica ou Unidade de Suporte Avançado (USA). E dispõem de estrutura adequada para o transporte de pacientes e contam com duas macas, duas pranchas, um umidificador, cadeira de rodas, cilindro e bala de transporte para oxigênio.

Foto: João de Deus

Mais conquistas: Duque Bacelar recebe ambulância do Governo do Estado

O prefeito Jorge Oliveira (PCdoB) esteve na tarde desta segunda (17), em solenidade no Palácio dos Leões, para receber uma ambulância do Governo do Estado, como parte das estratégias de reorganização dos serviços municipais de saúde.

Com investimento de R$ 160 mil por cada unidade entregue, o equipamento pode ser utilizado como unidade básica ou Unidade de Suporte Avançado (USA). E dispõem de estrutura adequada para o transporte de pacientes e contam com duas macas, duas pranchas, um umidificador, cadeira de rodas, cilindro e bala de transporte para oxigênio. Acompanhado da Secretária de Saúde Kamila Santana, o prefeito recebeu a chave do veículo das mãos do governador Flávio Dino (PCdoB).

“A parceria do Governo do Estado com Duque Bacelar só tem trazido benefícios para a nossa comunidade, graças a sensibilidade do governador Flávio Dino que tem colocado o povo de nossa cidade na lista de prioridades do seu governo. Essa ambulância vai se unir ao SAMU que entregamos no início do ano para garantir rapidez e conforto no deslocamento dos nossos pacientes. Estamos felizes em contabilizar mais essa grande conquista em tão curto espaço de tempo”, destacou o prefeito.

Além de Duque Bacelar, foram beneficiadas nessa etapa as cidades de Viana, Porto Rico, Cândido Mendes, Carutapera, Codó, São João dos Patos e uma ambulância será entregue ao Hospital Carlos Macieira, na capital.

Com contribuição do Portal do Governo do MA

Imagem do dia: Quando autoridades decidem pagar um mico…

No afã de mostrar serviço, o prefeito de Coelho Neto Américo de Sousa (PT) resolveu protagonizar hoje (27), um daqueles micos que se registram para a história.

Tal qual o prefeito Edmilson Lopes que inaugurou um orelhão, o petista decidiu literalmente inaugurar uma ambulância doada pelo Governo do Estado, com direito a descerramento da faixa e tudo mais.

Participaram da cena cômica o deputado estadual Rafael Leitoa (PDT) e o presidente da Câmara Osmar Aguiar (PT). Foi o dia em que Coelho Neto se transformou na velha Sucupira, de Dias Gomes. É uma imagem para botar Odorico Paraguassu no bolso.

Qualquer semelhança entre as duas imagens será mera coincidência…