Prefeito Magno Bacelar isentará cerca de 11 mil consumidores da taxa de iluminação pública

Mesmo diante do cenário de crise e do déficit de correção da taxa de iluminação pública, o prefeito Magno Bacelar decidiu isentar consumidores de baixa renda de pagar o tributo.

A medida foi tomada após uma solicitação dos vereadores da base do governo (Nonato Baleco, Luiz Barbeiro, Marcelo Menezese, Marcely Gomes, Missecley Araújo, professora Vera, Netinho, Neto Pontes, Júnior Carneiro e Marcelo Aguiar), e que o prefeito optou por acatar a sugestão do parlamento.

“A boa relação com a Câmara nos permite sentar e discutir o que pode ser feito de melhor para a nossa cidade. Recebi os vereadores para tratarmos dessa questão, entendi que a solicitação era válida e por isso mesmo optamos por acatá-la. Serão beneficiadas com isenção as famílias que consumirem da faixa de 0 a 79 kwh (quase 11.000 mil unidades consumidoras), ou seja, quase 50% das 27.000 unidades que a cidade dispõe aproximadamente”, disse o prefeito.

O vereador Nonato Baleco avaliou positivamente à medida que terá impacto positivo nas famílias beneficiárias dos programas sociais.

“Queremos enaltecer a presteza do prefeito em atender essa reivindicação que entendemos ser bastante válida. Entendemos a complexidade de dispensar receita em tempos de crise como o nosso, mas qualquer tributo a menos no orçamento das famílias já representa economia no orçamento das famílias”, explicou o parlamentar.

Deixe uma resposta