Prestadores de serviço de reformas das escolas denunciam falta de pagamento da Prefeitura de Coelho Neto

A secretária de Educação Williane Caldas ao lado do prefeito Américo de Sousa: dupla do descaso

 

 

Quem via o prefeito de Coelho Neto Américo de Sousa (PT) e a secretária de Educação Williane Caldas ontem (08), querendo fazer bonito para o governador Flávio Dino (PCdoB), não sabe o mal que a dupla tem feito com a educação de Coelho Neto.

A reforma das escolas até tem sido entregues, mas os trabalhadores que se dedicaram para que a coisa de fato acontecesse tem sofrido o pão que o diabo amassou nas mãos dos dois.

Os pintores enunciaram que trabalharam por R$ 2,50 o metro quadrado trabalhando dia e noite, com o argumento do governo de que o pagamento seria feito após a conclusao dos trabalhos, isso em meados de fevereiro e março. Segundo os denunciantes, até hoje nunca terminaram de pagar uma parte do dinheiro da zona urbana e nenhum centavo da zona rural.

Quando procuram a secretaria de Obras eles jogam a culpa na empresa terceirizada e quando procuram a terceirizada a culpa fica com a prefeitura. Neste sábado (09), a esposa de um dos prestadores de serviço também usou a rede social para denunciar a falta de pagamento do marido que havia trabalhado e nunca tinha recebido.

Infelizmente é esse o tratamento dispensado pela dupla Américo e Williane a seus colaboradores. O salário deles nã atrasa não é, porque se preocupar com os pais de família? E o deputado Rafael Leitoa ainda teve o cinismo de dizer que o petista é o único na região a não atrasar salário…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *