SNJ inaugura primera unidade do Estação Juventude 2.0

A primeira unidade do Estação Juventude 2.0, resultante do Edital 2017 da Secretaria Nacional de Juventude, foi inaugurada na tarde desta sexta-feira (23/03), pelo secretário nacional de juventude, Assis Filho, e pelo prefeito de Palmas (TO), Carlos Amastha. Participaram da inauguração o presidente do Conselho Nacional de Juventude (Conjuve), Anderson Pavin, a vereadora de Palmas Vanda Monteiro (PSL), o presidente do Fórum dos Gestores Municipais de Juventude (Forjuve), Maycon Nogueira, e o vice-prefeita de Mossoró (RN), Nayara Oliveira, entre outras autoridades.

A Estação Juventude 2.0 fica no norte da capital tocantinense, na Arno 51, e funcionará no Complexo Esportivo 51, que foi recuperado exatamente para atender aos jovens de 15 a 29 anos da cidade com ações de esporte, lazer e qualificação profissional.

O programa Estação Juventude 2.0 integra o pacote de ações do Brasil Mais Jovem 2018, lançado pelo governo federal no Palácio do Planalto no dia 15 de março. A Estação do norte de Palmas é a primeira dos 27 convênios do Edital 2017 já firmados a sair do papel e se tornar realidade. A Secretaria Nacional de Juventude investiu, nos 27 convênios já firmados, um total de R$ 5,2 milhões.

Foram investidos R$ 316 mil, recursos do governo federal e da Prefeitura, na unidade do Estação Juventude 2.0. Ela foi construída num espaço recuperado de um antigo complexo esportivo, que conta com quadra poliesportiva, campo de futebol, auditório e posto avançado da guarda metropolitana. Além de oferecer oficinas gratuitas de profissionalização, a nova unidade vai disponibilizar para jovens de 15 a 29 anos acesso à cultura e ao lazer, se transformando num espaço de convivência para os jovens da comunidade. “Não temos que construir penitenciárias para encarcerar a juventude, temos de construir espaços de convivência como este”, afirma o secretário nacional de Juventude, Assis Filho.

O Estação Juventude 2.0 visa melhorar a qualidade de vida dos jovens e com a inauguração desta sexta-feira, Palmas passará a contar com duas unidades. “A política de juventude é uma política de garantia de direitos e o espaço que os jovens da região sul de Palmas tinham, os da região norte vão passar a ter”, disse o presidente da Fundação Juventude Palmas, Nahylton Alen. O Estação Juventude do setor Santa Bárbara atendeu mais de dois mil jovens, por mês, em 2017, ofertando oficinas gratuitas de teatro, dança, marketing, auto maquiagem, rima e poesia e realizou também palestras, debates e encontros de cultura, criando um quadro de jovens, que não tinham acesso a opções de qualificação e agora procuram informação e já estão se preparando para o mercado de trabalho.

Os projetos contemplados no Edital 2017 da SNJ receberão repasses que variam de 190 mil a 300 mil reais. O Estação Juventude 2.0 tem um orçamento de R$ 22 milhões em 2018 e a expectativa da SNJ é a de celebrar 106 convênios até o fim do ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *