Sem ônibus escolar, alunos de Coelho Neto continuam perdendo aulas…

Ônibus da frota municipal parados e a educação virando uma desordem

Tem se tornado um dilema a vida dos alunos da rede municipal de Coelho Neto que precisam do meio de transporte para se locomoverem para assisitirem suas aulas. Se não bastasse o início atropelado do ano letivo, o problema do transporte escolar passou a ser a vitrine da bagunça que se transformou a secretaria de Educação.

De acordo com denúncia recebida pelo blog, um dos problemas dos ônibus é falta de combústível. O que vai para a Lagoa do Mato que segue até o povoados Buenos Aires e demais povoados não faz a rota desde a última quarta (18). Segundo informações os professores teriam recebido o aviso que até esta sexta (20), a rota não seria cumprida por falta de combustível.

Ainda conforme o apurado pelo blog, dos 13 ônibus da frota, apenas 07 funcionaram ontem (19). Destes, três não teriam rodado por falta de combustível e os outros três por problemas mecânicos.

Esse blogueiro havia questionado o vereador Júnior Santos (MDB) na última quarta (18), sobre o problema e ele disse que a secretária de Educação Williane Caldas havia “admitido problemas com a licitação, mas que tudo já estava resolvido”. Problema resolvido coisa nenhuma! Na verdade a impressão que se tem é que a secretária de Educação está perdida no cargo e não consegue sequer administrar os problemas da pasta que comanda.

A grande verdade é que nunca a educação de Coelho Neto esteve tão bagunçada. Pior é constatar que isso se dá na administração de um prefeito e de uma secretária que são professores.

Seria cômico, se não fosse trágico…

Deixe uma resposta