SENADO HOMENAGEIA DILMA E OUTRAS QUATRO MULHERES

SENADO HOMENAGEIA DILMA E OUTRAS QUATRO MULHERES
O Senado realiza desde as 10h30 sessão solene para entrega do Diploma Mulher-Cidadã Bertha Lutz a cinco homenageadas: a presidente da República, Dilma Rousseff; Maria do Carmo Ribeiro, ex-mulher do dirigente comunista Luiz Carlos Prestes (1898-1990); a primeira senadora da história do Brasil, Eunice Mafalda Michiles; a representante da Comissão Pastoral da Terra Rosali Scalabrin; e a professora associada do Departamento de Ciência Política da Universidade Federal da Bahia Ana Alice Alcântara da Costa, do Programa de Pós-Graduação em Estudos Interdisciplinares sobre Mulheres.
A placa do prêmio foi entregue a Dilma pelo presidente da Câmara, deputado Marco Maia (PT-RS). Tanto ele quanto o presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP) já discursaram.

“Quero homenagear Dilma Rousseff, que rompe um paradigma ao ser a primeira mulher a ocupar a Presidência da República. É o orgulho para todos os brasileiros, que reconhecem no seu governo a sua liderança”. Assim o presidente do Senado, José Sarney, saudou a presidente Dilma, que participa da sessão solene de comemoração do Dia Internacional da Mulher, no Plenário do Senado. Dilma é uma das agraciadas na cerimônia de entrega do Diploma Mulher-Cidadã Bertha Lutz.

Sarney também saudou cada uma das demais agraciadas com o prêmio Bertha Lutz: Ana Alice Alcântara Costa, Eunice Michiles Malthy, Maria Prestes e Rosali Scalabrin.

O presidente Sarney abriu seu pronunciamento recordando a luta das mulheres pela igualdade de gênero, ao longo da história do país, e destacou nomes que se destacaram nessa trajetória até os dias atuais.

Antes, o presidente da Câmara, Marco Maia, destacou a participação feminina nos Três Poderes, a começar pela eleição de Dilma Rousseff para a Presidência da República, da deputada Rose de Freitas (PMDB-ES) como vive-presidente da Câmara, e da ministra Carmem Lúcia como presidente do Tribunal Superior Eleitoral.

Criado em 2001, o Prêmio Bertha Lutz é uma distinção entregue anualmente pelo Senado a personalidades femininas que contribuíram para ampliar os direitos da mulher na sociedade brasileira. Dilma é a primeira mulher a ocupar o cargo de presidente da República no Brasil. Sua trajetória começou na luta contra a ditadura militar, tendo sido presa e torturada.

Do site do Senado Federal

Deixe uma resposta