Sobre o Corredor Junino 2018…

 

A Prefeitura de Coelho Neto através da Secretaria Adjunta de Cultura realizou entre os dias 23 e 30 de junho o projeto do Corredor Junino 2018.

Corredor Itinerante foi atitude acertada do governo. Foto: Portal da Prefeitura

A ação marcou o retorno de Toinho da Cultura para a pasta que já havia comandado em governos anteriores. A novidade e ponto alto da festa foi sem sombra de dúvidas, a realização do São João na zona rrual, feito nos pólos Santo Inácio, Bananalzinho, Cocal e Monte Alegre. A iniciativa merece deferência pois fortalece a proposta de dar condições para que o homem do campo continue no campo e atende as limitações das pessoas que não podem se deslocar para a cidade.

Já no Corredor da Folia nem tudo foram flores. A maior reclamação foi do atraso nas apresentações que sobremaneira prejudicava as atrações seguintes. A banda Fala Mansa vendida pelo governo como a “bam-bam-bam” da história por haver se apresentado recentemente no Domingão do Faustão frustrou o público e teve performance criticada nas redes sociais.

Banda Fala Mansa não agradou apesar da propaganda. Foto: Portal da Prefeitura

A festança serviu ainda para ressuscitar o deputado federal Zé Carlos (PT), cuja última estada no município havia se dado em outubro do ano passado, quando presenciou o prefeito Américo de Sousa (PT) ser vaiado pela multidão. Se já era ausente as vaias parecem ter o deixado traumatizado. A presença marcante no Corredor da Folia foi sem sombra de dúvidas protagonizada pela ex-prefeita Márcia Bacelar.

Mas essa é um aoutra história…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *