Prefeitura de Coelho Neto emite nota sobre situação dos canais de TV

 

A Prefeitura de Coelho Neto se posicionou nesta segunda (09), por meio de Nota Oficial, para dar explicações sobre os problemas que fizeram a cidade ficar com os canais de TV fora do ar.

Em decorrência do problema, as pessoas que não dispõe de antena parabólica estão sem acesso aos dois canais de TV de responsabilidade do município. A seguir a integra da nota:

Nota Oficial

A Prefeitura de Coelho Neto através de sua Assessoria de Comunicação, vem por meio desta expor a real situação dos problemas que atingiram a transmissão dos canais de TV da cidade, elencando os motivos na forma que segue:

1 – Desde que o novo governo assumiu no último domingo (01), a situação caótica é a mesma em todos os setores do município, dentre os quais a sede das repetidoras de TV (foto);

2 – O prédio onde os canais deveriam funcionar e o espaço onde era produzido um jornal local foi encontrado em situação de total abandono e com sua estrutura física totalmente comprometida;

3 – A torre da repetidora está sem funcionamento porque está incluída nas repartições que estão sem energia e nesse caso específico em decorrência da CEMAR identificar o uso de uma ligação clandestina (gato) no local;

4 – Além da situação de abandono, a gestão anterior deixou os dois transmissores queimados sem quaisquer condições de uso.

5 – Tão logo o problema foi identificado, entramos em contato com as duas emissoras (Mirante – Globo e Difusora – SBT), para comunicar o ocorrido e solicitar que os devidos reparos fossem feitos, estando o município aguardando a visita dos técnicos das duas emissoras e envidando esforços para resolver também a situação junto a CEMAR.

Por fim, o governo municipal reforça o pedido de desculpas pelos transtornos causados a população, ao tempo em que assegura que tudo está sendo feito para que a situação seja resolvida com maior brevidade possível.

Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Coelho Neto

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *