Prefeito de Coelho Neto acusa o golpe e tenta criar “salvo conduto” para críticas

Prefeito de Coelho Neto acusa o golpe e tenta criar “salvo conduto” para críticas

O prefeito de Coelho Neto Américo de Sousa (PT), usou mais um de seus escribas da imprensa nesta quinta (24), para tentar mandar um recado e criar um espécie de “salvo conduto” para as críticas que recebe diariamente pelo seu governo inerte e sem resultados.

Antes de chegar ao poder achava que poderia dominar os comunicadores, como ousou pensar que faria com a Câmara de Vereadores. Se achando o “rei da cocada preta”, chegou a desejar ter no dia da posse os 13 vereadores na sua base pois segundo ele não teria porque ter opositores. Será que se acha? Rafael Cruz (MDB) resistiu.

Bastou que o tempo passasse para que um a um fosse acordando e comprovando que sua gestão era desastrosa. O despertar fez com que eles dessem o troco e lhe impusessem uma derrota acachapante na eleição da Mesa Diretora: a famosa taca do 8 x 5. Não foi derrotado pelos oposicionistas, foi derrotado por aliados que já conhecem bem o seu perfil autoritário e quiseram lhe dar uma lição.

No papel de prefeito não aceita ser contrariado, não aceita ser questionado e muito menos criticado. Quem o faz é alvo de sua perseguição implacável, normalmente chefiada pelos seus “lambe botas” mais próximos – ou que tentam forçadamente serem próximos.

Parte da imprensa não aceitou se curvar e decidiu enfrentá-lo e denunciar seus desmandos. Tentou sufocar várias vezes usando a justiça, mas mesmo assim ninguém se acovardou. Foi através dessas denúncias que a TV Mirante chegou a noticiar recentemente seus descaso na saúde, com postos fechados e versões desencontradas para encobrir a mentira.

O petista tentou vender que essa parte da comunicação só queria um contrato do seu governo. Passado dois anos todo mundo continua vivo, trabalhando e sem precisar de nenhum real que cai da sua mesa a custa da humilhação e de ter que lhe aturar. Se quem está lá quer sair (pelo menos dois secretários pediram demissão), alguém imagina se esse governo é bom?

Para ele os comunicadores “da correta imprensa” são os que estão na folha da Secretaria de Comunicação do seu governo.

Para Ele quem presta são os que se submetem ao seu poderio e fazem de tudo para lhe agradar.

A imprensa correta na versão petista é aquela que está sob seu domínio.

E que vê flores para “agradar o chefe”, mesmo ondes elas não existem…

Deixe uma resposta