SAMU de Coelho Neto: um símbolo de dinheiro público descendo pelo ralo…

SAMU de Coelho Neto em dois prédios: dinheiro público pelo ralo…

Não há defeito mais visível no governo liderado pelo prefeito Américo de Sousa (PT), do que a desorganização. Além da incompetência, o governo se enrolam na falta de planejamento e as coisas idealizadas por eles próprios se perdem pelo tempo sem qualquer justificativa.

Um dos símbolos dessa desorganização e de que o governo desce ladeira abaixo na própria bagunça é o prédio do Serviço Móvel de Urgência – SAMU. A unidade é um exemplo de que o governo tenta alterar a lei de Newton de que dois corpos não podem ocupar o mesmo lugar no espaço ao mesmo tempo.

Quando assumiu a Saúde no início do ano passado, uma das primeiras medidas da então secretária Cristiane Bacelar foi desmontar o prédio do Centro de Imagem para transformá-lo num puxadinho do Samu com a desculpa de tirá-lo de aluguel. Gastou nessa brincadeira quase R$ 80 mil reais.

A desorganização é tamanha que mesmo reformado não se sabe ao certo os motivos do prédio nunca ter mudado de lugar. O governo gastou o dinheiro público com a reforma e continua gastando com o aluguel no prédio deixado pelo ex-prefeito Soliney Silva tão criticado por eles.

É um misto de bagunça com falta de planejamento que mostra quão fraco é o governo que está acabando com a cidade.

E o dinheiro público descendo pelo ralo…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *