Rafael Leitoa vota contra emenda de R$ 1,8 milhão para Timon

Ninguém entendeu a postura do suplente de deputado Rafael Leitoa (PDT), ontem (20), durante a votação do Orçamento do Estado para 2018.

Ao discutir o projeto, o deputado Eduardo Braide (PMN) propôs uma emenda de R$ 1,8 milhão, valor a ser retirado da Comunicação e destinado para a construção de uma Unidade de Segurança Cidadão em Timon, cidade onde Leitoa conseguiu a maioria dos seus votos em 2014.

Ocorre que pedetista votou contra a cidade e pela rejeição da emenda.

Ou seja: ajudou a manter R$ 1,8 milhão na Comunicação, quando poderia ter votado para que o recurso chegasse a Timon.

A postura do parlamentar foi duramente criticada por Braide.

“Tivemos a oportunidade de destinar R$ 1,8 milhão para construir a Unidade de Segurança Comunitária, no município de Timon. Vários dos deputados que hoje rondam o município de Timon agora tiveram a oportunidade de remanejar R$ 1,8 milhão da propaganda do Governo do Estado, muitas delas sendo feitas de forma enganosa ao povo do Maranhão, para entregar, na realidade, uma Unidade de Segurança Cidadã. Cabe-me, por dever de ofício, registrar os votos favoráveis do deputado Alexandre Almeida e do deputado Edilázio Júnior, que fazem política diretamente no Município de Timon, além de vários outros deputados aqui, mas lamentar o voto daqueles que se dizem defender a cidade de Timon e que votaram contra a construção da Unidade de Segurança Comunitária para o município de Timon”, destacou Braide.

Uma decepção…

Do Blog do Gilberto Leda

One thought on “Rafael Leitoa vota contra emenda de R$ 1,8 milhão para Timon

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *