Que coisa! Homem é preso em Brumadinho ao relatar falso desaparecimento de mulher e filha

599

Na manhã deste sábado (2), um homem tentou registrar o falso desaparecimento de esposa e da filha, que estariam na pousada que ficava nas redondezas da Mina I de Córrego do Feijão, em Brumadinho, no momento da tragédia ocorrida no último dia 25, e acabou detido.

Após questionamentos da Polícia Civil durante o depoimento, ele admitiu que queria ter acesso à indenização oferecida pela Vale às vítimas da tragédia. A reportagem do Hoje em Dia teve acesso ao boletim de ocorrência do caso.

Segundo relatado no boletim, quando os policiais o questionaram sobre o trajeto realizado até pousada e os motivos da demora em comunicar os desaparecimentos, o indivíduo respondeu de forma inconsistente. 

Foi então que um dos agentes pediu que o suspeito acionasse – do telefone pessoal – o celular que a esposa estaria usando no momento do rompimento. Ele acabou confessando que não tinha mulher ou filha e que os documentos apresentados eram falsos. Outras certidões de nascimento também falsas foram encontradas dentro da mochila do suspeito, que assumiu ter confeccionado ele mesmo os documentos.

O homem, que foi detido, é aposentado por invalidez e já foi preso, em 2014, por fraude no vestibular de medicina. 

Procurada, a assessoria de imprensa da Vale disse não ter informações oficiais sobre o assunto, tendo tomado conhecimento do mesmo apenas através da mídia.

Do Hoje em Dia