Operação tartaruga: Das 05 escolas com promessa de reforma para esse ano, Américo só deve entregar 02…

A Prefeitura de Coelho Neto danou-se a disparar releases nos blogs aliados ontem (24), sobre reforma de escolas para tentar criar uma matéria positiva em favor do governo, mas nem com isso consegue. Esse é um governo desastre em tudo: no que promete e não cumpre, mas principalmente no que vende e não entrega.

Pois bem, durante o Encontro Pedagógico com professores no início do ano letivo, o prefeito Américo de Sousa (PT) prometeu a reforma de cinco escolas, com três iniciando de imediato (José Silva, Leozinho Sabido e José Barreto) e as outras duas (Sarney e Benedito) para o lote subsequente, todas com previsão de três meses de duração.

“O prefeito anunciou que o ano letivo de 2017 irá iniciar com a reforma de 3 escolas, as escolas Leãozinho Sabido, José Silva, e José Sarney. Sobre a Escola Leãozinho Sabido, ele detalhou que algumas modificações, mais profundas, serão realizadas. A escola passará a contar com cantina e refeitório, disporá também com um sistema de vídeo monitoramento, e todas as salas de aula serão climatizadas”, relatou o blog. De acordo com o prefeito na época, as reformas durariam três meses e o governo terminaria o ano com cinco escolas reformadas.

Reforma no Leozinho Sabido anda longe de está na reta final

”Para isso serão alugados prédios na cidade, onde essas escolas funcionarão provisoriamente até a conclusão das obras, que tem previsão de duraram 3 meses. Mas as reformas não pararão apenas nessas 3 escolas, serão licitados nesse primeiro lote cinco escolas. Três iniciarão suas reformas de imediato, respeitando os prazos e o processo legal de licitação, após essas 3 primeiras escolas, que já foram citadas acima, serão reformadas as escolas José Sarney, e a Escola Benedito Duarte, tudo isso para esse ano”, dizia a matéria.

Passado dez meses o que se vê um prefeito perdido no marasmo do próprio governo e enganado pela própria língua. As reformas NÃO se concluíram em três meses (já passaram mais de 6 meses e até agora nada), as outras três escolas não se tem previsão para a entrega e o governo chegará ao final do ano e NÃO entregará as cinco escolas prometidas pelo prefeito.

Se para reformar duas escolas o prefeito ultrapassa seis meses, imagina se conseguisse na justiça o Hospital Ivan Ruy quanto tempo não demoraria?

Pense num governo devagar, digno de uma operação tartaruga…

Deixe uma resposta